Milhares de britânicos foram infetados com hepatite C e SIDA em tratamento de saúde

Persian King / Flickr

Nos anos 70 e 80, cerca de 7.500 britânicos foram infetados com produtos sanguíneos contaminados emitidos pelo Serviço Nacional de Saúde. Quase cinco mil pacientes contraíram hepatite C e SIDA.

Os casos têm mais de 30 anos, mas têm agora ganho atenção mediática, já que alguns dos pacientes estão a ser ouvidos em tribunal, com a abertura da investigação sobre o escândalo médico. Dos 7.500 envolvidos, cerca de 4.800 tinham hemofilia — um distúrbio da coagulação do sangue — e contraíram hepatite C e SIDA.

Os produtos contaminados do Serviço Nacional de Saúde foram infetados por transfusões sanguíneas ou durante o parto, segundo informa o All That’s Interesting. Sabe-se que o sangue foi importado dos Estados Unidos e foi pago a grupos de alto risco, como presidiários, para doarem o sangue, sem que fosse feita uma triagem adequada.

Depois de importado, o sangue foi usado num tratamento com plasma sanguíneo humano, que ficou conhecido como Fator VIII. Como a procura era imensa, a solução encontrada na altura foi importar o sangue dos EUA, que foi inclusive usado para tratar pequenas lesões.

Muitos dos pacientes que participaram em tratamentos com este sangue contraíram doenças como a hepatite C e a SIDA. Entre os infetados estavam algumas crianças. De todos os infetados, apenas 250 deles estão hoje vivos.

“Quando somos jovens, somos invencíveis. Quando temos 23 anos, estamos em boa forma — mas depois quando nos dizem que temos 12 meses para viver — é muito difícil compreender”, explicou Derek Martindale, um dos pacientes infetados.

Martindale contraiu SIDA e hepatite C após ter sido infetado com sangue contaminado do Serviço Nacional de Saúde britânico. Na altura, o britânico tinha apenas 23 anos quando soube da sua situação. O britânico explica que foi aconselhado a não contar a ninguém, porque poderia tornar-se num “pária social”.

O irmão de Martindale, que também sofria de hemofilia e passou pelo mesmo tratamento, contraiu SIDA e morreu em 1990. Durante as suas declarações em tribunal não conseguiu esconder a emoção ao contar a sua história.

Ele sabia que estava a morrer, sabia que tinha SIDA e que não tinha muito tempo para viver e só queria falar sobre isso, falar sobre como estava com medo. Mas eu não pude”.

Antes das audiências, o Governo britânico anunciou um apoio financeiro extra para aqueles que foram infetados. Os novos fundos rondariam entre as 75 e as 98 milhões de libras.

“Eu sei que este será um momento difícil para as vítimas para as famílias, mas hoje começa uma jornada que será dedicada a saber a verdade sobre o que aconteceu e fazer justiça a todos os envolvidos”, disse a primeira-ministra Theresa May em comunicado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Porcos e roedores podem respirar pelo rabo (e esta pode ser uma descoberta muito importante)

Um novo estudo revela que os porcos e roedores também conseguem respirar através do rabo, o que pode ser, na verdade, uma boa notícia para nós, humanos. De acordo com o site Live Science, um grupo …

O mistério das gotículas pontiagudas foi finalmente resolvido

Um determinado tipo de gotículas de óleo muda de forma quando são arrefecidas e encolhidas, passando de esféricas a icosaédricas para hexagonais planas. Duas teorias tentaram explicar o fenómeno, mas não conseguiram. Uma equipa de cientistas …

Plutónio radioativo encontrado em rochas do fundo do mar. Tem uma origem extraterrestre

Os cientistas encontraram pequenos traços de plutónio-244 e de ferro-60 radioativo na crosta oceânica. Os dois isótopos são evidências de eventos cósmicos violentos nas proximidades da Terra há milhões de anos. As explosões de supernovas criam …

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …