Os buracos negros são maiores e crescem mais depressa do que se pensava

ESO/WFI, MPIfR/ESO/APEX/A. Weiss et al., NASA/CXC/CfA/R. Kraft et al.

O poder de um buraco negro supermassivo pode ser visto nesta imagem de Centauro A, um dos núcleos galácticos ativos mais próximos da Terra.

Os buracos negros do Universo crescem mais rapidamente do que as estrelas das galáxias onde estão posicionados e são maiores do que se acreditava até agora.

Os astrofísicos do Instituto de Ciências do Espaço (ICE-CSIC) da Espanha e do Instituto de Estudos Espaciais da Catalunha (IEEC), dirigidos por Mar Mezcua, analisaram 72 buracos negros em algumas das galáxias mais brilhantes e massivas do Universo, situadas no centro de galáxias que se encontram a distâncias de aproximadamente 3,5 mil milhões de anos-luz da Terra.

Os resultados foram publicados esta quinta-feira na edição impressa da revista “Monthly Notices of the Royal Astronomical Society”.

Para realizar a descoberta, os especialistas utilizaram dados do observatório de raios X Chandra da NASA e dos comprimentos de ondas de rádio dos telescópios Australia Telescope Compact Array (Austrália), Karl G. Jansky Very Large Array (EUA) e do Very Long Baseline Array, também nos Estados Unidos.

Mezcua e os seus colaboradores estimaram as massas dos buracos negros dos cúmulos de galáxias utilizando uma relação entre a massa de um buraco negro e as emissões em ondas de rádio e raios-x a ele associadas.

Segundo Mezcua, os cientistas “acreditavam que as massas dos buracos negros eram dez vezes maiores do que as estimadas por outro método que assumia que os buracos negros e as galáxias cresciam ao mesmo tempo“.

“Encontramos buracos negros que são muitos maiores do que esperávamos. Talvez tenham começado a crescer antes ou, talvez, tenham tido uma vantagem na velocidade de crescimento que durou milhares de milhões de anos”, disse Mezcua.

Os cientistas descobriram que quase metade dos buracos negros da sua amostragem tinha massas de, pelo menos, 10 mil milhões de vezes a massa do Sol, o que os situa numa categoria de massa extrema, que alguns astrónomos denominam buracos negros “supermassivos”.

“Sabemos que os buracos negros são objetos extremos”, indicou a coautora do estudo Julie Hlavacek-Larrondo, da Universidade de Montreal, no Canadá, “é por isso que não nos surpreende o facto de os exemplos mais extremos quebrarem as regras que pensávamos que deveriam seguir”.

Segundo o IEEC, outro estudo internacional também confirmou que o crescimento dos maiores buracos negros do Universo está a superar a taxa de formação de estrelas nas galáxias onde estão situados.

Durante muitos anos, os astrónomos obtiveram dados sobre a formação de estrelas nas galáxias e do crescimento dos buracos negros supermassivos – ou seja, aqueles que têm massas de milhões e de milhares de milhões de vezes a do Sol – situados nos seus centros.

Esses dados sugeriam que os buracos negros e as estrelas nas suas galáxias cresciam ao mesmo tempo, mas os resultados de dois grupos de investigadores, que realizaram os estudos de maneira independente, coincidiram em afirmar que os buracos negros das galáxias massivas cresceram muito mais rapidamente que nas inferiores em massa.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …

Paulo Gomes é o novo presidente do Vitória de Setúbal

O ex-vice-presidente, líder da lista D, foi eleito presidente do Vitória de Setúbal para o mandato 2020-2023, com um total de 875 votos. Paulo Gomes, de 50 anos, foi o mais votado das cinco listas candidatas, …

O mercado online de leite materno está a crescer (mas pode ser mau para os bebés)

https://vimeo.com/385229063 Para os pais que querem que o seu filho beba leite materno, mas que não conseguem produzi-lo, a possibilidade de o poder comprar na Internet pode parecer uma boa solução. No entanto, este mercado não …

Regina Duarte convidada para suceder a secretário da Cultura demitido

A atriz brasileira confirmou, na sexta-feira, ter sido convidada pelo Presidente do país para liderar a Secretaria da Cultura do Governo, após a exoneração de Roberto Alvim por ter parafraseado um discurso nazi. "É isso, recebi …

Universidade de Harvard quer criar 127 novos estados nos EUA

A Harvard Law Journal, da Universidade de Harvard, publicou um plano ousado - mas, segundo os autores, completamente constitucional - para salvar a democracia: criar 127 novos e minúsculos estados. Atualmente, todos os estados dos Estados …

IL quer reduzir IVA da alimentação infantil e retirar limitação etária nas deduções do IRS

A Iniciativa Liberal apresentou, esta sexta-feira, duas propostas para reduzir o IVA da alimentação para crianças pequenas para 6% e para eliminar a limitação etária na dedução do IRS para famílias que tenham mais do …

Sintra comemora 25 anos como Património da UNESCO com mais de 200 eventos

O município de Sintra assinala os 25 anos da elevação a Património Mundial com a realização de mais de 200 eventos, nomeadamente uma exposição que reúne obras sobre o concelho desde a antiguidade à contemporaneidade. Sintra, …