As cabras reconhecem expressões faciais humanas (e preferem as felizes)

Na verdade, as cabras são muito perspicazes a ler pessoas do que pensávamos. Um novo estudo revelou que estes animais domésticos são capazes de distinguir expressões faciais humanas e preferem uma cara alegre em detrimento de uma expressão de descontentamento. 

De acordo com um novo estudo da Universidade Queen Mary de Londres, publicado nesta terça-feira na Royal Society Open Sciencei, as cabras são mais atraídas para humanos com expressões felizes. A investigação sugere ainda que há uma variedade muito maior de animais capazes de ler a disposição dos humanos do que se pensava.

“Esta é a primeira evidência a mostrar que as cabras são capazes de discriminar visualmente as expressões faciais de uma espécie muito diferente, os humanos, que expressam as suas emoções de formas distintas”, disse Natalia Albuquerque, autora do estudo e etnologista da Universidade de São Paulo, no Brasil.

“E isso significa que as cabras são muito mais complexas do que pensávamos”, explicou.

Outros animais domésticos, como os cães ou os cavalos, e até alguns primatas, já tinham revelado a capacidade de reconhecer expressões faciais. O estudo pode agora ajudar a melhor compreender a “vida emocional de todos os animais domésticos”, de acordo com o comunicado da Universidade Queen Mary de Londres.

Para a investigação, os cientistas analisaram a interação de 20 cabras com expressões humanas positivas (felizes) ou negativas (tristes ou zangadas) e descobriram que os animais preferiam relacionar-se com as expressões positivas.

Alan McElligott, autor do estudo e investigador na Universidade Queen Mary, explicou que este estudo pode ter implicações importantes na forma como interagimos com o gado e com outras espécies. O investigador sublinha na mesma nota que a capacidade de percecionar expressões e emoções humanas pode ser mais extensa, não estando apenas limitada a animais domésticos ou de estimação.

Durante a experiência, as cabras observaram imagens impressas em cores cinzentas de uma mesma pessoa, que nunca tinham visto antes, com expressões felizes e zangadas. Observou-se que as imagens com caras felizes suscitavam maior interação por parte das cabras, que tendiam a aproximar-se da imagem, explorando-as com o focinho.

A equipa de investigação tenciona continuar a estudar a perceção das cabras, de forma a descobrir como é que estes animais domésticos processam as emoções. “As cabras discriminam uma pessoa irritada de uma pessoa feliz e preferem interagir com pessoas felizes”, concluiu Albuquerque em declarações ao Gizmodo.

Por isso, remata, “quando estamos perto de cabras, devemos mostrar-lhes a nossa boa disposição e carinho” – afinal de contas, estes animais percebem!

ZAP // Efe

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …