Braga vs Sporting | “Bombardeiro” Dyego abate leões

Manuel Fernando Araújo / Lusa

O Sp. Braga venceu esta segunda-feira o Sporting por 1-0, na Pedreira, em jogo que fechou a quinta jornada da Liga NOS.

Num embate muito intenso e disputado, mas nem sempre com o melhor futebol, os minhotos acabaram por beneficiar de uma maior eficácia na concretização, em especial na segunda parte, com Dyego Sousa a marcar o único tento da partida.

O Jogo explicado em Números

  • Arranque de jogo muito animado, com ligeiro ascendente leonino (52% de posse) no primeiro quarto de hora. O primeiro remate do jogo surgiu apenas aos 16 minutos, após bom lance do “leão” Raphinha, mas a bola saiu um pouco por cima da baliza de Tiago Sá.
  • Jogo intenso, táctico e muito disputado, com o Sporting a chegar à meia-hora com maior domínio (57% de posse), mas apenas um remate, o de Raphinha que falámos anteriormente. Os minhotos apostavam nas transições e registavam três disparos nesta fase, um enquadrado, todos eles de fora da área – “leões” muito bem nos momentos defensivos.
  • Muito bem Sebastián Coates a contribuir para essa consistência leonina. O uruguaio somava três duelos aéreos defensivos ganhos nesta fase, nos quatro em que participara, e ainda três alívios. Marcelo Goiano era o melhor do Braga, já com oito acções defensivas, entre elas três desarmes.
  • A intensidade do jogo não permitia uma grande qualidade no passe, com o Braga a não passar dos 71% de eficácia e o Sporting dos 77% por volta dos 40 minutos. Mas emoção não faltava ao jogo, apesar de escassearem as ocasiões de golo.
  • Nulo chegado ao descanso na Pedreira, reflexo de um jogo de certa forma repartido, disputado com muita intensidade e garra, nem sempre com a melhor qualidade.
  • Somente oito remates no primeiro tempo, cinco para o Braga, com o “leão” a enquadrar mais um e a usufruir de mais tempo de posse de bola (54%). Porém, as oportunidades de golo escassearam, tirando dois lances, um em cada uma das balizas.
  • O melhor nesta fase, com um GoalPoint Rating de 6.4, foi Coates, que se mostrou imparável no futebol pelo ar – quatro duelos aéreos ganhos em cinco – e registou oito acções defensivas (quatro desarmes e outros tantos alívios).
  • O reatamento trouxe mais do mesmo, com a diferença que, chegada a hora de jogo, o Braga apresentava mais posse de bola (55%) desde o descanso. Contudo, nestes 15 minutos, apenas dois remates, um para cada lado. As equipas continuavam encaixadas e a anularem-se mutuamente, ao ponto de o Sporting não passar dos 60% de eficácia de passe e o Braga de 71%.
  • O jogo acabou por ser desbloqueado aos 67 minutos. Eduardo, lançado poucos minutos antes por Abel, fugiu pela esquerda, cruzou atrasado e o goleador do Braga, Dyego Sousa, desviou para o fundo da baliza sportinguista. Um tento ao nono remate bracarense, quarto no segundo tempo, num total de quatro enquadrados.
  • Excelentes os “arsenalistas” a cortarem as vias mais perigosas para a sua baliza. O Sporting chegou aos 80 minutos com mais um remate que o seu adversário no segundo tempo (6-5), mas sem conseguir enquadrar nenhum deles.
  • Muito bem Jovane Cabral aos 88 minutos, a passar por toda a gente a flectir para o meio e a rematar para grande defesa de Tiago Sá. O jovem extremo veio dar mais ânimo ao futebol leonino nos últimos minutos. Mas os minhotos aguentaram firme a pressão final do Sporting e arrecadaram os três pontos.

O Homem do Jogo

Num jogo em que as equipas encaixaram os seus esquemas tácticos e as ocasiões apenas surgiram a espaços, é natural que os defesas tenham sido os que melhores desempenhos mostraram. Assim, o melhor na Pedreira foi o sportinguista Sebastián Coates, que já no primeiro tempo se havia destacado. Com um GoalPoint Rating de 7.1, o uruguaio terminou o embate com oito duelos ganhos em dez e 14 acções defensivas, entre elas nove alívios. Só mesmo aquele remate de Dyego Sousa deitou por terra o trabalho defensivo do central.

