Cabo Verde vence Portugal por 2-0

FPF

-

A seleção portuguesa de futebol, sem as suas principais figuras e com uma exibição para esquecer, sofreu hoje a primeira derrota da sua história frente a Cabo Verde, ao cair no Estoril, por 2-0.

No primeiro jogo de sempre de Portugal no ‘pequeno’ e ventoso Estádio António Coimbra da Mota, o selecionador Fernando Santos não pôde contar com os jogadores que defrontaram no último domingo a Sérvia (2-1) e acabou por operar um total de sete estreias, um argumento que mesmo assim não explica o baixo rendimento da equipa.

Cabo Verde, 38.º do ranking da FIFA, foi sobretudo mais inteligente e aproveitou a lentidão e o excesso de confiança de alguns jogadores portugueses para resolver a partida na primeira parte. Com alguma sorte à mistura, Odair Fortes fez o primeiro dos ‘tubarões azuis’, aos 37 minutos, e Gege reforçou a vantagem, aos 43.

Sem Ronaldo e companhia, Portugal acabou por ser vítima da sua própria atitude, enquanto Cabo Verde foi sempre mais agressivo na procura da bola e festejou justamente o seu primeiro triunfo sobre Portugal (7.º do ranking), num estádio com muitos adeptos dos ‘tubarões azuis’.

Da seleção portuguesa, ‘salvou-se’ Bernardo Silva, que na estreia acabou por ser o melhor da equipa e poderá ter conquistado um lugar nas opções futuras de Fernando Santos.

Sempre lutador, irrequieto e até com alguns toques de pura classe, o jogador do Mónaco protagonizou a melhor oportunidade de Portugal na primeira parte, mas permitiu a defesa do guarda-redes Vozinha.

Além da lentidão e alguma passividade, Portugal funcionou mal sobretudo a meio campo, com André Gomes e Adrien completamente desacertados, à frente um dupla de centrais demasiado ‘verde’, composta por André Pinto e Paulo Oliveira.

Com jogadores muito rápidos nas alas, Cabo Verde chegou por ai ao golo, com Odair Fortes a passar por Antunes na direita e tirar uma centro/remate que só parou nas malhas da baliza de Anthony Lopes, que na sua estreia ficou ‘mal na figura’.

Pouco depois, aos 43 minutos, a defensiva lusa foi novamente demasiado passiva e permitiu que Gege, à boca da baliza, aumentasse a vantagem, após um livre indireto.

Portugal regressou para segunda parte com Ukra no lugar de João Mário e a seleção nacional até subiu um pouco de produção, tendo ficado perto de marcar, primeiro por Vieirinha e depois do Hugo Almeida, que se mostrou quase sempre ‘perdido’ na frente.

Contudo, a recuperação lusa ficou mais difícil depois de André Pinto ter visto o vermelho direto, aos 60 minutos, num lance em que derrubou Heldon, que seguia isolado para a baliza.

Até final, destaque ainda para as primeiras internacionalizações de Danilo e André André.

Futebol 365

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …

Espanha pode ficar isenta de cumprir caudais do rio Tejo por causa da falta de chuva

Os caudais do Tejo podem ficar ainda mais baixos dentro de semanas. Com a falta de chuva, Espanha deverá invocar a exceção prevista na Convenção de Albufeira para não libertar os valores mínimos de água …

Haaland tem cinco namoradas e meio mundo atrás dele (mas pode seguir o caminho da Red Bull)

Apesar do interesse de grandes clubes do futebol mundial, Haaland pode seguir o trilho da Red Bull e transferir-se para do Salzburg para o Leipzig. O norueguês é uma das maiores jovens promessas da atualidade. Erling …

PSD pondera propor fim dos debates quinzenais e torná-los mensais

O PSD está a ponderar apresentar uma proposta para acabar com os debates quinzenais com o primeiro-ministro e torná-los mensais. A proposta passa também pela substituição de um desses "duelos" atuais por um debate temático …

Segunda vítima mortal nos protestos de Hong Kong. Xi Jinping condena manifestações

O quarto dia consecutivo de protestos ficou marcado pela morte de um homem de 70 anos. Esta é a segunda vítima mortal desde o início das manifestações em Hong Kong. De acordo com a imprensa internacional, …

Governo prepara dois novos escalões de IRS para a classe média

O primeiro-ministro afirmou esta quinta-feira que o objetivo do Governo no próximo Orçamento é dar “um primeiro passo” para conferir uma maior progressividade no IRS e diminuir o peso deste imposto sobre os vencimentos da …

Dois procuradores do caso Tancos vão sair do DCIAP

Os procuradores Vítor Magalhães e João Valente, da equipa que investigou o caso Tancos, vão sair do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) no âmbito do movimento de magistrados do Ministério Público (MP), …

Cerca de 40% dos hospitais têm ruturas diárias de medicamentos

Os preços "excessivamente baixos dos medicamentos genéricos" são a causa mais importante identificada pelos hospitais para as ruturas de fornecimento. Quase 40% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) indicam ter diariamente ruturas no fornecimento …

Secretário de Estado: despenalizações como a que absolveu o Benfica vão terminar. "Será inapelável"

João Paulo Rebelo assegurou que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica. O secretário de Estado da …

Morales quis dialogar. Presidente interina da Bolívia mandou-o calar-se

O ex-Presidente Evo Morales ofereceu-se para regressar à Bolívia para "ajudar a pacificar o país, não para ser candidato", mas Jeanine Añez, que assumiu a presidência interina do país, respondeu que Morales não pode participar …