Benfica vence Zenit na Rússia e segue para os “quartos” da Champions

Isabel Cutileiro / SL Benfica

Um Benfica tão desfalcado como personalizado garantiu hoje em São Petersburgo o apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões em futebol, com um triunfo por 2-1 face ao Zenit, selado com dois golos no final.

O ex-portista Hulk ainda ‘anulou’, aos 69 minutos, o tento com que Jonas tinha dado vantagem aos ‘encarnados’ na Luz, mas, Gaitán, aos 85, após potente remate de Raúl Jiménez à barra, e Talisca, aos 90+5, apuraram os ‘encarnados’.

Quatro dias após o triunfo por 1-0 em Alvalade, sobre o Sporting, que valeu a liderança da I Liga, o Benfica somou, assim, a quarta presença nos ‘quartos’ da ‘Champions’, repetindo 1994/95, 2005/06 e 2011/12.

A formação ‘encarnada’ fez história e conseguiu-o muito desfalcado, no setor recuado: faltaram Júlio César, três centrais (Luisão, Jardel e Lisandro López) e André Almeida, mas o coletivo tudo superou, o que tem, aliás, sido um hábito na primeira época sob o comando de Rui Vitória.

A inédita dupla de centrais composta por Lindelöf e o adaptado Samaris esteve impecável, tal como o regressado Fejsa em frente da defesa, ao lado do ‘inesgotável’ Renato Sanches, e quando tudo falhou, lá atrás, Ederson resolveu.

No ataque, a dupla Jonas / Mitroglou ficou a ‘zero’, mas o ‘capitão’ Gaitán resolveu, com a ajuda dos suplentes Raúl Jiménez, decisivo no primeiro golo, e Talisca, que entrou nos descontos para selar a ‘simbólica’ vitória.

No ‘top 8’ da Liga dos Campeões, o Benfica aguardará agora que a ‘estrelinha’ o acompanhe e possa encontrar, por exemplo, o Wolfsburgo, para poder sonhar com a primeira presença nas ‘meias’, que, antes, AC Milan (1994/95), FC Barcelona (2005/06) e Chelsea (2011/12) não permitiram.

Sem os lesionados e castigados, Rui Vitória fez entrar no ‘onze’ Ederson, Nelson Semedo e Fejsa e recuou Samaris para o centro da defesa.

Assim, o Benfica entrou com Nelson Semedo, Samaris, Lindelöf e Eliseu, à frente de Ederson, um meio campo com Fejsa e Renato Sanches, ao meio, e Pizzi e Gaitán, nos extremos, e um ataque com Jonas nas costas de Mitroglou.

Por seu lado, André Villas-Boas mudou quatro ‘peças’, trocando os castigados Criscito e Javi Garcia por Zhirkov e Maurício e ainda Garay e Shatov, relegados para o banco, por Luís Neto e Kokorin.

A formação ‘encarnada’ entrou personalizada, recusando-se a entregar o comando do encontro ao adversário e foi a primeira equipa a criar perigo, num livre de Jonas que Lodygin desviou para canto, aos cinco minutos.

A resposta veio de Dzuyba, aos sete, com um remate pouco ao lado do poste esquerdo, depois de assistência de Danny, o homem que pautava todo o jogo dos russos.

O equilíbrio continuou a marcar a primeira parte, com Jonas (13 minutos), Renato Sanches (20), que falhou o alvo por muito pouco, e Nelson Semedo (31) a rematarem de fora da área com perigo, enquanto, do outro lado, Dzyuba viu as suas intenções anuladas por Ederson (27), com saída arrojada, e Eliseu (31).

O Zenit reentrou melhor, mas só se tornou mais forte depois das entradas de Shatov e, sobretudo, de Smolnikov, que apareceu com muito perigo à entrada da pequena área, aos 60 minutos, mas rematou fraco para Ederson segurar.

Pouco depois, aos 62 minutos, foi novamente Dzyuba a criar muito perigo, mas, desta vez, com resposta pronta do Benfica, aos 63: Pizzi isolou Jonas com um passe de cabeça, mas o brasileiro rematou contra Lodygin.

Já com Jiménez em vez de Mitroglou, o Zenit adiantou-se aos 69 minutos: Zhirkov fugiu pela esquerda, depois de aparente falta sobre Nelson Semedo, e, com inteligência, esperou pela hora certa e cruzou para Hulk marcar de cabeça.

A eliminatória ficou igualada e o jogo acalmou, mas ficou mais ‘partido’, com Lindelöf a ameaçar a igualdade aos 72 minutos, num cabeceamento, após canto de Gaitán. O guarda-redes Lodygin voltou a não o permitir.

Aos 81 minutos, o Zenit teve a oportunidade de marcar o segundo golo, com o ‘gigante’ Dzyuba a ‘furar’ toda a defesa ‘encarnada’ e a ficar na ‘cara’ de Ederson, que, mais uma vez, saiu muito bem dos postes e defendeu.

Os russos não marcaram e, aos 85 minutos, o Benfica acabou com a eliminatória: Jiménez rematou muito forte, de muito longe, Lodygin fez mais uma grande defesa, desviando para a barra, mas, na recarga, Gaitán foi o primeiro a chegar e limitou-se a encostar de cabeça.

Com tudo praticamente resolvido, o Zenit ainda assustou, por Hulk e Danny, mas foi a formação ‘encarnada’ que ainda chegou ao triunfo, na última jogada, por intermédio de Talisca, após grande trabalho individual.

Futebol365

PARTILHAR

RESPONDER

Suécia pondera alterar estratégia e aplicar medidas mais drásticas em Estocolmo

Depois de um grande aumento de casos na capital do país durante a última semana, as autoridades suecas ponderam alterar toda a sua estratégia de combate à pandemia e adotar novas medidas. A Europa foi considerada …

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …