Reino Unido e UE retomam negociações. Londres vai pedir adiamento se não houver acordo até sábado

O Reino Unido e a União Europeia (UE) retomam esta quarta-feira as negociações sobre o ‘Brexit’, depois de na véspera se ter anunciado que um acordo estaria iminente. “Ainda há trabalho a fazer”, referiu o Governo britânico.

Foi o próprio Governo britânico a indicar que, apesar das conversações “construtivas” e do progresso feito, “ainda há trabalho a fazer”. Os relatos sobre a iminência de um acordo com Bruxelas terão decorrido de alegadas cedências de Londres relativamente à questão da fronteira irlandesa, revelou o Expresso.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, deverá fazer um ponto de situação com o seu Executivo sobre o andamento das negociações. O mesmo fará o principal negociador da UE para o ‘Brexit’, Michel Barnier, junto de comissários e embaixadores europeus.

O contrarrelógio assume mais dramatismo na véspera de uma cimeira de dois dias do Conselho Europeu, que arranca esta quinta-feira e que é o último encontro deste tipo antes do atual prazo de saída do Reino Unido da UE, 31 de outubro.

O governo britânico pretende cumprir a lei e pedir um adiamento da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) se não conseguir alcançar um acordo até sábado, segundo confirmou esta quarta-feira o ministro para o Brexit. “O governo vai cumprir a lei e com os compromissos dados ao tribunal em relação à lei”, afirmou Steve Barclay perante a comissão parlamentar sobre a saída da UE.

Oficialmente designada por Lei de Saída da UE (n.° 2), mas batizada com o nome do deputado trabalhista e primeiro signatário do texto, Hilary Benn, a legislação obriga Boris Johnson a pedir um adiamento por mais três meses, até 31 de janeiro, se não for alcançado um acordo nem autorizada uma saída sem acordo até 19 de outubro.

A cimeira é vista como a última oportunidade que Boris Johnson tem para um acordo, depois de o Parlamento britânico ter rejeitado por três vezes o documento negociado com Bruxelas pela sua antecessora, Theresa May, que se demitiu em maio.

No dia 19, o Parlamento britânico deverá reunir-se para votar um possível acordo que saia da cimeira europeia dos dois dias anteriores. A acontecer, será a primeira vez que o Parlamento britânico se reúne num sábado desde a Guerra das Malvinas, em 1982. Esse dia é o prazo que uma lei aprovada pela oposição em setembro estipula para Boris Johnson ter de pedir novo adiamento à UE, à falta de acordo de saída.

Andy Rain / EPA

Boris Johnson

Caso o primeiro-ministro chegue da cimeira europeia com um acordo e o Parlamento não o aprove e não aceite um ‘Brexit’ sem acordo, Boris Johnson terá de pedir um novo adiamento da saída, à luz da Lei Benn (apelido do deputado trabalhista que foi seu primeiro subscritor).

O líder da Câmara dos Comuns, Jacob Rees-Mogg, não confirma a sessão parlamentar de sábado, dizendo que estará dependente do que acontecer em Bruxelas.

Unionistas contra fronteira aduaneira no Mar da Irlanda

Além da pressão para conseguir chegar a um acordo com a UE, Boris Johnson enfrenta a pressão para a aprovação do documento no Parlamento.

Para conseguir cumprir este segundo objetivo, o primeiro-ministro precisa do apoio dos conservadores favoráveis ao ‘Brexit’ e do Partido Unionista Democrático, e este apoio está dependente da alternativa proposta para o ‘backstop’ (a solução estipulada no acordo de Theresa May para evitar uma nova fronteira na Irlanda).

Após um encontro com Boris Johnson, os unionistas disseram que ainda havia “lacunas” e que seria necessário “mais trabalho”. A líder do partido, Arlene Foster, já tinha avisado que não aceitaria planos de uma fronteira aduaneira no Mar da Irlanda, que significaria que a Irlanda do Norte seria tratada de forma diferente do resto do Reino Unido.

Entretanto, fontes do Governo irlandês, citadas pelo Irish Times, disseram que as perspetivas de um acordo “parecem mais promissoras”, pelo que o Executivo de Dublin está esperançado de que um acordo estará pronto para a cimeira da UE.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O Boris que se atire para uma “valeta” conforme o afirmou !………. Já cheira mais que mal esta “fantasia” . Saiam e assumam as consequências, ou revoguem o referendo!…. gente que esgota a paciência de qualquer um !

RESPONDER

O Oumuamua pode ser um icebergue de hidrogénio (e um dos objetos mais raros do Universo)

Uma equipa de astrónomos da Universidade de Yale e da Universidade de Chicago propôs uma nova descrição para o Oumuamua, o primeiro objeto interestelar a passar pelo nosso Sistema Solar. De acordo com a nova teoria …

A Via Láctea pode ter sido esmagada por campos magnéticos quando ainda era um "bebé cósmico"

Nos primeiros dias do Universo, quando a Via Láctea ainda era apenas um bebé cósmico, campos magnéticos poderosos podem tê-la esmagado e ter tido um grande impacto no seu crescimento. Em entrevista ao NewScientist, astrofísicos da …

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …