Bloco quer “dia mensal sem carros” no Porto

O Bloco de Esquerda quer proibir o trânsito automóvel num domingo por mês. A proposta vai ser levada a votação esta quarta-feira à noite em Assembleia Municipal extraordinária.

O Bloco de Esquerda quer o “dia mensal sem carros” que consiste em proibir o trânsito automóvel, num domingo por mês, em algumas ruas da cidade do Porto. A proposta vai ser votada esta quarta-feira à noite em Assembleia Municipal extraordinária e inclui a adesão da cidade ao dia mundial sem carros, a 22 de setembro, e a participação na Semana Europeia da Mobilidade.

Em 2018, mais de 2500 municípios aderiram à semana da mobilidade, mas o Porto não se juntou às 88 cidades que participaram no evento. Para o grupo municipal do Bloco de Esquerda, esta decisão “dificilmente se percebe”. Este anos, os bloquistas sugerem a realização de “ciclo-oficinas e outras atividades nas principais praças da cidade”, sob o mote “caminhar e pedalar em segurança”.

Para mudar, “não basta ter um pelouro do Ambiente, é preciso que as questões ambientais enformem as políticas de outros pelouros, como o urbanismo, a mobilidade, o turismo ou a proteção civil”, sublinham os bloquistas, citados pelo jornal Público.

Num inquérito publicado no verão passado, concluiu-se que o automóvel continua a ser o principal modo de transporte nas deslocações dentro da Área Metropolitana do Porto, sendo que o transporte público continua a ser utilizado apenas por quem não tem alternativa.

Custos sociais, como a sinistralidade rodoviária” e “impactos muito negativos no ambiente e na saúde pública” são alguns dos argumentos do Bloco de Esquerda, que cita ainda estudos científicos que “relacionam a emissão de gases poluentes e partículas com a incidência de doenças respiratórias e cardiovasculares em sectores da população do Porto”.

Apesar de terem começado a surgir alguns sinais de mudança, é preciso fazer mais. “As cidades com futuro serão apenas aquelas que desenvolvam políticas de proteção da qualidade do ar, de mitigação das alterações climáticas e da redução do ruído”, rematam.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O maior impacto ambiental é esse partido…. porcaria a mais já temos…. quanto mais leis, mais desastres… Sempre ouvi dizer que uma vaca faz muita merd@… imagino se forem duzentas!!!!!!!!!! Será que querem impor um regime “democrático” à Kim Jong Un?!!!!!!! Esses ditos “bichos automóveis”, parecem ser realmente raríssimos pelas estradas desse país…..!!!!

RESPONDER

Um medicamento comum utilizado para tratar a diarreia pode ajudar a combater células cancerígenas agressivas

Um fármaco comum prescrito para tratar a diarreia pode ajudar a combater um tipo agressivo de cancro cerebral (glioblastoma), sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade de Frankfurt, na Alemanha. Em causa está …

"Bola de fogo" cruzou o céu sobre o Mediterrâneo a 105 mil quilómetros por hora

Uma "bola de fogo" atravessou o mar Mediterrâneo e o norte de Marrocos na noite de quarta-feira, a 105.000 quilómetros por hora. A bola de fogo foi observada por um projeto científico espanhol a uma velocidade …

Duterte rejeita que a filha o vá suceder na liderança das Filipinas. "Isto não é para mulheres"

O líder das Filipinas, Rodrigo Duterte, descartou, na quarta-feira, a hipótese de a filha o vir a suceder no próximo ano, acrescentando que a presidência não é tarefa para uma mulher por causa das …

"Uma memória a flutuar no oceano." Encontrada, dois anos depois, uma mensagem numa garrafa

Uma mensagem no interior de uma garrafa sobreviveu a uma viagem de dois anos pelo oceano. Recentemente, chegou às mãos de um ativista ecológico, enquanto limpava uma praia da Papua Nova Guiné. Em novembro do ano …

As células imortais de Henrietta Lacks revolucionaram a Ciência

O ano de 1951 foi muito importante no campo da biotecnologia e, surpreendentemente, tudo começou com a chegada de Henrietta Lacks a um hospital norte-americano. Descendente de escravos, Loretta Pleasant nasceu a 1 de agosto de …

Humanidade não será capaz de controlar máquinas superinteligentes, avisam cientistas

Uma equipa de investigadores do Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano sugere que seria impossível controlar máquinas superinteligentes. A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) continua a evoluir de vento em popa, enquanto alguns cientistas e …

Em 1950, a vacinação em massa salvou a Escócia

Em 1950, Glasgow, na Escócia, viu-se a braços com um surto de varíola e o cenário era muito semelhante ao que vivemos hoje: as autoridades sanitárias tentavam rastrear todos os contactos de pessoas portadoras do vírus, …

Japonês aluga-se a si próprio "para não fazer nada". E tem milhares de clientes

Um homem japonês que ganha a vida a alugar-se a si próprio “para não fazer nada” atraiu milhares de clientes. O negócio começou em 2018. Por 10.000 ienes (cerca de 79 euros) - mais despesas com …

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …

Há 11 anos que não se consumia tanta eletricidade num só dia. A culpa é do frio

O país está a bater recordes de energia, tanto em termos de pico como de consumo diário. A culpa é da vaga de frio que assolou Portugal neste Inverno. O consumo de eletricidade bateu, na quarta-feira, …