Bruxelas admite que tem sido “um pouco pessimista” com Portugal

European Parliament / Flickr

Pierre Moscovici

Pierre Moscovici admitiu que as previsões económicas da Comissão Europeia para Portugal pecaram por ser “um pouco pessimistas”.

O comissário europeu dos Assuntos Económicos admitiu, esta quinta-feira, que, nos últimos anos, as previsões económicas da Comissão Europeia para Portugal pecaram por ser “um pouco pessimistas“, cenário que se alterou esta quinta-feira, com Bruxelas mais otimista do que o Governo.

“Geralmente, as nossas previsões são bastante boas, mas devo dizer que reparei, nos anos mais recentes, que por vezes fomos um pouco pessimistas no que diz respeito a Espanha e Portugal”, declarou Pierre Moscovici, durante a conferência de imprensa de apresentação das previsões económicas de outono da Comissão Europeia, que projeta um crescimento económico em Portugal para este ano de 2%, uma décima acima das projeções do Governo.

Moscovici argumentou que, ainda assim, prefere que as previsões de Bruxelas sejam mais conservadoras do que as dos governos dos Estados-membros. “Se jogarmos Monopólio, é melhor que o erro da banca seja a nosso favor do que o inverso. Por isso, sou muito cauteloso com estas previsões”, argumentou.

O comissário observou que, de acordo com as mais recentes previsões macroeconómicas da Comissão, o crescimento económico deverá desacelerar um pouco em Portugal, “mas ainda assim a níveis bastante substanciais”, com uma progressão do Produto Interno Bruto (PIB) de “2,4% em 2018, de 2,0% em 2019 e de 1,7% tanto em 2020 e 2021, muito acima da média da zona euro”.

“E, do nosso ponto de vista, esta moderação não se deve a este ou àquele fator de finanças públicas, mas antes à procura externa, uma vez que o consumo privado e investimento permanecem robustos”, declarou.

Comentando que a economia portuguesa, tal como as restantes, está “aberta ao mundo e não é independente do que acontece globalmente”, Pierre Moscovici sublinhou que “tal significa também que, em caso de melhores circunstâncias, a taxa de crescimento (de Portugal) pode ser melhor, ainda melhor” do que aquela prevista agora pela Comissão.

Nas previsões de outono publicadas esta quinta-feira, a Comissão Europeia melhorou em três décimas a previsão de crescimento económico de Portugal para 2% este ano, quando nas projeções de verão, em julho, antecipava 1,7%, estimativa que mantém para 2020, tal como há quatro meses.

No Projeto de Plano Orçamental enviado para Bruxelas em 15 de outubro, o Governo estimou que a economia portuguesa desacelere de um crescimento de 2,4% em 2018, para um crescimento de 1,9% em 2019 e volte a acelerar para um crescimento de 2% no próximo ano.

Há um ano, por ocasião das previsões económicas de outono de 2018, as projeções “conservadoras” da Comissão para Portugal levaram mesmo o primeiro-ministro, António Costa, a recorrer à sua conta oficial no Twitter para comparar as previsões de Bruxelas com os resultados económicos alcançados em 2016 e 2017 em termos PIB, défice orçamental e desemprego, para mostrar que Bruxelas vinha a errar nas suas estimativas para Portugal, um “pessimismo” esta quinta-feira reconhecido por Moscovici.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Via Láctea pode ter sido esmagada por campos magnéticos quando ainda era um "bebé cósmico"

Nos primeiros dias do Universo, quando a Via Láctea ainda era apenas um bebé cósmico, campos magnéticos poderosos podem tê-la esmagado e ter tido um grande impacto no seu crescimento. Em entrevista ao NewScientist, astrofísicos da …

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …