Benfica entra na engenharia financeira e vai a Wall Street financiar-se

slbenfica.pt

-

O Benfica, a par de vários clubes europeus, cedeu direitos de televisão e da venda de jogadores de cobrança futura a um Fundo que foi vendido a vários investidores internacionais na bolsa de Nova Iorque, na famosa Wall Street.

Está em causa um Fundo de Titularização, uma “ferramenta” financeira que emite dívida que é garantida por um activo (neste caso, os direitos de televisão, de transferência de jogadores e de bilheteira).

O Benfica disponibilizou a estes investidores receitas futuras, recebendo em troca capital imediato, apurou o jornal Expansión, que conclui que “a engenharia financeira chegou ao futebol“.

“As equipas cederam direitos de televisão e direitos de cobrança de transferências de jogadores e captaram um total de 72,99 milhões de dólares (cerca de 67,32 milhões de euros)“, refere a publicação.

As obrigações de dívida emitidas têm garantias de rentabilidade de 3,73%, de acordo com o mesmo jornal, o que é um indicador muito apelativo para os investidores.

Para os clubes é uma solução que permite um financiamento imediato, mas que pode revelar-se arriscada no longo prazo, já que se trata de “uma antecipação de receitas“, conforme explica o especialista em economia Camilo Lourenço no jornal O Jogo.

“Os clubes cedem direitos futuros a um fundo e este emite títulos para venda aos investidores. Assim, pagando uma taxa de 3,73%, os clubes recebem de imediato as verbas que iriam receber no futuro, seja em direitos televisivos ou venda de jogadores, por exemplo, ficando o fundo com os créditos devidos”, nota Camilo Lourenço.

Além do Benfica, também o Atlético de Madrid, bem como outras equipas das Ligas Inglesa e Alemã, terão entrado neste Fundo de Titularização denominado “XXIII Capital Financing 1” e lançado pela empresa XXIII Capital Limited, com sede em Londres e sem administradores conhecidos.

Há poucos dias, esta empresa apareceu associada ao Benfica e à transferência de Bernardo Silva do clube da Luz para o Mónaco, consumada em Janeiro de 2015 por 15,7 milhões de euros, a ser pagos em três prestações.

Quando o site Fooball Leaks revelou que o Mónaco pagou a primeira fatia do pagamento acordado, em Julho de 2015, à XXIII Capital Limited e não ao Benfica, estalou a polémica.

O Benfica veio entretanto, esclarecer que está em causa uma “operação financeira” em moldes um pouco diferentes deste Fundo de Titularização agora noticiado.

A SAD encarnada diz que cedeu “por antecipação a totalidade dos créditos” da transferência de Bernardo Silva à XXIII Capital Limited, recebendo assim imediatamente a totalidade do valor acordado com o Mónaco.

É um processo financeiro conhecido como factoring, que permite às empresas a antecipação dos pagamentos que tenham a receber.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …