Boneca bluetooth que espia crianças foi proibida na Alemanha

Boneca espia CaylaA venda de uma boneca ligada à Internet, conhecida como “My Friend Cayla”, foi proibida na Alemanha. As autoridades alemãs consideram que o brinquedo pode ser usado para espiar pessoas.

A chamada “boneca espia” não se encontra à venda em lojas em Portugal, mas estava acessível aos consumidores através de plataformas online como a Amazon ou a Ebay, uma situação que levou a Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor (DECO) a alertar a Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) no passado mês de Dezembro.

As autoridades alemãs baniram agora o brinquedo das lojas e apelam aos pais para destruírem a boneca, que funciona através de uma ligação à Internet, com um microfone incorporado, tecnologias de reconhecimento de fala, que lhe permitem “conversar” com as crianças.

Segundo alguns peritos em segurança, o dispositivo de ligação bluetooth da boneca pode ser pirateado, permitindo que hackers interceptem as conversas das crianças.

Um risco para a privacidade

“A boneca Cayla foi banida na Alemanha”, refere Jochen Homann, o presidente da Bundesnetzagentur, agência federal alemã que supervisiona as telecomunicações, numa nota no site do órgão supervisor.

“Os itens que escondem câmaras ou microfones e que são capazes de transmitir um sinal e, logo, transmitir dados sem detecção, comprometem a privacidade das pessoas“, salienta Homann, frisando que isto é particularmente relevante no caso de “brinquedos de crianças”.

“Qualquer brinquedo capaz de transmitir sinais e que pode ser usado para registar imagens ou sons sem detecção está banido na Alemanha“, acrescenta este responsável.

A agência alemã acrescenta que não vai tomar quaisquer acções contra quem comprou as bonecas nas lojas e realça que “assume que os pais vão tomar a responsabilidade de garantir que a boneca não coloca nenhum risco” para os seus filhos.

A Organização Europeia do Consumidor (OEC) congratula-se com a decisão de proibir a venda do brinquedo, mas lamenta que os consumidores não sejam compensados e já anunciou que vai lutar para que recebem a indemnização devida.

Infracções graves aos direitos das crianças

As preocupações da DECO e de outras organizações europeias de consumidores, bem como de congéneres norte-americanas, surgiram no seguimento de um estudo do Conselho Norueguês do Consumidor, que analisou as características técnicas de brinquedos ligados à Internet e os termos e condições das suas aplicações.

Os resultados do estudo provaram infracções graves aos direitos das crianças, nomeadamente no que respeita à privacidade dos dados pessoais, porque as crianças ao interagirem com os brinquedos poderão partilhar informações pessoais, ou seja, dados que são sigilosos.

Segundo a OEC, este caso ilustra a notória falta de legislação comunitária actualizada para proteger eficazmente os consumidores das práticas comerciais desleais e de novas violações da segurança e privacidade que estão a surgir através deste tipo de produtos.

“Se brinquedos ligados à Internet, como esta boneca falante, podem ser usados para espiar ou conversar com as crianças, devem ser banidos”, salienta a directora geral da OEC, Monique Goyens.

Esta responsável refere que a “Cayla ilustra como os consumidores estão desprotegidos num mundo cada vez mais” online e recomenda os outros países da União Europeia (UE) a seguirem “o exemplo do regulador alemão” no sentido de “banir este produto do mercado”.

Monique Goyens alerta que “este não é um caso isolado” e que “muitos destes produtos ligados à Internet estão a ser vendidos a consumidores da UE”.

Goyens conclui assim que a legislação da UE não é suficiente para os desafios da era digital e apela aos responsáveis pelas leis europeias de produtos para a importância de uma actualização para responder a ameaças como os ‘hackers’, a fraude de dados ou a espionagem.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrada a primeira prova de experimentação cirúrgica num animal

O crânio de uma vaca do período Neolítico é agora considerado como a primeira evidência de experimentação cirúrgica num animal. Há mais de 30 anos, foi encontrado o crânio de uma vaca num sítio arqueológico do …

Estoril vs Benfica | Salvio em cima do gongo

O Benfica arrancou um suado triunfo por 2-1 na visita ao Estoril Praia. A formação benfiquista marcou primeiro, foi superior no primeiro tempo, mas no segundo, os “canarinhos” deram a volta ao texto e justificaram …

Cientistas criam "tatuagem biomédica" para detetar vários tipos de cancro

Cientistas suíços desenvolveram uma "tatuagem biomédica" que escurece quando deteta mudanças no corpo que podem indicar a presença de cancro. Os investigadores do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH), na Suíça, desenvolveram uma "tatuagem biomédica" …

Vinho tinto e frutos vermelhos podem prevenir doenças mentais

As substâncias presentes nos frutos vermelhos e no vinho tinto podem contribuir para a prevenção da depressão e doenças neurodegenerativas. Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis) descobriram que as substâncias …

Karl Lagerfeld: "Se não querem que vos baixem as calças, não sejam modelos"

O designer não ficou calado e fez declarações sobre queixas de assédio sexual na indústria do cinema e da moda à revista francesa Número Magazine. Karl Lagerfeld, designer de moda e responsável pela Fendi e Chanel, …

Descobertas acidentalmente ossadas humanas com mil anos enterradas duas vezes

Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico Nacional do México descobriu restos mortais de antigos indígenas que datam do ano de 1100 d.C.. Fósseis humanos com cerca de mil anos foram encontrados na praia de El …

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …