Cabrita responde ao Reino Unido. “Manifestamente, não é em Portugal que está o risco”

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Eduardo Cabrita adiantou que “Portugal tem melhores indicadores de saúde pública e melhores indicadores de resposta à pandemia do que o Reino Unido”.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse esta sexta-feira que “não há nenhuma razão” para a aplicação de quarentena no regresso ao Reino Unido, mas não quis antecipar o anúncio do Governo britânico sobre o corredor aéreo com Portugal.

“Estamos, designadamente com o Reino Unido, a evidenciar aquilo que é óbvio: Portugal tem melhores indicadores de saúde pública e melhores indicadores de resposta à pandemia do que o Reino Unido. Por isso, não há nenhuma razão, de acordo com os critérios comparativos, para a existência de qualquer aplicação de regras de quarentena no regresso ao Reino Unido”, disse o governante.

Em causa está a lista de países para os quais o Reino Unido vai criar corredores de viagem que evitam o cumprimento da quarentena imposta devido à pandemia de covid-19, cujo anúncio será efetuado na próxima segunda-feira. Portugal é um dos países que tem manifestado interesse em negociar um “corredor aéreo” com o Reino Unido para poder receber turistas britânicos, que representaram quase 20% do total em 2019.

De acordo com alguns jornais britânicos, Portugal é considerado de “alto risco” e existe um “debate intenso” sobre a sua inclusão na lista de países com corredores aéreos com o Reino Unido.

Sem antecipar a resposta do Governo britânico, Cabrita reforçou que “basta comparar os dados sanitários” para verificar que, “manifestamente, não é em Portugal que está o risco”.

No seu discurso, à margem da apresentação do programa “Algarve Seguro”, em Faro, o governante já tinha acusado “alguma imprensa de outros países” de, com “uma competitividade não inteiramente limpa”, apontar dados pontuais que “não põem em causa a resposta” do Algarve à covid-19, relembrando que na região não existem pacientes internados nos cuidados intensivos.

Sobre outros Estados que colocaram restrições às entradas de passageiros de voos com origem em Portugal, o ministro da Administração Interna sublinhou que o país tem transmitido “viva discordância” em relação a essas decisões. “Sem qualquer fundamento, mantêm práticas discriminatórias que violam aquilo que foi definido nas reuniões” entre os 27 Estados-membros da União Europeia.

Questionado também sobre a capa do jornal espanhol El País, que noticiou o “confinamento de três milhões de portugueses”, Eduardo Cabrita salientou que se trata de uma informação falsa.

“Manifestamente, não há três milhões de cidadãos confinados. Estamos a falar de um conjunto de 19 freguesias relativamente às quais existe o dever cívico de recolhimento, o que significa – como sabemos, já passámos todos por essa fase num quadro nacional – um dever de circunscrever as deslocações ao local de trabalho e à aquisição de bens alimentares essenciais”, sustentou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não no país todo.
    Mas com o como nao se contém o que esta a acontecer na capital… infelizmente poderá facilmente disseminar-se.
    Agora, os ingleses sabem tomar decisões acertadas e prudentes.
    Já por cá…. é mais optimismo… e bola.

    • Não sei o que aconteceu por aí, mas em Portugal foram tomadas de decisões muito mais acertadas e prudentes do que na Inglaterra!!
      Optimismo e bola tambem foi mais por lá – e o resultado é o que se vê – até o PM britânico, que inicialmente desvalorizou o problema, acabou por ir parar os cuidados intensivos!…

    • Ó realidade, tu confias nos mentirosos ingleses que só tem podridão, são racistas, tem um PM maluco………………sinceramente!

  2. Não haja dúvida nenhuma que a pandemia vai ser usada, da forma que der mais jeito, pelos países mais poderosos, com fins políticos é óbvio!

  3. Por aqui há muitos a defender a ideia, e a servir de caixa de ressonância do nosso primeiro-ministro, que fomos um espetáculo no combate à COVID19 . A triste realidade é que não fomos. Numa Europa-27 estamos em todos os indicadores em 7º ou 9º a contar do fim. Essa é a triste realidade.

    • Ai sim carneirinho? E o Reino Unido??
      A ilha sem fronteiras terrestres está em que lugar?
      Pois… caso não tenhas reparado, é o Reino Unido que aparece na notícia!…

  4. Tanta informacao mal tratada, tantos estudos para nada …. senao vejam onde estao os Planos de controlo e protecao ativados… para grandes males grandes remedios …. ignorar a realidade e os factos ou é ignorancia ou é crime ….

    Ai se sociedade nao fosse manssa ….
    quem esta mal que saia que va para fora que emigre….
    Pobre pais…
    Pobre povo que esta adormecido e convencido que vive bem com restos que governo dá…

    Este virus é só o exemplo de como sociedades nao funciona bem nas areas urbanas… k tudo nao passa de utopias e ganancia de alguns…. porque em situacao de doencas só piora…

    É bom viver nas estrelas mas a realidade nua e crua tem de ser lembrada sempre e falada a novas geracoes…

    O que nos da nas escolas é só um pequena informacao do que vamos enfrentar na vida… para aqueles que nao tiveram oportunidades… a vida é dura e tem ser valorizada…

    Estar na area de conforto e dizer que vida é dura é um crime é criar elusao as pessoas… é dizer que vida é facil….

    Este virus é grande desafio para todos… aprendemos com ele… em silencio contamina e em silencio mata pessoas…

    OU povo muda e entende ou vamos sendo dizimados lentamente a medida que nossos corpos ficam mais debilitado e virus aproveita se disso e destroi por dentro….

    é facil falar em amor e compaixao e justica …. pratica la é difrente e nao é nada facil numa sociedade materialista… eu quero para mim e para meus…por aqui termino desejando que todos sejam mais justos consigo proprios….

RESPONDER

Tragédia Hillsborough: morreu uma vítima, depois de 32 anos em estado vegetativo

Andrew Devine faleceu aos 55 anos. É oficialmente a 97.ª pessoa a morrer por causa do desastre em 1989, em Sheffield. De 15 de abril de 1989 até 27 de julho de 2021 passaram mais de …

Trabalhadores da Google só regressam aos escritórios em outubro e todos vacinados

A maioria dos trabalhadores da Google só regressará aos escritórios em meados de outubro, depois de ser totalmente vacinada, numa tentativa de combater a disseminação da variante Delta do novo coronavírus SARS-COV-2, anunciou esta quarta-feira …

Primeiro-ministro tunisino terá sido agredido antes de concordar em renunciar

O primeiro-ministro da Tunísia, Hichem Mechichi, terá sido alegadamente agredido dentro do palácio presidencial antes de ser afastado de cargo pelo chefe de Estado do país, Kais Saied. Mechichi e o restante governo foram demitidos na …

Comissão Europeia envia primeiro “cheque” do PRR na próxima semana

A Comissão Europeia irá fazer o pagamento da primeira verba do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) no decorrer da próxima semana. Na sessão de assinatura dos contratos do Mecanismo de Recuperação e Resiliência da União …

Marcelo pede ao TC fiscalização do artigo 6.º da Carta de Direitos na Era Digital

O Presidente da República pediu, esta quinta-feira, ao Tribunal Constitucional a fiscalização sucessiva do artigo 6.º da Carta Portuguesa de Direitos Humanos na Era Digital em vigor, tendo em conta o "importante debate público" sobre …

Portugal regista mais 10 mortes e 3009 casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais 10 mortes e 3009 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3009 novos …

Ministra da Coesão diz que Portugal vai precisar de imigrantes

A ministra da Coesão Territorial disse hoje que a perda de população é preocupante e que Portugal vai ter de trabalhar numa política de imigração muito ativa e acolhedora para fazer face aos investimentos previstos. "Estando …

Testes rápidos serão gratuitos até ao final de agosto

A comparticipação a 100% dos testes rápidos de antigénio (TRAg), que vigorava até final do mês, foi alargada até 31 de agosto, segundo uma portaria esta quinta-feira publicada em Diário da República. "Perante a atual situação …

Tiago Antunes acusa Rui Rio de usar Constituição como "moeda de troca" para agradar ao Chega

No podcast Política com Palavra do PS, o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes, acusou Rui Rio de propor a revisão da Constituição e do sistema eleitoral como "moeda de troca" para o …

Pedro Nuno Santos quer receitas da rodovia a ajudar a financiar a ferrovia

Há dois anos, o ministro defendia a possível separação da REFER das Estradas de Portugal. Agora, volta atrás e quer que as receitas de rodovia ajudem a financiar a ferrovia. O Ministro das Infraestruturas e da …