Benfica gastou 24 milhões por cada título dos últimos 10 anos

Jose Sena Goulao / Lusa

Que clube arrecadou maior receita com a venda de jogadores nos últimos 10 anos? Que título ficou mais barato? E que clube gastou mais por cada título conquistado na última década? A GoalPoint fez as contas.

A História da Liga portuguesa parece viver uma fase de mudança.

Após cerca de três décadas de domínio hegemónico do FC Porto, com expressão nacional e internacional, as últimas épocas (em especial a última) parecem anunciar uma nova fase do futebol português, resta saber se igualmente hegemónica ou de sucesso mais partilhado.

O Benfica é tricampeão, ameaçando assumir o estatuto que outrora foi propriedade do “dragão” que não só perdeu a liderança como foi ultrapassado pelo Sporting, na hora de pesar quem concorre pelos títulos de forma mais directa, já na última época.

Nesta perspectiva, e tendo em conta a ideia generalizada de que o sucesso se compra com investimento forte, olhámos para as “contas” das equipas portuguesas que conquistaram títulos, internos e externos, na última década (entre a temporada 2005/06 e 2015/16), respondendo de forma rápida às seguintes questões:

  • Quanto gastaram em aquisições?
  • Quanto “facturaram” em vendas?
  • Quantos títulos venceram durante o período em análise?
  • Que indicadores curiosos podemos comparar?

Avançamos agora para o ranking, clube a clube, ordenado por total de investimento em aquisições.

Nota metodológica: Nesta análise as supertaças são consideradas na época em que cronologicamente são conquistadas e não na época que dá origem ao direito de as disputar.

 

7 Vitória de Setúbal

1 Taça da Liga

Total de compras (2006/16): 0,6M Euros O que investiu menos
Total de vendas (2006/16): 7,4M Euros
Resultado líquido: + 6,8M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 1
Investimento por troféu conquistado: 0,6M Euros O que pagou menos por troféu
Vendas por troféu conquistado: 7,4M Euros
Resultado líquido por época: + 0,7M Euros

 

6 Académica de Coimbra

1 Taça de Portugal

Total de compras (2006/16): 2,1M Euros
Total de vendas (2006/16): 11,2M Euros
Resultado líquido: + 9,1M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 1
Investimento por troféu conquistado: 2,1M Euros
Vendas por troféu conquistado: 11,2M Euros
Resultado líquido por época: 0,9M Euros

 

5 Vitória de Guimarães

1 Taça de Portugal

Total de compras (2006/16): 7,5M Euros
Total de vendas (2006/16): 44,1M Euros
Resultado líquido: 36,6M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 1
Investimento por troféu conquistado: 7,5M Euros
Vendas por troféu conquistado: 44,1M Euros
Resultado líquido por época: 3,7M Euros

 

4 SC Braga

1 Taça de Portugal
1 Taça da Liga

Total de compras (2006/16): 38,2M Euros
Total de vendas (2006/16): 98,5M Euros
Resultado líquido: 60,3M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 2
Investimento por troféu conquistado: 19,1M Euros
Vendas por troféu conquistado: 49,2M Euros O que vendeu mais por título
Resultado líquido por época: 6,0M Euros

José Sena Goulão / Lusa

-

3 Sporting CP

3 Taças de Portugal
3 Supertaças

Total de compras (2006/16): 126,2M Euros
Total de vendas (2006/16): 171M Euros
Resultado líquido: 44,9M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 6
Investimento por troféu conquistado: 21,0M Euros
Vendas por troféu conquistado: 28,5M Euros
Resultado líquido por época: 4,5M Euros

Paulo Novais / Lusa

-

2 SL Benfica

4 Ligas
1 Taça de Portugal
2 Supertaças
7 Taças da Liga

Total de compras (2006/16): 338,2M Euros
Total de vendas (2006/16): 537,9M Euros
Resultado líquido: 199,7M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 14
Investimento por troféu conquistado: 24,2M Euros O que pagou mais por troféu
Vendas por troféu conquistado: 38,4M Euros
Resultado líquido por época: 20,0M Euros

 

d.r. FCPorto / Facebook

1 FC Porto

7 Ligas
1 Liga Europa
4 Taça de Portugal
6 Supertaças

Total de compras (2006/16): 340,5M Euros
Total de vendas (2006/16): 741,9M Euros O que vendeu mais
Resultado líquido: 401,5M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 18 O que ganhou mais
Investimento por troféu conquistado: 18,9M Euros
Vendas por troféu conquistado: 41,2M Euros
Resultado líquido por época: 40,1M Euros O que teve melhor saldo

 

Conclusões?

As eventuais conclusões deixamos para si, mas há algo que salta à vista:  há um vencedor claro de entre os “três grandes”.

O FC Porto não só conquistou mais títulos que a concorrência, fê-lo gastando bastante, mas pouco mais, por exemplo, que o Benfica, pelo que o investimento médio por título não só esta dentro da média como nem é o mais elevado (o do Benfica é superior).

Se atentarmos ao que o FC Porto vendeu, então o resultado líquido em comparação com o que conquistou é deveras assinalável.

Ganhar mais e com o dobro do “lucro” na comparação com o mais directo rival não é para qualquer um, para mais se levarmos em conta que a perda da hegemonia já dura há três das dez épocas em análise.

De resto, de notar que o custo médio por título nos casos de vencedores mais regulares (com mais do que um troféu nos últimos dez anos) ronda os 20 milhões.

Será este um número mágico?

GoalPoint

6 COMENTÁRIOS

  1. Teria sido interessante juntar a esta análise o valor do “passivo do clube”.
    E por exemplo comparar o passivo do Sporting, que vendeu 170 milhões, com o passivo do FC Porto, que vendeu 742.

  2. Após uma análise rápida, o titulo do artigo fala nos últimos 10 anos e constata-se que afinal, há um clube que é analisado nos últimos 11 (FCP). Parece fácil adivinhar que 7 Ligas (FCP) + 4 Ligas (SLB) não dá 10 anos…
    É de propósito?
    Se calhar a receita caia e os rácios já não davam jeito ao FCP…
    É triste!

  3. Factos são factos, estatísticas são estatísticas, realidades são realidades.
    Mas:
    Em Portugal quem ganha é sempre o mesmo.
    Tanto faz ganhar como perder, as honras de imprensa em geral. São sempre para esse clube. Não é necessário dizer qual.
    Como bem dizem o SUCESSO SE COMPRA, pois é. O sucesso e não só. Só não vê, quem não quer, quem é na realidade beneficiado. Mas os adeptos do futebol, só vêm o clube deles.
    Não há equipas no mundo que consigam ganhar sempre, por mais poderosas que sejam, embora as equipas de grande renome mundial, serem sempre beneficiadas pela imprensa e pelas arbitragens. Isto é um facto.
    Claro que as equipas mais pequenas entram sempre prejudicadas com as equipas chamadas grandes, são menos faladas e raramente beneficiadas pelos senhores do apito e quem os comanda. ” A imprensa ajuda muito a ganhar títulos e taças, especialmente em Portugal ” Como pode haver justiça no futebol !!! infelizmente até nos vários sectores da nossa vida, tudo funciona com empurrões, cunhas, e compras ilícitas, infelizmente a maior parte das pessoas com capacidades, estão sem poder exercer as suas funções, e no lugar delas estarem outras bem mais incapacitadas, precisamente pelas injustiças que existem ao cimo da terra.
    No futebol, é um negócio como outro qualquer, só que movimenta milhões, e milhões de interesses, assim é difícil fazer estatísticas honestas.
    Mas, de qualquer forma, estatísticas, são estatísticas.

  4. Esta análise é interessante mas falta um dado fundamental: Os restantes custos com destaque óbvio aos salários dos jogadores. O orçamento do Porto e do Benfica é muito superior ao do Sporting e este ao do Braga, Académica, etc… Pelo menos este valor deveria ter sido somado a esta análise.

