Benfica vai avançar com ações contra divulgação de emails

José Sena Goulão / Lusa

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

O Benfica anunciou que vai responsabilizar judicialmente quem aceder e divulgar os seus emails confidenciais, denunciado que a inoperância das autoridades competentes provocou um sentimento de impunidade.

Na última semana, foram colocados online inúmeros emails, nomeadamente de Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD benfiquista, e Pedro Guerra, comentador afeto ao Benfica e antigo diretor de conteúdos da BTV, depois de várias mensagens de correio eletrónico já terem sido divulgadas pelo diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques.

Em comunicado, a SAD do Benfica sublinhou estar a ser “alvo de múltiplas ofensas ao seu bom-nome e ao seu prestígio, através de imputações falsas que afetam, de modo grave, o crédito e a consideração que lhes são devidos, enquanto projeto social, cultural, desportivo e económico sustentável, de dimensão internacional”.

“Tais ofensas consubstanciam a prática de ilícito criminal previsto e punido pela lei portuguesa” e, ainda de acordo com o clube, revelam “a intenção torpe de expor, publicamente, informação confidencial do Sport Lisboa e Benfica e dados pessoais de terceiros e, ainda, de condicionar, não apenas o normal desenrolar da competição desportiva, mas também e, mais grave, a atuação firme e eficaz das próprias autoridades policiais e judiciais”.

A SAD do clube lisboeta recorda as ações judiciais desencadeadas em julho último, após as primeiras divulgações do responsável ‘azul e branco’, assinalando que “nenhuma das medidas cautelares e/ou de polícia requeridas pelo Sport Lisboa e Benfica foi tomada pelas autoridades competentes”.

“Essa omissão resultou num total sentimento de impunidade, o qual culminou no recente ataque criminoso, anónimo e cobarde, concretizado na divulgação através das redes sociais de dados pessoais e institucionais do Sport Lisboa e Benfica, desde endereços eletrónicos e respetivas palavras-passe, até ao conteúdo de mensagens de correio eletrónico trocadas entre funcionários”, prossegue o comunicado, assinalando que este “ataque” é também uma afronta ao “Estado de direito democrático, que não pode passar em claro a nenhuma autoridade pública, seja ao nível federativo, governamental ou judiciário”.

Nesse sentido, o Benfica assegura que vai “continuar a tomar todas as medidas e encetará todas as diligências, judiciais e extrajudiciais, com vista ao apuramento da responsabilidade dos autores destes crimes”, alargando-a “a todos os outros que a continuam a difundir e que obtenham e mantenham na sua posse essa mesma informação”.

“Assim, o Sport Lisboa e Benfica declara, para todos os efeitos legais, que irá responsabilizar todos aqueles que continuam a difundir informação confidencial sua e, ainda, aqueles que, através das hiperligações já publicadas ou outras que venham a ser publicadas, obtenham e acedam ao conteúdo dessa informação confidencial”, rematou o emblema das ‘águias’.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …