Os cadáveres continuam a mover-se mais de um ano depois da morte

axelrd / Flickr

Crânios num túmulo em Tana Toraja, na ilha de Sulawesi, na Indonésia

Mais de um ano depois da morte, os cadáveres movem-se de forma significativa, sendo esta uma descoberta importante no campo das investigações forenses.

Segundo uma nova investigação levada a cabo por investigadores australianos, afinal, os mortos nem sempre descansam em paz. De acordo com o Science Alert, os cientistas recorreram a câmaras time lapse para filmar cadáveres em decomposição.

Há 17 meses que uma câmara do Australian Facility for Taphonomic Experimental Research (AFTER) tem capturado imagens aéreas de um cadáver a cada 30 minutos durante o dia. Durante toda a experiência, o corpo moveu-se “significativamente”.

As imagens foram comparadas com um sistema de alocação de pontos para os níveis de decomposição no corpo para determinar o intervalo post-mortem (há quanto tempo a pessoa estava morta). O sistema de pontos combinava perfeitamente com as fotografias time lapse, aumentando a validade do sistema como uma ferramenta forense.

“Descobrimos que os braços se moveram de forma significativa. Alguns membros começaram a afastar-se do corpo num movimento lateral, e acabaram depois por voltar para a sua posição ao longo do corpo”, explicou à cadeia australiana ABC Alyson Wilson, biomédica da Universidade Central de Queensland.

A investigadora afirma que alguns movimentos post-mortem eram esperados nos estágios iniciais da decomposição, mas o facto de o cadáver ter continuado a mover-se durante todo o período das filmagens foi uma completa surpresa.

“Pensamos que estes movimentos se relacionam com o processo de decomposição, à medida que o corpo mumifica e os ligamentos secam. Este conhecimento pode ser significativo em investigações relacionadas com mortes inexplicáveis”, disse ainda Wilson num comunicado da universidade australiana.

Na verdade, explica o mesmo site, isto pode mudar a forma como os cientistas forenses analisam as cenas dos crimes, sobretudo quando os cadáveres não são descobertos logo a seguir à morte.

Se forem estudados cadáveres suficientes com estas time lapses para gerar dados estatísticos sobre o movimento post-mortem, esse conhecimento poderia ser usado para analisar cenas do crime com maior precisão.

Esse banco de dados forneceria informações sobre as maneiras pelas quais as pessoas provavelmente se moveriam, o que por sua vez poderia permitir aos cientistas reconstruir a posição em que o corpo estava no momento da morte e, além disso, poderia ajudar a descobrir o que realmente se passou.

O estudo relativo a esta conclusão ainda não foi publicado, porém, sucede a um artigo científico já publicado pela mesma autora na Forensic Science International: Synergy.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. “Descobrimos que os braços estavam a mover-se significativamente, fazendo com que os braços que começaram ao lado do corpo acabassem para o lado do corpo”

    Ah?!

  2. Grande descoberta…
    Por cá há muito tempo que andam cadáveres a mexer-se e nem sequer sabem que já morreram. É só conferir em qualquer telejornal.

  3. Está explicado porque é que os zombies existem estilo Walking Dead . Os nossos zombies residentes Sócrates, Salgado, P Coelho, S Lopes, Cavaco e muitos outros ainda mexem e de que maneira. Estamos muito ä frente em zombaria

RESPONDER

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …