Os cadáveres continuam a mover-se mais de um ano depois da morte

axelrd / Flickr

Crânios num túmulo em Tana Toraja, na ilha de Sulawesi, na Indonésia

Mais de um ano depois da morte, os cadáveres movem-se de forma significativa, sendo esta uma descoberta importante no campo das investigações forenses.

Segundo uma nova investigação levada a cabo por investigadores australianos, afinal, os mortos nem sempre descansam em paz. De acordo com o Science Alert, os cientistas recorreram a câmaras time lapse para filmar cadáveres em decomposição.

Há 17 meses que uma câmara do Australian Facility for Taphonomic Experimental Research (AFTER) tem capturado imagens aéreas de um cadáver a cada 30 minutos durante o dia. Durante toda a experiência, o corpo moveu-se “significativamente”.

As imagens foram comparadas com um sistema de alocação de pontos para os níveis de decomposição no corpo para determinar o intervalo post-mortem (há quanto tempo a pessoa estava morta). O sistema de pontos combinava perfeitamente com as fotografias time lapse, aumentando a validade do sistema como uma ferramenta forense.

“Descobrimos que os braços se moveram de forma significativa. Alguns membros começaram a afastar-se do corpo num movimento lateral, e acabaram depois por voltar para a sua posição ao longo do corpo”, explicou à cadeia australiana ABC Alyson Wilson, biomédica da Universidade Central de Queensland.

A investigadora afirma que alguns movimentos post-mortem eram esperados nos estágios iniciais da decomposição, mas o facto de o cadáver ter continuado a mover-se durante todo o período das filmagens foi uma completa surpresa.

“Pensamos que estes movimentos se relacionam com o processo de decomposição, à medida que o corpo mumifica e os ligamentos secam. Este conhecimento pode ser significativo em investigações relacionadas com mortes inexplicáveis”, disse ainda Wilson num comunicado da universidade australiana.

Na verdade, explica o mesmo site, isto pode mudar a forma como os cientistas forenses analisam as cenas dos crimes, sobretudo quando os cadáveres não são descobertos logo a seguir à morte.

Se forem estudados cadáveres suficientes com estas time lapses para gerar dados estatísticos sobre o movimento post-mortem, esse conhecimento poderia ser usado para analisar cenas do crime com maior precisão.

Esse banco de dados forneceria informações sobre as maneiras pelas quais as pessoas provavelmente se moveriam, o que por sua vez poderia permitir aos cientistas reconstruir a posição em que o corpo estava no momento da morte e, além disso, poderia ajudar a descobrir o que realmente se passou.

O estudo relativo a esta conclusão ainda não foi publicado, porém, sucede a um artigo científico já publicado pela mesma autora na Forensic Science International: Synergy.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. “Descobrimos que os braços estavam a mover-se significativamente, fazendo com que os braços que começaram ao lado do corpo acabassem para o lado do corpo”

    Ah?!

  2. Grande descoberta…
    Por cá há muito tempo que andam cadáveres a mexer-se e nem sequer sabem que já morreram. É só conferir em qualquer telejornal.

  3. Está explicado porque é que os zombies existem estilo Walking Dead . Os nossos zombies residentes Sócrates, Salgado, P Coelho, S Lopes, Cavaco e muitos outros ainda mexem e de que maneira. Estamos muito ä frente em zombaria

RESPONDER

Presidente do Chile decreta estado de emergência e diz que país está "em guerra" contra grupos de "criminosos"

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, afirmou que o país está "em guerra" contra os "criminosos" responsáveis pelos protestos violentos que causaram vítimas mortais e que levaram o Governo a decretar o estado de emergência …

Federação Nacional dos Médicos quer menos horas de trabalho em urgência

Este domingo, a Federação Nacional dos Médicos (FNAM) aprovou, em congresso, uma grelha salarial com base num horário de 35 horas, e a diminuição do trabalho em urgência de 18 para 12 horas semanais no …

Reclamação do PSD sobre contagem dos votos. Nulidade da eleição afastada

O Tribunal Constitucional começa esta segunda-feira a analisar o recurso do PSD que, na quinta-feira passada, pediu a revisão da contagem de votos dos círculos da emigração. Em causa, no protesto do PSD, está o facto …

Jesus "superstar" vence dérbi Fla-Flu, mas sonha regressar a Portugal

Por estes dias, Jorge Jesus continua o seu caminho como superstar no campeonato brasileiro de futebol: o técnico português, que comanda o Flamengo, venceu, este domingo, o dérbi frente ao Fluminense por 2-0, em jogo …

Cientistas encontraram sinais precoces de doença cardíaca em múmias com 4.000 anos

Múmias com quatro mil anos mostraram ter acumulação de colesterol nas artérias, sugerindo que as doenças cardíacas eram provavelmente mais comuns nos tempos antigos do que se pensava. Mohammad Madjid, professor assistente de medicina cardiovascular na …

Donald Trump desiste de realizar o G7 no seu clube de golfe em Miami

A decisão de Donald Trump, a braços com um processo de impeachment, de usar um dos seus resorts levantou dúvidas sobre conflito de interesses. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abandonou a ideia de realizar …

Costa vai a Belém apresentar secretários de Estado. Patrícia Gaspar e Antero Luís na lista

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, vai esta segunda-feira a Belém apresentar ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, os nomes dos secretários de Estado que vão integrar o próximo Governo. O encontro, marcado para as 11 …

Chernobyl transforma-se num santuário para uma rara espécie de cavalos

Chernobyl tem sido o inesperado lar de uma espécie de cavalos em vias de extinção. Dezenas de cavalos de Przewalski foram observados em edifícios abandonados na zona radioativa da cidade ucraniana. Surpreendentemente, uma espécie de cavalos …

Sánchez desloca-se a Barcelona para “visitar agentes feridos” e lembra obrigações de Torra

O presidente do governo espanhol, em funções, Pedro Sánchez, desloca-se esta segunda-feira a Barcelona, após ter criticado o presidente do governo regional da Catalunha por não ter condenado com firmeza os atos de violência dos …

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …