Benfica vs D. Aves | Jonas e Raúl desatam nó

O Benfica cumpriu a sua “obrigação” e venceu o Desportivo das Aves em casa, por 2-0, colocando pressão sobre FC Porto (que joga este domingo) e Sporting (segunda-feira).

A equipa “encarnada” sentiu muitas dificuldades para bater a formação de José Mota, que foi coesa e pragmática a defender, e apenas nos últimos 20 minutos (e já com Raúl Jiménez em campo) conseguiu marcar, quebrando a resistência contrária. A “águia” demonstrara até meio da segunda parte alguma ineficácia ofensiva no capítulo do remate, mas, quando corrigiu esse detalhe, os golos surgiram.

Início de partida algo confuso, com o Benfica a dominar por completo os primeiros dez minutos (75% de posse), mas sem conseguir fazer qualquer remate. O primeiro disparo da partida aconteceu aos 11 minutos, e para o Aves, por Amilton, sem a melhor direcção.

Aos poucos os “encarnados” começaram a fabricar lances de perigo, em especial pelo flanco direito, onde Rafa começava a mostrar-se inspirado. Velocidade, capacidade de drible, faltando apenas afinar nas decisões. Por volta dos 20 minutos, o Benfica registava os mesmos 75% de posse, dois remates, um deles enquadrado, e 86% de eficácia de passe.

Dificuldades para as “águias” criarem perigo. À passagem da meia-hora de jogo, os homens da casa ainda não tinham criado qualquer ocasião flagrante, e os dois remates enquadrados (em cinco disparos) poucas dificuldades criaram ao guarda-redes Adriano Facchini. O brasileiro destacava-se, porém, nas saídas pelo solo, registando três, todas eficazes, evitando que os benfiquistas surgissem isolados.

Perto do intervalo, o Benfica somava apenas mais um remate que o Aves (5-4), embora dois enquadrados, contra nenhum dos visitantes. Os “encarnados” registavam também seis cantos, contra nenhum do Aves, mas os 21 alívios do seu adversário anulavam quaisquer tentativas benfiquistas de fazerem valer a sua presença na grande área, onde Jonas estava demasiado sozinho.

Nulo ao intervalo que premiava a forma pragmática com que o Desportivo das Aves defendeu, sem problemas em recorrer ao alívio puro e duro, e que penalizava a fraca capacidade de decisão do Benfica, quer no último passe, quer no remate (apenas cinco, dois enquadrados). O melhor em campo na primeira parte acabou por ser Jorge Fellipe. O defesa-central brasileiro varreu todas as bolas de potencial perigo para a sua equipa, chegando ao descanso com oito alívios e quadro desarmes, e um GoalPoint Rating de 6.5. Belo jogo na segunda presença na Liga NOS.

O segundo tempo começou com uma ocasião flagrante falhada por Zivkovic (47′). O sérvio estava desinspirado, com dois dribles eficazes em quatro como única estatística de relevo até esta altura.

A hora de jogo chegou com Rui Vitória a lançar Raúl Jiménez para o lugar de João Carvalho, à procura de maior presença física na grande área contrária. Nesta fase as “águias” tinham 64% de posse de bola nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, mas também quatro remates. Só que todos desenquadrados.

Pressão total do Benfica por volta dos 70 minutos, com 73% de posse na segunda parte, 87% de eficácia de passe, sete remates nesta fase, só um enquadrado, apesar de seis terem acontecido dentro da área. Mas essa avalanche ofensiva acabou por dar frutos.

Aos 71 minutos, um jogador pouco dado a remates, Ljubomir Fejsa, arrancou um forte disparo, Facchini defendeu, mas a bola sobrou para Franco Cervi, que assistiu Jonas para um golo fácil. Era o quinto remate do “Pistolas”. Estava feito o mais difícil, pois aos 74 minutos…

… surgiu o 2-0. Raúl Jiménez (fundamental a sua entrada para abrir espaços no ataque benfiquista) rematou, mais uma vez Facchini defendeu e a bola sobrou para Rúben Dias, que rematou forte para golo.

O jogo encaminhava-se para dar a vitória ao Benfica. Por volta dos 80 minutos, as “águias” somavam um total de 16 remates, sete deles enquadrados (fruto dos cinco do segundo tempo) e 13 deles realizados dentro da área contrária, e 12 pontapés de canto. O Aves tinha rematado seis vezes, apenas uma na direcção da baliza.

Jonas chegou ao 31º golo na Liga NOS, em mais uma bela exibição que lhe valeu a décima distinção de MVP GoalPoint. O brasileiro sentiu dificuldades perante os centrais contrários, sem espaço para a sua habitual manobra, mas a entrada de Raúl Jiménez soltou o “Pistolas”, que abriu o activo e terminou com cinco remates (dois enquadrados), dois passes para finalização e um drible eficaz. Registou um GoalPoint Rating de 7.3.

PARTILHAR

RESPONDER

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um está em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …

David guardou uma pedra durante anos pensando que era ouro. Afinal, era bem mais raro que isso

Em 2015, David Hole estava a explorar Maryborough Regional Park, perto de Melbourne, na Austrália. Com um detetor de metais, descobriu algo fora do comum: uma rocha avermelhada muito pesada que repousava em argila amarela. Maryborough …

Quadro roubado por soldado nazi é devolvido a museu de Florença

O quadro de natureza-morta tinha sido roubado do museu por um soldado nazi como um presente para a sua esposa. Agora, o quadro foi devolvido ao museu pelos alemães. Um soldado nazi em retirada de Itália …

Um segundo. Foi o tempo que a Inteligência Artificial precisou para resolver um cubo mágico

Investigadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, desenvolveram o DeepCubeA, um algoritmo capaz de resolver o desafio do Cubo de Rubik em pouco mais do que um segundo.  De acordo com a equipa de investigadores …

Investigação revela que ibuprofeno tem efeitos anticancerígenos

O anti-inflamatório ibuprofeno tem efeitos anticancerígenos sobretudo no cancro do colón, inibindo o crescimento de células malignas, revela uma investigação do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA). Investigadores do INSA, associados ao Instituto de …

Um pôr do sol apareceu "dividido ao meio" nos EUA

https://vimeo.com/349103840 Recentemente, um efeito ótico incomum fez o pôr do sol assemelhar-se a uma imagem numa tela dividida, mostrando dois céus muito diferentes lado a lado. No lado direito da foto há um horizonte saturado de tons …

Turistas fizeram café em Veneza. Foram multados em 950 euros e convidados a abandonar a cidade

Dois turistas alemães foram multados por fazerem um café nos degraus da famosa ponte Rialto, em Veneza. Depois, tiveram de deixar a cidade, segundo as autoridades municipais. Os dois turistas de Berlim, com idades entre 32 …

Merkel admite: Greta Thunberg teve influência nas novas medidas alemãs pelo ambiente

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta sexta-feira que o seu governo decidiu ser mais ambicioso nas medidas contra as alterações climáticas como resposta à mobilização e marchas pelo ambiente de crianças e adolescentes inspirados …

Google paga prémios até centenas de milhares de euros para descobrir bugs

A Google aumentou o valor dos prémios que oferece a quem descobrir bugs nos seus produtos e serviços. Alguns dos prémios podem mesmo chegar aos milhares de euros. Ganhar dinheiro ao descobrir bugs é algo desconhecido …