Benfica gastou 24 milhões por cada título dos últimos 10 anos

Jose Sena Goulao / Lusa

Que clube arrecadou maior receita com a venda de jogadores nos últimos 10 anos? Que título ficou mais barato? E que clube gastou mais por cada título conquistado na última década? A GoalPoint fez as contas.

A História da Liga portuguesa parece viver uma fase de mudança.

Após cerca de três décadas de domínio hegemónico do FC Porto, com expressão nacional e internacional, as últimas épocas (em especial a última) parecem anunciar uma nova fase do futebol português, resta saber se igualmente hegemónica ou de sucesso mais partilhado.

O Benfica é tricampeão, ameaçando assumir o estatuto que outrora foi propriedade do “dragão” que não só perdeu a liderança como foi ultrapassado pelo Sporting, na hora de pesar quem concorre pelos títulos de forma mais directa, já na última época.

Nesta perspectiva, e tendo em conta a ideia generalizada de que o sucesso se compra com investimento forte, olhámos para as “contas” das equipas portuguesas que conquistaram títulos, internos e externos, na última década (entre a temporada 2005/06 e 2015/16), respondendo de forma rápida às seguintes questões:

  • Quanto gastaram em aquisições?
  • Quanto “facturaram” em vendas?
  • Quantos títulos venceram durante o período em análise?
  • Que indicadores curiosos podemos comparar?

Avançamos agora para o ranking, clube a clube, ordenado por total de investimento em aquisições.

Nota metodológica: Nesta análise as supertaças são consideradas na época em que cronologicamente são conquistadas e não na época que dá origem ao direito de as disputar.

 

7 Vitória de Setúbal

1 Taça da Liga

Total de compras (2006/16): 0,6M Euros O que investiu menos
Total de vendas (2006/16): 7,4M Euros
Resultado líquido: + 6,8M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 1
Investimento por troféu conquistado: 0,6M Euros O que pagou menos por troféu
Vendas por troféu conquistado: 7,4M Euros
Resultado líquido por época: + 0,7M Euros

 

6 Académica de Coimbra

1 Taça de Portugal

Total de compras (2006/16): 2,1M Euros
Total de vendas (2006/16): 11,2M Euros
Resultado líquido: + 9,1M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 1
Investimento por troféu conquistado: 2,1M Euros
Vendas por troféu conquistado: 11,2M Euros
Resultado líquido por época: 0,9M Euros

 

5 Vitória de Guimarães

1 Taça de Portugal

Total de compras (2006/16): 7,5M Euros
Total de vendas (2006/16): 44,1M Euros
Resultado líquido: 36,6M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 1
Investimento por troféu conquistado: 7,5M Euros
Vendas por troféu conquistado: 44,1M Euros
Resultado líquido por época: 3,7M Euros

 

4 SC Braga

1 Taça de Portugal
1 Taça da Liga

Total de compras (2006/16): 38,2M Euros
Total de vendas (2006/16): 98,5M Euros
Resultado líquido: 60,3M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 2
Investimento por troféu conquistado: 19,1M Euros
Vendas por troféu conquistado: 49,2M Euros O que vendeu mais por título
Resultado líquido por época: 6,0M Euros

José Sena Goulão / Lusa

-

3 Sporting CP

3 Taças de Portugal
3 Supertaças

Total de compras (2006/16): 126,2M Euros
Total de vendas (2006/16): 171M Euros
Resultado líquido: 44,9M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 6
Investimento por troféu conquistado: 21,0M Euros
Vendas por troféu conquistado: 28,5M Euros
Resultado líquido por época: 4,5M Euros

Paulo Novais / Lusa

-

2 SL Benfica

4 Ligas
1 Taça de Portugal
2 Supertaças
7 Taças da Liga

Total de compras (2006/16): 338,2M Euros
Total de vendas (2006/16): 537,9M Euros
Resultado líquido: 199,7M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 14
Investimento por troféu conquistado: 24,2M Euros O que pagou mais por troféu
Vendas por troféu conquistado: 38,4M Euros
Resultado líquido por época: 20,0M Euros

 

d.r. FCPorto / Facebook

1 FC Porto

7 Ligas
1 Liga Europa
4 Taça de Portugal
6 Supertaças

Total de compras (2006/16): 340,5M Euros
Total de vendas (2006/16): 741,9M Euros O que vendeu mais
Resultado líquido: 401,5M Euros
Troféus conquistados (2006/16): 18 O que ganhou mais
Investimento por troféu conquistado: 18,9M Euros
Vendas por troféu conquistado: 41,2M Euros
Resultado líquido por época: 40,1M Euros O que teve melhor saldo

 

Conclusões?

As eventuais conclusões deixamos para si, mas há algo que salta à vista:  há um vencedor claro de entre os “três grandes”.

O FC Porto não só conquistou mais títulos que a concorrência, fê-lo gastando bastante, mas pouco mais, por exemplo, que o Benfica, pelo que o investimento médio por título não só esta dentro da média como nem é o mais elevado (o do Benfica é superior).

Se atentarmos ao que o FC Porto vendeu, então o resultado líquido em comparação com o que conquistou é deveras assinalável.

Ganhar mais e com o dobro do “lucro” na comparação com o mais directo rival não é para qualquer um, para mais se levarmos em conta que a perda da hegemonia já dura há três das dez épocas em análise.

De resto, de notar que o custo médio por título nos casos de vencedores mais regulares (com mais do que um troféu nos últimos dez anos) ronda os 20 milhões.

Será este um número mágico?

GoalPoint

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Teria sido interessante juntar a esta análise o valor do “passivo do clube”.
    E por exemplo comparar o passivo do Sporting, que vendeu 170 milhões, com o passivo do FC Porto, que vendeu 742.

  2. Após uma análise rápida, o titulo do artigo fala nos últimos 10 anos e constata-se que afinal, há um clube que é analisado nos últimos 11 (FCP). Parece fácil adivinhar que 7 Ligas (FCP) + 4 Ligas (SLB) não dá 10 anos…
    É de propósito?
    Se calhar a receita caia e os rácios já não davam jeito ao FCP…
    É triste!

    • Pelos vistos, matemática elementar não é o seu forte, como o clube dos almorávidas é dito clube do povo, este, não é muito letrado e por isso, não se lhe pode exigir rigor nos números.

  3. Factos são factos, estatísticas são estatísticas, realidades são realidades.
    Mas:
    Em Portugal quem ganha é sempre o mesmo.
    Tanto faz ganhar como perder, as honras de imprensa em geral. São sempre para esse clube. Não é necessário dizer qual.
    Como bem dizem o SUCESSO SE COMPRA, pois é. O sucesso e não só. Só não vê, quem não quer, quem é na realidade beneficiado. Mas os adeptos do futebol, só vêm o clube deles.
    Não há equipas no mundo que consigam ganhar sempre, por mais poderosas que sejam, embora as equipas de grande renome mundial, serem sempre beneficiadas pela imprensa e pelas arbitragens. Isto é um facto.
    Claro que as equipas mais pequenas entram sempre prejudicadas com as equipas chamadas grandes, são menos faladas e raramente beneficiadas pelos senhores do apito e quem os comanda. ” A imprensa ajuda muito a ganhar títulos e taças, especialmente em Portugal ” Como pode haver justiça no futebol !!! infelizmente até nos vários sectores da nossa vida, tudo funciona com empurrões, cunhas, e compras ilícitas, infelizmente a maior parte das pessoas com capacidades, estão sem poder exercer as suas funções, e no lugar delas estarem outras bem mais incapacitadas, precisamente pelas injustiças que existem ao cimo da terra.
    No futebol, é um negócio como outro qualquer, só que movimenta milhões, e milhões de interesses, assim é difícil fazer estatísticas honestas.
    Mas, de qualquer forma, estatísticas, são estatísticas.

  4. Esta análise é interessante mas falta um dado fundamental: Os restantes custos com destaque óbvio aos salários dos jogadores. O orçamento do Porto e do Benfica é muito superior ao do Sporting e este ao do Braga, Académica, etc… Pelo menos este valor deveria ter sido somado a esta análise.

  5. Aí está um assunto onde os comentários abundam e até duma forma correcta. Coisa que habitualmente não fazem noutros assuntos. Quando toca a futebol somos por tendência muito bons.

  6. Também falta acrescentar o dinheiro que pagam à chusma de árbitros, comentadeiros, paineleiros, CS lampiónica para branquear notícias e publicarsó as que lhes interessam, , observadores e os que dão as pontuações que convém para manipularem os árbitros, os que os nomeiam para nomearem os que lhes interessa nos diversos jogos, enfim, o que gasta é a etar do colombo não tem comparação com os outros.

RESPONDER

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação

Quase 900 professores vão entrar nos quadros do Ministério da Educação, no âmbito do concurso externo imposto ao Estado pela União Europeia. Mais de 800 professores passaram a integrar os quadros do Ministério da Educação através …

Após saída do primeiro-ministro, Macron faz remodelação governamental e muda ministros-chave

O Presidente francês Emmanuel Macron aproveitou a mudança de primeiro-ministro para levar a cabo uma profunda remodelação do seu Governo. Anunciada na segunda-feira, a grande mudança é o novo ministro do Interior, Gérald Darmanin, até …

Marcelo promete ir todas as semanas ao Algarve para "puxar pelo turismo"

O Presidente da República disse esta segunda-feira, no Algarve, que é necessário “olhar para a frente e lutar” para o turismo na região superar as perdas causadas pela exclusão de Portugal do corredor aéreo com …

Portugal sabe a 27 de julho se entra nos corredores aéreos do Reino Unido

A reavaliação da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido, da qual Portugal foi excluído devido aos surtos de covid-19, vai ser feita a 27 de julho, revelou esta segunda-feira o …

Efacec. Estado não vai assumir a dívida de Isabel dos Santos aos bancos

O Conselho de Ministros português aprovou, na quinta-feira, a nacionalização de 71,73% do capital social da Efacec, pertencentes à empresária angolana Isabel dos Santos. Pedro Siza Vieira, ministro da Economia, defendeu esta terça-feira que o Estado …

China confirma caso de peste negra e anuncia mais um suspeito. É uma jovem de 15 anos

O caso suspeito de peste bubónica na região autónoma da Mongólia Interior já foi confirmado pela China, avança esta terça-feira a emissora britânica BBC, que dá ainda conta de um novo caso em análise. O …

Portugal regista mais nove mortes e 287 novos casos

Portugal regista, esta terça-feira, mais nove mortos de 287 novos casos de infeção por covid-19. Dos 287 novos casos, 207 foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo. De acordo com o boletim epidemiológico …

Portugal vai apoiar Nadia Calviño para substituir Centeno no Eurogrupo

O primeiro-ministro, António Costa, revelou esta segunda-feira que Portugal vai apoiar a candidatura da ministra espanhola Nadia Calviño à presidência do Eurogrupo, cargo atualmente ocupado por Mário Centeno em fim de mandato. Tal como escreve o …

Universidade do Minho volta a ter praxe presencial em julho

O Cabido de Cardeais, o grupo que gere as ações da praxe na Universidade do Minho (UM), anunciou esta segunda-feira que as praxes presenciais voltam ao estabelecimento de ensino durante "todo o mês de julho".  Em …

Afinal, Medina não quer acabar com a "galinha dos ovos de ouro" de Lisboa

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, não pretende, afinal, acabar com o AirBnB na capital. A ideia surgiu no título de um artigo do jornal inglês The Independent, mas está errada. A correcção …