Belenenses vs Benfica | “Pastel” de Nathan trava águia

O Benfica empatou em Belém e desperdiçou a oportunidade de assumir provisoriamente a liderança da Liga NOS.

No dérbi do Restelo frente ao Belenenses, as “águias” falharam várias ocasiões de golo, incluindo uma grande penalidade, estiveram a perder mercê de um tento de um estreante e apenas conseguiram o empate 1-1 no último lance da partida, aos 7 minutos para lá dos noventa.

O Jogo explicado em Números

  • Óptimo início de jogo por parte do Belenenses, que aos dez minutos registava 55% de posse e o único remate (e enquadrado) da partida. O Benfica, por seu turno, destacava-se na certeza do passe, com 90% de eficácia nas entregas.
  • As “águias” equilibraram as operações e já apresentavam 51% de posse por volta dos 20 minutos, bem como três remates, embora todos sem a melhor direcção. Os 92% de posse continuavam a impressionar, embora fossem os homens do Restelo a apresentar mais competência nos duelos individuais (60%) ganhos.
  • Pressão intensa dos “azuis” sobre o portador da bola, a complicar muito a tarefa benfiquista que, à passagem da meia-hora, já tinha perdido o domínio territorial, com apenas 45% de posse, quatro remates, mas nenhum enquadrado e sem uma única ocasião flagrante criada.
  • Bom jogo de Diogo Viana nesta fase, com o melhor rating da partida – 6.0 – a totalidade dos seus 17 passes certos, dois passes para finalização e ainda três desarmes.

Primeiro tempo controlado pelo Belenenses, autoritário e personalizado, a não dar espaços de manobra a um Benfica sem capacidade de luta a meio-campo. Mais duelos ganhos (53%), mais posse de bola (56%), apenas menos um remate (7-8), os mesmos enquadrados (1-1).

O Benfica teve, porém, a única ocasião flagrante da partida, desperdiçada por Jonas e criada por Franco Cervi. O argentino foi o melhor em campo na primeira parte, com um GoalPoint Rating de 6.0, fruto dessa ocasião flagrante criada, em dois passes para finalização, e a dois desarmes.

  • O Benfica reentrou na partida mais agressivo e perigoso, chegando à hora de jogo com 52% de posse de bola referentes aos primeiros 15 minutos do segundo tempo. Para além disso, as “águias” somaram neste período cinco remates, dois deles enquadrados, contra apenas um (sem boa direcção) dos homens da casa.
  • O domínio “encarnado” era total, com 55% de posse por volta dos 70 minutos, e aos 71, o árbitro assinalou falta de Gonçalo Silva sobre Cervi na grande área e apontou para a marca de penálti. Na conversão, Jonas (72′) permitiu a defesa (e que defesa) de Filipe Mendes e somava a segunda ocasião flagrante perdida no encontro.
  • Aos 76 minutos, Cervi isolou-se e, perante o guarda-redes, o argentino atirou muito por alto. A mancha maior numa exibição até então muito bem conseguida do extremo. Nesta altura, Ljubomir Fejsa havia falhado apenas um passe em 37 e era o melhor das “águias”, com um rating de 6.3.
  • Por volta dos 80 minutos o Benfica registava menos posse (48%), mas 17 remates contra nove (1-5 em enquadrados) e três ocasiões flagrantes desperdiçadas, contra nenhuma do Belenenses. A falta de competência benfiquista no ataque reflectia-se no resultado.
  • E como quem não marca arrisca-se a sofrer, o Belenenses fez golo aos 86 minutos. O brasileiro Nathan enquadrou-se com a baliza de Bruno Varela e rematou colocado de fora da área para o 1-0 – ao décimo remate do Belenenses, terceiro na segunda parte, o segundo enquadrado em toda a partida.
  • E quando se esperava pelo final da partida, já no minuto 97, Jonas empatou, na superior conversão de um livre directo.

