Milhares de britânicos foram infetados com hepatite C e SIDA em tratamento de saúde

Persian King / Flickr

Nos anos 70 e 80, cerca de 7.500 britânicos foram infetados com produtos sanguíneos contaminados emitidos pelo Serviço Nacional de Saúde. Quase cinco mil pacientes contraíram hepatite C e SIDA.

Os casos têm mais de 30 anos, mas têm agora ganho atenção mediática, já que alguns dos pacientes estão a ser ouvidos em tribunal, com a abertura da investigação sobre o escândalo médico. Dos 7.500 envolvidos, cerca de 4.800 tinham hemofilia — um distúrbio da coagulação do sangue — e contraíram hepatite C e SIDA.

Os produtos contaminados do Serviço Nacional de Saúde foram infetados por transfusões sanguíneas ou durante o parto, segundo informa o All That’s Interesting. Sabe-se que o sangue foi importado dos Estados Unidos e foi pago a grupos de alto risco, como presidiários, para doarem o sangue, sem que fosse feita uma triagem adequada.

Depois de importado, o sangue foi usado num tratamento com plasma sanguíneo humano, que ficou conhecido como Fator VIII. Como a procura era imensa, a solução encontrada na altura foi importar o sangue dos EUA, que foi inclusive usado para tratar pequenas lesões.

Muitos dos pacientes que participaram em tratamentos com este sangue contraíram doenças como a hepatite C e a SIDA. Entre os infetados estavam algumas crianças. De todos os infetados, apenas 250 deles estão hoje vivos.

“Quando somos jovens, somos invencíveis. Quando temos 23 anos, estamos em boa forma — mas depois quando nos dizem que temos 12 meses para viver — é muito difícil compreender”, explicou Derek Martindale, um dos pacientes infetados.

Martindale contraiu SIDA e hepatite C após ter sido infetado com sangue contaminado do Serviço Nacional de Saúde britânico. Na altura, o britânico tinha apenas 23 anos quando soube da sua situação. O britânico explica que foi aconselhado a não contar a ninguém, porque poderia tornar-se num “pária social”.

O irmão de Martindale, que também sofria de hemofilia e passou pelo mesmo tratamento, contraiu SIDA e morreu em 1990. Durante as suas declarações em tribunal não conseguiu esconder a emoção ao contar a sua história.

Ele sabia que estava a morrer, sabia que tinha SIDA e que não tinha muito tempo para viver e só queria falar sobre isso, falar sobre como estava com medo. Mas eu não pude”.

Antes das audiências, o Governo britânico anunciou um apoio financeiro extra para aqueles que foram infetados. Os novos fundos rondariam entre as 75 e as 98 milhões de libras.

“Eu sei que este será um momento difícil para as vítimas para as famílias, mas hoje começa uma jornada que será dedicada a saber a verdade sobre o que aconteceu e fazer justiça a todos os envolvidos”, disse a primeira-ministra Theresa May em comunicado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …