Recomendação de Bruxelas. Isolar 93% dos concelhos por níveis muito elevados do vírus

Maxim Shipenkov / EPA

Portugal era esta segunda-feira o país em pior situação de novos casos e novas mortes por milhão de habitantes na média dos últimos sete dias, de acordo com sites que recolhem informação estatística sobre a pandemia.

No site ourworldindata.org, Portugal surge como o país que teve nos últimos sete dias mais casos confirmados (1.142) por milhão de habitantes, de acordo com os dados compilados pela universidade norte-americana Johns Hopkins.

A seguir a Portugal, tirando pequenos territórios como Andorra (647) e Montenegro (616), surge o Reino Unido (443), Líbano (441), Estónia (401) e Estados Unidos (400).

Segundo a mesma fonte, Portugal está também no topo da tabela de mortes por milhão de habitantes, com 27 por milhão nos últimos sete dias, seguido da Eslováquia (18,9) e Eslovénia (14,9).

Na proporção de casos totais desde o início da pandemia, Portugal tem 62 por milhão de habitantes (o 13.º número mais alto) e figura em 24.º lugar na lista dos países com mais mortes por milhão de habitantes.

A plataforma de dados portuguesa Eyedata também coloca Portugal como o país com mais novos casos por milhão de habitante na média de sete dias (1.366) e com mais novas mortes por milhão (23).

A Eyedata, que compila informação recolhida de várias fontes online, coloca Portugal como o 32.º país com mais mortes associadas à covid-19 por milhão de habitantes e 27.º com mais casos de infeção com o novo coronavírus por milhão de habitantes.

Quase 70% dos concelhos em risco extremo

Quase 70% dos concelhos estão em risco extremo devido ao número de casos, tendo registado uma taxa de incidência acumulada superior a 960 por 100 mil habitantes, entre 5 e 18 de janeiro.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), estão neste patamar 215 dos 308 concelhos portugueses (69,8%).

Na última análise, divulgada a 18 de janeiro, existiam 155 concelhos nestas condições, número que era quase o triplo do verificado na análise anterior.

Segundo o Diário de Notícias, Aguiar da Beira, na Guarda, é o concelho com maior taxa de incidência (6.255 casos por 100 mil habitantes), seguido de Cuba (6.224 casos), em Beja, e Figueira de Castelo Rodrigo (5.534 casos), também na Guarda.

O concelho de Lisboa também apresenta risco máximo de contágio, com 1.404 casos por 100 mil habitantes (mais 365 casos do que na semana passada). Já o concelho do Porto está no patamar abaixo (480 casos a 959,9), com uma taxa de incidência de 918 casos por cem mil habitantes (tendo subido 177 casos), reporta o DN.

Recomendação europeia implica isolar quase todo o país

De acordo com o mesmo jornal, a Comissão Europeia propôs uma atualização, esta segunda-feira, sobre a coordenação de medidas que afetam a livre circulação na União Europeia.

Além dos já existentes verde, laranja, vermelho e cinzento, Bruxelas propõe acrescentar a cor vermelho escuro para indicar áreas onde o coronavírus está a circular em níveis muito elevados (onde a taxa de notificação de 14 dias é superior a 500 pessoas por cem mil habitantes).

Com esta nova regra, segundo o diário, apenas 22 dos 308 concelhos portugueses ficariam de fora. Quase todos os outros ficariam fechados, com exceção para transporte.

“À luz das novas variantes do coronavírus e do elevado número de novas infeções em muitos Estados-membros, é necessário desencorajar fortemente as viagens não essenciais, evitando ao mesmo tempo o encerramento de fronteiras ou proibições generalizadas de viagens e assegurando que o funcionamento do mercado único e das cadeias de abastecimento permaneça ininterrupto. Por conseguinte, é necessária uma ação mais orientada para assegurar uma abordagem coordenada sobre medidas restritivas da livre circulação dentro da UE”, lê-se no comunicado do Executivo comunitário.

Segundo o DN, Bruxelas recomenda que, para quem viaja de uma zona vermelho escura, os Estados-membros da UE devem exigir que se submeta a um teste antes da chegada, bem como a uma quarentena. A Comissão propõe também testes prévios à partida para áreas atualmente nos níveis laranja, vermelho ou cinzento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A última que ouvi na comunicação social foi a de que provavelmente vai ser necessário tratar doentes no estrangeiro. Há uns anos atrás as grávidas de Elvas iam ter os filhos às maternidades de Badajoz. Perante tanta incompetência, porque razão os governantes portugueses não sub-contratam a Espanha o governo de Portugal? Era muito mais barato para os todos os portugueses.

  2. A última que ouvi na comunicação social foi a de que provavelmente vai ser necessário tratar doentes no estrangeiro. Há uns anos atrás as grávidas de Elvas iam ter os filhos às maternidades de Badajoz. Perante tanta incompetência, porque razão os governantes portugueses não sub-contratam a Espanha o governo de Portugal? Era muito melhor e mais barato para quase todos os portugueses, excepto para o Costa e quejandos.

RESPONDER

Centro de Migrantes de Caxias seria pago pelo SEF com carros apreendidos e obras eram feitas por presos

As obras feitas para a construção de um Centro de Migrantes no complexo prisional de Caxias terão sido pagas pelo SEF com carros apreendidos. O Centro de Instalação Temporária de migrantes no complexo prisional de Caxias …

Afinal, declaração de pertença à maçonaria ou Opus Dei não será obrigatória

A obrigatoriedade de os políticos e altos cargos públicos declararem a sua pertença e funções em associações como as desportivas, políticas e de carácter secreto foi aprovada no Parlamento este mês. Jorge Lacão esclareceu que a …

Futebol: Alemanha já está fora dos Jogos Olímpicos

Alemães chegaram à final em 2016 mas, desta vez, nem passaram da fase de grupos. Campeão Brasil continua no torneio masculino. Brasil e Alemanha foram as seleções finalistas da edição anterior dos Jogos Olímpicos, em 2016. …

Portugal perto de surpresa no andebol e Ana Catarina Monteiro faz história na natação

No andebol, a equipa olímpica portuguesa esteve muito perto de surpreender a vice-campeã mundial Suécia. Na natação, Ana Catarina Monteiro teve um resultado histórico. A seleção portuguesa de andebol perdeu por 29-28 frente à vice-campeã mundial …

Portugal nunca teve tantos migrantes a obter nacionalidade portuguesa. Maioria são do Brasil e Israel

Em 2020, mais de 149 mil migrantes passaram a ter o cartão cidadão nacional. Só este ano já há registo de 56 mil. O aumento do número de pessoas a pedir nacionalidade portuguesa deve-se à …

Patrões, UGT e Governo assinam acordo de Concertação, num "sinal de desagravamento" das tensões

Esta quarta-feira, será assinado o acordo de formação profissional, denominado Um Desígnio Estratégico para as Pessoas, para as Empresas e para o País, alcançado na concertação social. Carlos Silva, secretário geral da UGT, encara a assinatura …

Navio e cemitério egípcios encontrados em cidade submersa há mais de 1.000 anos

Um equipa de arqueólogos descobriu os destroços de um antigo navio egípcio que naufragou após ser atingido por blocos gigantes do famoso templo de Amon. Também foi encontrado um cemitério. O naufrágio ocorreu há cerca de …

Ferro espera que jovens resistentes à vacinação mudem de atitude

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, elogiou o processo de vacinação e disse esperar que os mais jovens mudem de atitude. Carla Nunes, da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova …

Governo cria 500 vagas no ensino superior para alunos desfavorecidos

O Governo vai criar 500 vagas no ensino superior e em cursos técnicos superiores profissionais, no ano letivo de 2022-23, destinados a alunos provenientes de zonas desfavorecidas. De acordo com o Público, a medida faz parte …

Consumir alimentos com ómega-3 pode aumentar a esperança de vida em cinco anos

Um novo estudo indica que ter altos níveis de ómega-3 no sangue pode aumentar a esperança de vida de um indivíduo em cinco anos. De acordo com o novo estudo, publicado The American Journal of Clinical …