Jogadores em foco

  • Marcelo Goiano 6.7 – Que grande jogo do lateral-direito bracarense. Ao todo, Goiano somou 20 acções defensivas, entre elas oito desarmes (máximo da jornada) e cinco bloqueios de passe. Esteve menos afoito no apoio ofensivo.
  • Dyego Sousa 6.0 – O brasileiro decidiu o jogo, com um golo em três remates, dois enquadrados, e esteve muito activo, com quatro duelos aéreos ofensivos ganhos em nove. A sua nota não é mais elevada porque foi desarmado seis vezes e somou seis maus controlos de bola.
  • Romain Salin 6.5 – O guarda-redes do Sporting continua em grande forma e evitou males maiores para o “leão”. Ao todo realizou três defesas, um número não muito elevado, mas o grau de dificuldade das mesmas justifica o rating alto.
  • Marcos Acuña 6.0 – O argentino, que jogou a lateral-esquerdo, teve alguma dificuldade a nível do passe, com 67% de eficácia apenas, e perdeu 29 vezes a posse de bola. Porém, recuperou-a nove vezes e ainda registou 11 acções defensivas, entre elas cinco desarmes.
  • Eduardo Teixeira 5.9 – O brasileiro entrou a 30 minutos do fim e acabou por ser decisivo. Fez um remate e apenas um passe para finalização, mas este acabou por ser a assistência para o golo do seu compatriota. Completou ainda as três tentativas de drible.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Bélgica permite ajuntamentos de quatro pessoas no Natal, desde que no jardim (mas só um pode ir à casa de banho)

Após semanas com números de números muito elevados, no que diz respeito a infeções e mortes por covid-19, o governo belga já tomou decisões para o Natal e permitiu o ajuntamento de quatro pessoas para …

Base militar romana encontrada em campo de milho na Sérvia

Uma equipa de arqueólogos encontrou uma base militar romana num terreno de milho na Sérvia. Os investigadores fizeram a descoberta a cerca de um metro de profundidade sob o milheiral. Os especialistas estavam a trabalhar na …

Novas tabelas do IRS. Salários e pensões até 686 euros isentos de retenção na fonte

O valor a partir do qual salários e pensões passam a descontar IRS em 2021 vai aumentar para 686 euros mensais, subindo 27 euros face ao limite de 2020, segundo as novas tabelas de retenção …

Governo não deverá proibir circulação entre concelhos a 24 e 25 de dezembro

O Governo não vai aplicar as restrições à circulação entre concelhos na véspera e dia de Natal. Esta é uma das medidas em cima da mesa que o Conselho de Ministros vai discutir esta sexta-feira. O …

IA prevê a estrutura de uma proteína e supera um dos maiores desafios da biologia

Um sistema de Inteligência Artificial desenvolvido pela DeepMind, empresa britânica detida pela Google, conseguiu superar um dos maiores desafios da biologia ao prever com precisão a estrutura de uma proteína a partir de apenas a …

Novo estado de emergência. Especialistas voltam a reunir no Infarmed, Marcelo recebe partidos

Especialistas, dirigentes dos partidos políticos e parceiros sociais voltam a reunir-se esta quinta-feira para analisar a situação epidemiológica da covid-19, em vésperas de nova renovação do estado de emergência e da decisão sobre as medidas …

A tríade Mendes-Fosun-Wolves. O quid pro quo que pode estar perto do fim

A ligação entre Jorge Mendes, a Fosun e o Wolverhampton há muito que é contestada. Agora, pode estar perto do fim graças a novos regulamentos para agentes de jogadores. As participações sociais da Gestifute S.A. e …

Greve de fome. Ljubomir Stanisic assistido no hospital, Governo desmente recusa em receber manifestantes

O chef Ljubomir Stanisic, um dos rostos do movimento "A Pão e Água" e que estava há seis dias a fazer greve de fome em frente ao parlamento, foi na quarta-feira transportado para o Hospital …

"Não tenhamos ilusões". Marcelo alerta que o processo de vacinação vai levar muitos meses

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, alertou esta quarta-feira que o processo de vacinação contra a covid-19 em Portugal vai levar "muitos meses", apelando aos portugueses para não baixarem a guarda. “Não tenhamos ilusões, …

As primeiras vacinas de combate à covid-19 exigem conservação a temperaturas negativas. A ciência explica porquê

O mês de novembro trouxe notícias encorajadoras sobre a produção de vacinas de combate à covid-19. Contudo, tanto a promissora descoberta da Moderna como a da Pfizer /BioNTech, usam uma tecnologia que obriga a que …