Brincar faz bem ao cérebro (incluindo o dos adultos)

swambo / Flickr

-

Ao longo dos últimos anos, diversas áreas da ciência têm tentado perceber porque é que uma simples brincadeira pode fazer tão bem ao nosso cérebro. As conclusões são claras: brincar é importante não só para o desenvolvimento das crianças como também para melhorar a qualidade de vida dos adultos.

Um desses últimos estudos foi conduzido pelo psiquiatra Stuart Brown, fundador do The National Institute for Play. O investigador começou a interessar-se pelo tema quando percebeu, nas suas pesquisas, que os grandes criminosos da história quase não tinham brincado durante a sua infância.

“Nada ilumina mais o nosso cérebro do que brincar. As brincadeiras tridimensionais ativam o cerebelo, mandam vários impulsos para o lobo frontal, ajudam o desenvolvimento da memória contextual, entre outros benefícios”, explica.

A investigação, feita com um grupo de ratazanas, comprova a importância da brincadeira na infância para conseguirmos sobreviver na vida adulta.

Os animais foram divididos em dois grupos, sendo que um deles foi impedido de brincar em determinada fase da infância. Quando confrontados com o perigo, neste caso o cheiro a gato, ambos se esconderam.

No entanto, a diferença entre os dois é que o grupo de ratos que nunca tinha brincado escondeu-se para sempre e acabou por morrer. Os restantes animais voltaram lentamente a ganhar confiança para sair da sua zona de conforto.

“Uma coisa muito peculiar sobre a nossa espécie é que fomos concebidos para brincar ao longo de toda a nossa vida”, destaca Brown.

Segundo o investigador, a base da confiança humana é estabelecida a partir dos sinais que surgem num brincadeira como, por exemplo, o tom de voz, os gestos corporais ou as expressões faciais. Esses sinais começam a desvanecer-se à medida que vamos crescendo o que, na perspetiva de Brown, é  “uma lástima”.

A definição de neotenia

O investigador acredita que todos os seres humanos deviam guiar-se por uma palavra durante toda a vida: a “neotenia”, termo usado para descrever a retenção das qualidades infantis na fase adulta.

De acordo com diversos estudos antropológicos, os humanos são as criaturas mais “neoténicas” de todas, isto é, são as mais juvenis, flexíveis, plásticas e, portanto, as que mais facilidade têm para se adaptar.

Por isso, Brown sugere que cada um de nós analise o próprio histórico de brincadeiras e pense numa memória alegre ou brinquedo que nos tenha marcado.

Esse símbolo da infância pode transformar-se numa ferramenta verdadeiramente importante para a vida pessoal e profissional, garante o psiquiatra.

O investigador explicou melhor como fazer esse teste durante uma palestra no TED 2008:

ZAP / The Greenest Post

PARTILHAR

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …