Cabul exige esclarecimentos depois de Trump afirmar ter planos que podem “varrer o Afeganistão da face da terra”

Jim Lo Scalzo / EPA

Depois que o presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, ter dito que tem planos militares que poderiam acabar com o Afeganistão e matar milhões de pessoas, Cabul reagiu com indignação e exigiu esclarecimentos.

Após os comentários de Donald Trump, o gabinete do presidente afegão, Ashraf Ghani, disse num comunicado que o Afeganistão “nunca permitirá que qualquer potência estrangeira determine o seu destino”, avançou o Raw Story na terça-feira.

“Enquanto o governo afegão apoia os esforços dos EUA para garantir a paz no Afeganistão, realça que os chefes de Estado estrangeiros não podem determinar o destino do Afeganistão na ausência da liderança afegã”, referiu o gabinete na nota informativa.

Os comentários de Donald Trump foram feitos durante uma reunião com o primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, que decorreu na segunda-feira.

“Não estamos a travar uma guerra”, disse o Presidente norte-americano sobre o conflito liderado pelos EUA, que durou quase 18 anos – a mais longa guerra da história americana. “Se quiséssemos travar uma guerra com o Afeganistão, e vencê-la, eu poderia vencer essa guerra numa semana. Eu só não quero matar 10 milhões de pessoas”.

“Tenho planos para o Afeganistão e, se eu quisesse vencer essa guerra, o Afeganistão seria varrido da face da Terra. Teria ido embora”, acrescentou. “Acabaria em, literalmente, em 10 dias. E eu não quero fazer isso – eu não quero seguir esse caminho”.

O população afegã expressou repulsa pelos comentários de Donald Trump, que chegaram ao país através do enviado norte-americano, Zalmay Khalizad.

Shakib Noori, um empresário que vive em Cabul, disse à Reuters que os comentários de Donald Trump foram “constrangedores e um insulto para todos os afegãos”. O escritor afegão-americano Khaled Hosseini expressou um sentimento semelhante, classificando as declarações como “irresponsáveis” e “aterradoras”.

Já Rahmatullah Nabil, ex-chefe da inteligência afegã e candidato à presidência, criticou Donald Trump no Twitter.

TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Departamento de Justiça dos EUA enviou email com link para site supremacista e antissemita

Uma divisão do Departamento de Justiça norte-americano enviou um email para juízes de imigração com um link para um blogue supremacista branco, repleto de referências antissemitas. A mensagem, enviada pelo gabinete executivo de avaliação de imigração …

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …

Nenhum rohingya se apresentou para sair do Bangladesh e regressar a Myanmar

O Comissário para os Refugiados, Assistência e Repatriamento do Bangladesh, Abul Kalam, disse na quinta-feira que nenhum rohingya se apresentou para regressar a Myanmar (antiga Birmânia) numa segunda tentativa de repatriamento da etnia muçulmana. Numa conferência …

No ano letivo passado, houve nove denúncias de praxes abusivas

A linha de denúncias de praxes abusivas e violentas recebeu no passado ano letivo nove queixas relativas a agressões entre alunos que aconteceram, na sua maioria, em instituições de Ensino Superior do norte do país. A …