  5. Aí está um assunto onde os comentários abundam e até duma forma correcta. Coisa que habitualmente não fazem noutros assuntos. Quando toca a futebol somos por tendência muito bons.

  6. Também falta acrescentar o dinheiro que pagam à chusma de árbitros, comentadeiros, paineleiros, CS lampiónica para branquear notícias e publicarsó as que lhes interessam, , observadores e os que dão as pontuações que convém para manipularem os árbitros, os que os nomeiam para nomearem os que lhes interessa nos diversos jogos, enfim, o que gasta é a etar do colombo não tem comparação com os outros.

RESPONDER

Templo Jodo Shinshu de Ishiyama-dera, em Otsu, Shiga, Japão

Templo em Tóquio oferece túmulos conjuntos para casais homossexuais

Um templo budista de Tóquio oferece pela primeira vez túmulos para casais do mesmo sexo, algo incomum no Japão, país que não reconhece o casamento homossexual e onde normalmente não se permite que casais que …

-

Cientistas portugueses e neozelandeses descobrem o maior polvo da Antártida

Uma equipa de investigadores portugueses e neozelandeses "analisou o maior polvo alguma vez encontrado na Antártida", anunciou a Universidade de Coimbra (UC), numa nota enviada esta quarta-feira à agência Lusa. O polvo gigante "megaleledone setebos" foi …

Encélado é o sexto maior satélite natural de Saturno

Lua de Saturno “sangra” água e calor após colisão cósmica

O polo sul de Encélado a sangrar calor e água, possivelmente devido a uma gigante colisão cósmica que ocorreu há 100 milhões de anos e provocou várias fissuras no sexto maior satélite natural de Saturno. A …

-

AT alerta para falsas mensagens de email a cobrar dividas às Finanças

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou hoje que estão a ser enviadas para alguns contribuintes através de correio eletrónico falsas mensagens a solicitar a regularização de dívidas fiscais. "Estas mensagens são falsas e devem ser …

-

Internet não para de rir com o busto de Ronaldo na Madeira

Na manhã desta quarta-feira, o Aeroporto da Madeira recebeu uma cerimónia de homenagem a Cristiano Ronaldo e um novo nome. O evento contou com a presença do futebolista, do Presidente da República, Marcelo Rebelo de …

Tomás Correia presidiu ao Montepio entre 2008 e 2015

Ex-presidente do Montepio arguido em inquérito extraído da "Operação Marquês"

O ex-presidente do Montepio Tomás Correia foi constituído arguido num processo em que é suspeito de ter recebido indevidamente 1,5 milhões de euros do empresário da construção civil José Guilherme, confirmou à agência Lusa fonte …

-

Tribo indemnizada em 1,2 milhões de euros depois de se queixar da presença de espíritos

Uma das maiores companhias aéreas brasileiras, a Gol, vai ter de pagar 1,2 milhões de euros a uma tribo indígena, devido à queda de um avião em 2006, na qual morreram 154 pessoas, noticiou esta …

Afonso Dias, condenado pelo rapto de Rui Pedro

Condenado pelo rapto de Rui Pedro libertado da cadeia de Guimarães

Afonso Dias, condenado em março de 2013 a três anos de prisão pelo desaparecimento, em 1998, de Rui Pedro, foi esta quarta-feira libertado no Estabelecimento Prisional de Guimarães, indicou à Lusa o seu advogado. Segundo o …

-

Investigação revela onde estão sepultados prisioneiros portugueses da I Guerra Mundial

Descendentes de cerca de 200 prisioneiros portugueses da primeira Guerra Mundial (1914-1918) já podem saber onde se encontram sepultados estes expedicionários, através de um trabalho de investigação publicado em livro. A investigadora Maria José Oliveira reuniu …

-

Detidos 5 futebolistas e um membro dos Super Dragões por suspeitas de corrupção

A Polícia Judiciária deteve seis pessoas, entre as quais cinco futebolistas e um elemento da claque Super Dragões, e constituiu outros oito arguidos por suspeitas de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva, no âmbito …