Boneca bluetooth que espia crianças foi proibida na Alemanha

Boneca espia CaylaA venda de uma boneca ligada à Internet, conhecida como “My Friend Cayla”, foi proibida na Alemanha. As autoridades alemãs consideram que o brinquedo pode ser usado para espiar pessoas.

A chamada “boneca espia” não se encontra à venda em lojas em Portugal, mas estava acessível aos consumidores através de plataformas online como a Amazon ou a Ebay, uma situação que levou a Associação Portuguesa de Defesa do Consumidor (DECO) a alertar a Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) no passado mês de Dezembro.

As autoridades alemãs baniram agora o brinquedo das lojas e apelam aos pais para destruírem a boneca, que funciona através de uma ligação à Internet, com um microfone incorporado, tecnologias de reconhecimento de fala, que lhe permitem “conversar” com as crianças.

Segundo alguns peritos em segurança, o dispositivo de ligação bluetooth da boneca pode ser pirateado, permitindo que hackers interceptem as conversas das crianças.

Um risco para a privacidade

“A boneca Cayla foi banida na Alemanha”, refere Jochen Homann, o presidente da Bundesnetzagentur, agência federal alemã que supervisiona as telecomunicações, numa nota no site do órgão supervisor.

“Os itens que escondem câmaras ou microfones e que são capazes de transmitir um sinal e, logo, transmitir dados sem detecção, comprometem a privacidade das pessoas“, salienta Homann, frisando que isto é particularmente relevante no caso de “brinquedos de crianças”.

“Qualquer brinquedo capaz de transmitir sinais e que pode ser usado para registar imagens ou sons sem detecção está banido na Alemanha“, acrescenta este responsável.

A agência alemã acrescenta que não vai tomar quaisquer acções contra quem comprou as bonecas nas lojas e realça que “assume que os pais vão tomar a responsabilidade de garantir que a boneca não coloca nenhum risco” para os seus filhos.

A Organização Europeia do Consumidor (OEC) congratula-se com a decisão de proibir a venda do brinquedo, mas lamenta que os consumidores não sejam compensados e já anunciou que vai lutar para que recebem a indemnização devida.

Infracções graves aos direitos das crianças

As preocupações da DECO e de outras organizações europeias de consumidores, bem como de congéneres norte-americanas, surgiram no seguimento de um estudo do Conselho Norueguês do Consumidor, que analisou as características técnicas de brinquedos ligados à Internet e os termos e condições das suas aplicações.

Os resultados do estudo provaram infracções graves aos direitos das crianças, nomeadamente no que respeita à privacidade dos dados pessoais, porque as crianças ao interagirem com os brinquedos poderão partilhar informações pessoais, ou seja, dados que são sigilosos.

Segundo a OEC, este caso ilustra a notória falta de legislação comunitária actualizada para proteger eficazmente os consumidores das práticas comerciais desleais e de novas violações da segurança e privacidade que estão a surgir através deste tipo de produtos.

“Se brinquedos ligados à Internet, como esta boneca falante, podem ser usados para espiar ou conversar com as crianças, devem ser banidos”, salienta a directora geral da OEC, Monique Goyens.

Esta responsável refere que a “Cayla ilustra como os consumidores estão desprotegidos num mundo cada vez mais” online e recomenda os outros países da União Europeia (UE) a seguirem “o exemplo do regulador alemão” no sentido de “banir este produto do mercado”.

Monique Goyens alerta que “este não é um caso isolado” e que “muitos destes produtos ligados à Internet estão a ser vendidos a consumidores da UE”.

Goyens conclui assim que a legislação da UE não é suficiente para os desafios da era digital e apela aos responsáveis pelas leis europeias de produtos para a importância de uma actualização para responder a ameaças como os ‘hackers’, a fraude de dados ou a espionagem.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Marques Vidal diz que hipótese de recondução nunca lhe foi colocada

Joana Marques Vidal, atual procuradora geral da República, disse nesta sexta-feira que a hipótese de recondução para um novo mandato nunca lhe foi colocada, revelando ainda que só soube da decisão ontem à noite. Em reação …

Universidade de Lisboa vai ter de devolver milhares em propinas de bolseiros

A Universidade de Lisboa vai ter de devolver milhares de euros em propinas cobradas ao longo de dois anos a estudantes de doutoramento que tinham uma bolsa de estudo atribuída pela instituição de ensino. A Universidade …

94 mortos e dezenas de desaparecidos em naufrágio na Tanzânia

Pelo menos 94 pessoas morreram num naufrágio de uma embarcação, na Tanzânia, que transportava cerca de 400 pessoa. O balanço inicial dava conta de 79 mortes e dezenas de desaparecidos. De acordo com as equipas de …

Nem extraterrestres, nem espiões. FBI explica porque encerrou Observatório Solar

O Observatório Solar do Novo México, nos EUA, esteve encerrado durante 11 dias, sem se saber porquê. Depois dos rumores de extraterrestres ou de espionagem, descobre-se que, afinal, o fecho se deveu a uma investigação do …

Finanças confirmam fim da proibição dos prémios de desempenho

O Governo confirmou que vai eliminar no Orçamento do Estado para 2019 algumas normas para a função pública, como a proibição de atribuir prémios de desempenho ou a possibilidade de progressões na carreira por opção …

Taxista mantêm protesto até reunião em Belém. "Resistir, resistir, resistir"

As duas faixas 'Bus' da Avenida da Liberdade, em Lisboa, continuavam esta sexta-feira de manhã, pelo terceiro dia consecutivo, preenchidas com táxis em protesto contra a entrada em vigor da lei que regula as plataformas …

Criatura "alienígena" encontrada numa praia na Nova Zelândia

Uma família neozelandesa passeava ao longo de uma praia no norte de Auckland quando encontraram uma bizarra criatura em forma de bolha e vermelha. A criatura, que acabou por ser identificada como uma espécie específica de …

Presidente do Vietname morreu aos 61 anos

O Presidente do Vietname, Tran Dai Quang, figura conservadora do regime comunista, morreu esta sexta-feira aos 61 anos vítima de doença prolongada, informou a agência estatal de notícias VNA. “O presidente Tran Dai morreu no hospital …

Passos Coelho diz que faltou "decência" para justificar saída de Joana Marques Vidal

O ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho disse que faltou "decência" para "assumir com transparência" os motivos que levaram à substituição de Joana Marques Vidal como procuradora-geral da República (PGR). “Nestes anos de mandato, que a Constituição determina …

Fazer omeletes sem ovos. O futuro da alimentação tem uma mão portuguesa

Há quem lhe chame carne artificial, carne celular ou até carne de laboratório, mas a verdade é que este tipo de carnes sintetizadas estão cada vez mais perto de se tornarem uma realidade na nossa …