Brexit arranca dia 29. Deste lado, está tudo a postos

O Reino Unido vai accionar o artigo 50 do Tratado de Lisboa na próxima semana e começar formalmente o processo de saída da União Europeia.

O embaixador britânico para a UE, Tim Barrow, confirmou hoje, com a entrega de uma carta em Bruxelas, que a notificação do governo britânico para a saída do Reino Unido da União Europeia – determinada num referendo realizado em 23 de junho do ano passado – será feita a 29 de março.

A primeira-ministra, Theresa May, tinha-se comprometido, no congresso do partido Conservador em outubro do ano passado, a activar o Artigo 50 até ao final de março, mas até agora o governo tinha recusado apontar uma data específica.

O acto decorre do resultado do referendo de 23 de junho de 2016, quando 52% dos eleitores votaram pela saída do país da UE, derrotando o 48% que preferiam a permanência.

“Em junho passado, a população do Reino Unido tomou a histórica decisão de deixar a UE. Na quarta-feira da próxima semana, o governo vai concretizar essa decisão e iniciar formalmente o processo ao ativar o Artigo 50″, afirmou o ministro para a Saída da União Europeia, David Davis, num comunicado.

O responsável considera que se seguem as mais importantes negociações para o país em uma geração. “O governo é claro no seu objetivo: um acordo que funcione para cada nação e região do Reino Unido e também para todas na Europa – uma parceria nova, positiva entre o Reino Unido e os nossos amigos e aliados na União Europeia”, vincou.

Theresa May deverá dar conta do ato no parlamento no mesmo dia, já que às quartas-feiras está presente na Câmara dos Comuns para a sessão semanal de respostas aos deputados.

“Deste lado, está tudo a postos”

A Comissão Europeia confirmou hoje ter sido informada por Londres de que a notificação para a saída do Reino Unido da UE chegará em 29 de março e sublinhou que, em Bruxelas, “está tudo a postos” para as negociações.

“Sim, fomos informados com antecedência da data da ativação do artigo 50 do Tratado de Lisboa. Estamos prontos para começar as negociações, estamos à espera da carta, que agora sabemos que chegará no dia 29. E sim, deste lado tudo a postos”, afirmou o porta-voz do executivo comunitário, Margaritis Schinas.

Questionado sobre o procedimento, o porta-voz apontou que “o primeiro passo após a notificação será a adopção de directrizes pelo Conselho Europeu”, o que pode ser considerada “a reacção política“.

“A Comissão Europeia irá então imediatamente aprovar uma recomendação para abrir as negociações”, e adoptará formalmente um mandato para o negociador da União Europeia, Michel Barnier“.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Portugal com a sua grande comunidade de Ingleses nao deve esquecer que a partir deste momento poderá livremente fazer acordos com os Ingleses e sobretudo aplicar taxas ou impostos sobre todos os produtos Ingleses

    • Mas que ideia tão brilhante… Gastou quanto tempo a engendrar esse plano maquiavélico para conseguirmos enriquecer à custa dos milhões de ingleses que vivem em Portugal?? “sobretudo aplicar taxas ou impostos sobre todos os produtos Ingleses”, para depois os ingleses adotarem a mesma medida e afundar ainda mais as nossas empresas que exportam para o Reino Unido, certo?

RESPONDER

Queriam definir cidade à francesa, mas Marcelo não concordou e fez-se ouvir na Academia

A Academia Francesa apresentou, esta quinta-feira, ao Presidente português a nova definição da palavra cidade, mas Marcelo não esteve inteiramente de acordo, causando, segundo o próprio, um dos debates mais intensos dos mais de 350 …

Bolsonaro vai criar um partido "pobre, sem dinheiro, sem televisão". Quem for para lá, vai por amor

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na quinta-feira que os parlamentares que o acompanharem na mudança para o Aliança pelo Brasil, o seu novo partido, apenas o farão por amor, já que terá poucos recursos …

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …