Bombeiros “em falência” exigem que Estado pague dívidas de 44 milhões de euros

Nuno André Ferreira / Lusa

Bombeiros tentam combater o fogo em São Pedro do Sul, Viseu

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, diz que as corporações de bombeiros estão “em falência técnica” e reclama ao Estado o pagamento de 44 milhões de euros em dívidas.

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) aponta para a situação financeira das corporações de bombeiros e garante que estão “à beira do colapso” devido aos “elevados custos” que têm assumido desde o início da pandemia.

O presidente da LPB, Jaime Marta Soares, alerta para “a falta de compensação financeira por parte do Ministério da Saúde, que não tem ajustado o necessário acréscimo de custos dos equipamentos de proteção individual”. Além disso, diz que ninguém quer assumir o pagamento da retirada de idosos de lares de terceira idade.

Apesar do apoio financeiro às associações humanitárias aprovado pela Assembleia da República, a Liga entende que está “no horizonte um ano ainda mais difícil” devido ao “fraco financiamento” proposto pelo Governo no Orçamento do Estado para 2021.

A LPB argumenta que o Governo está a “cavar a sepultura” das corporações de bombeiros e que o socorro às populações pode ficar em causa por falta de financiamento.

Citado pelo Jornal de Notícias, a LPB acusa o Governo de “não assumir as responsabilidades” e contribuir para a “falência técnica” em que se encontra a “maioria das associações humanitárias”. Jaime Marta Soares reclama o pagamento de 44 milhões de euros em dívidas.

Em causa estão sete milhões de euros do Orçamento Suplementar, 25 milhões de dívida pelo transporte de doentes e “cerca de 12 milhões” para compensar as despesas extraordinárias com os incêndios. “E tudo o que disserem abaixo desses valores é mentira. Uma coisa é a dívida que os ministérios conferem, outra é a dívida real”, acusa Jaime Marta Soares.

De facto, em resposta, os ministérios da Administração Interna e da Saúde não apresentam os mesmos valores do que os bombeiros.

Segundo o Ministério da Administração Interna, as despesas extraordinárias derivadas dos incêndios representam 6,5 milhões de euros, sendo que meio milhão já foi regularizado. Assim, “há 4,8 milhões em condições de serem pagos e 1,2 milhões não estão devidamente fundamentados”.

Por sua vez, o Ministério da Saúde assume uma dívida acumulada de 8,4 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O ESTADO SOMOS NÓS TODOS CONTRIBUINTES:………Au sair de Casa, hoje de manhã, a minha porta estava uma multitude de gente de mão estendida. Gente conhecida, O Sr. Novo Banco, o Sr. TAP, o Sr. CGD, O Sr. Marta Soares, o Sr. SNS, outras tantas Associações e Corporações. Só tinha Cinco € e vinte cts, portanto fui educado e acabei por cumprimentar a todos “higienicamente” com cotoveladas, mascar e tudo !….mas por os vistos não era isso que todos Eles esperavam !

RESPONDER

Há uma nova explicação para o facto de bebés amamentados terem sistemas imunitários mais saudáveis

Um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriu que o leite materno promove o crescimento de importantes células imunitárias que ajudam a controlar eventuais inflamações. De acordo com o site …

PS diz que Marcelo deve vitória aos socialistas (e cobra-lhe apoio em tempos difíceis)

"A democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado". É desta forma que o presidente do PS, Carlos César, comenta os resultados das eleições presidenciais ganhas por Marcelo Rebelo de Sousa, …

"Liberdade para a Dinamarca". Novos incidentes em manifestação contra restrições

Uma manifestação contra as restrições impostas para conter a pandemia, organizada por um grupo radical, em Copenhaga, originou novos incidentes na noite de sábado e resultou em cinco detenções, relataram a polícia e os meios …

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …

Multimilionário oferece 1 milhão em prémios por evidências de vida após a morte

Um empresário de Las Vegas, nos Estados Unidos, está a oferecer um milhão de dólares em prémios em troca de evidências de que existe vida após a morte. O investidor imobiliário e empresário espacial Robert Bigelow, …

Marcelo reeleito com 55% a 62% dos votos. Ana Gomes em segundo lugar

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República, após vencer as eleições deste domingo com 55% a 62% dos votos.  Segundo as primeiras projeções, Ana Gomes deverá ficar em …

Itália vai processar Pfizer e AstraZeneca devido a atrasos nas vacinas. UE pede "transparência"

A Itália vai processar a Pfizer Inc e a AstraZeneca devido aos atrasos na entrega das vacinas contra a covid-19 e para garantir os fornecimentos – não para obter compensações, disse neste domingo o ministro …

Declínio cognitivo relacionado com a idade pode ser reversível

Cientistas conseguiram reverter em ratos o declínio cognitivo causado pelo envelhecimento. O objetivo dos investigadores é que as farmacêuticas baseiem-se neste estudo para criar um composto que possa ser administrado em humanos. As células específicas do …

Afluência às urnas é menor (mas há mais votantes). Abstenção deverá ficar entre os 56 e 60%

A afluência às urnas às 16:00 nas presidenciais de hoje em Portugal, 35,4%, é a segunda mais baixa desde as eleições de 2006, ano em que este número passou a ser divulgado pela administração eleitoral. Esta …