Bill Gates nega teorias da conspiração que o acusam de causar a pandemia. “Acredito que a verdade será reconhecida”

O milionário norte-americano Bill Gates rejeitou na quinta-feira teorias de conspiração difundidas nas redes sociais que o acusam de estar por detrás da pandemia de covid-19 ou de tentar controlar o mundo através de vacinas.

“É uma má combinação de pandemia, redes sociais e pessoas à procura de explicações simples”, disse à cadeia de televisão CNN, citado pela agência Lusa. Desde o início da pandemia, equipas de “verificação de factos” da agência AFP demonstraram a falsidade de rumores sobre Bill Gates, em várias línguas e redes sociais, do Facebook ao Instagram.

Um vídeo que acusa Bill Gates de querer “eliminar 15% da população” através da vacinação da população já foi visto milhões de vezes no YouTube, e falsos artigos de imprensa e fotografias manipuladas tornaram-se virais nas redes sociais.

Em maio, durante uma conversa virtual com jornalistas sobre a luta contra a desinformação em tempos da covid-19, a porta-voz do Parlamento Europeu, Delphine Colard, contou que uma rádio belga difundiu teorias segundo as quais a pandemia foi criada por Bill Gates “para implantar ‘microships’ e controlar a população”.

No início de abril, várias publicações que se tornaram virais na África Ocidental alegavam que sete crianças tinham morrido no Senegal após terem recebido a “vacina Bill Gates”, um boato com origem numa piada de um comerciante de cosméticos nos arredores de Dakar, segundo a AFP.

Noutro vídeo partilhado na Costa do Marfim, também analisado pela agência noticiosa, uma mulher que se apresentava como enfermeira afirmou que os centros de rastreio seriam utilizados para vacinar a população por via nasal, sem o seu conhecimento – isto apesar de não existir uma vacina contra a doença provocada pelo novo coronavírus.

“A nossa fundação deu mais dinheiro do que qualquer outro grupo para comprar vacinas que salvam vidas”, disse Bill Gates, afirmando esperar que estas teorias da conspiração não tornem as pessoas resistentes à vacina, quando esta for desenvolvida.

O filantropo atribuiu 250 milhões de dólares (cerca de 215 milhões de euros) ao combate da pandemia e a sua fundação investiu milhares de milhões de dólares nos últimos 20 anos no desenvolvimento de sistemas de saúde nos países mais pobres.

Bill Gates, que apelou à distribuição de medicamentos e vacinas a quem deles necessita, é acusado pelos autores das teorias de conspiração de explorar a crise para “controlar as pessoas”, mas também de ter um plano de envenenamento em massa em África. Noutras teorias alega-se que foi questionado pelo FBI por “terrorismo biológico”.

“Acredito profundamente que a verdade será reconhecida” e estas teorias da conspiração desmontadas, disse o multimilionário, um dos alvos favoritos dos autores de teorias da conspiração, que propõem as mais loucas explicações para a pandemia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

TAP. Bruxelas reconhece importância de salvar companhia mas sem distorcer concorrência

A Comissão Europeia reconhece a importância de o Estado português salvar a TAP, mas receia que o auxílio de 3.200 milhões à reestruturação viole as regras de concorrência e duvida que o mesmo garanta de …

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …

Jogos Olímpicos: "Não temos naturalizados, não somos o Qatar"

Selecionador da seleção de andebol do Bahrein, que afastou Portugal dos quartos-de-final, lembra que muitos dos jogadores apurados são amadores. Portugal com dois pontos, Bahrein com dois pontos, Japão com dois pontos. Na diferença entre golos …

"Não acredito neste tempo! Não pode ser! Não pode ser!" - recorde mundial incrível em Tóquio

Adam Gemili protagonizou o momento mais dramático da manhã em Tóquio, mas o destaque vai para o incrível recorde mundial nos 400 metros barreiras. "Bem, não acredito neste tempo! Não é possível! 45.94! Não pode ser! …