O Homem do Jogo

Noite para recordar do guarda-redes do Belenenses, Filipe Mendes. O jogador, de 32 anos, até teve uma primeira parte tranquila, pois o Benfica apenas enquadrou um remate dos oito que realizou.

Porém, no segundo tempo, o guardião teve trabalho extra para travar os seis disparos enquadrados dos benfiquistas, um deles uma excelente estirada na sequência de uma grande penalidade apontada por Jonas.

No final, Filipe Mendes terminou com um GoalPoint Rating de 6.9, graças a seis defesas, cinco delas a disparos dentro da sua grande área.

Jogadores em foco

  • Filipe Chaby 6.7 – Óptimo jogo do outro Filipe do Belenenses, o segundo melhor em campo. O médio rematou quatro vezes, enquadrou duas delas, fez dois passes para finalização e ainda realizou sete acções defensivas.
  • Ljubomir Fejsa 6.4 – O melhor jogador do Benfica esta segunda-feira. O “trinco” terminou a partida com impressionantes 97% de eficácia de passe (apenas falhou um de 39), ganhou oito de 15 duelos e realizou sete desarmes, o máximo da partida.
  • Nathan de Souza  6.3 – O jovem brasileiro de 21 anos foi emprestado ao Belenenses neste mercado de Inverno e precisou apenas de cinco minutos para marcar um golo. Uma estreia auspiciosa.
  • Franco Cervi 6.1 – O argentino estava a realizar uma excelente partida, com quatro passes para finalização e uma ocasião flagrante criada. Mas, aos 76 minutos, apenas com Filipe Mendes pela frente, o extremo atirou por cima, desperdiçando uma ocasião flagrante.
  • Jonas 5.7 – Nono jogo consecutivo de Jonas a marcar na Liga NOS. Porém, o brasileiro terminou com um rating modesto, pois apesar dos cinco remates, quatro dos quais enquadrados, desperdiçou duas ocasiões flagrantes, uma delas uma grande penalidade. E podia ter sido pior, não fosse o excelente livre directo que cobrou, minorando o estrago para um Benfica que podia ter assumido a liderança da prova e pode ver agora os rivais distanciarem-se.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Ilhas Faroé fecham para "manutenção". Turistas só podem entrar se "vierem ajudar"

As Ilhas Faroé, território autónomo sob a coroa dinamarquesa, isolado no Atlântico Norte entre a Islândia e a Noruega, vão estar fechadas para "manutenção" 26 e 27 de abril. Na ilha vivem 50 mil habitantes e …

Documentário "low cost" afirma que Jesus era, afinal, um filósofo grego

O documentário Bible Conspiracies (Conspirações Bíblicas, em tradução livre), disponível na Amazon Prime desde novembro de 2017, tem dado que falar. Durante o filme, realizado em 2016, são proferidas várias afirmações que contrariam o que …

Choupette já é a gata mais rica do mundo e pode herdar fortuna de Karl Lagerfeld

A gata do estilista Karl Lagerfeld, Choupette, pode ser uma das beneficiárias da sua fortuna de mais de 170 milhões de euros. Não é que o felino precisasse, já que tem, só por si, um …

Gravuras rupestres descobertas na Serra da Gardunha

Um conjunto de rochas com gravuras rupestres foi descoberto na Serra da Gardunha, Fundão, e a primeira análise indica que serão do período entre o Calcolítico e a Idade do Bronze, disse o arqueólogo Martinho …

Cinco telemóveis são apreendidos por dia nas prisões portuguesas

O número de apreensões de telemóveis, drogas e armas brancas nas prisões portuguesas caiu em 2018. Ainda assim, foram confiscados 1934 aparelhos, o que dá uma média superior a cinco por dia. Para os guardas prisionais, …

Estado vai dar incentivo de 250 euros para compra de bicicletas elétricas

Visando impulsionar o uso de veículos mais verdes, o Governo vai conceder um incentivo de 250 euros para a compra de uma bicicleta elétrica. Os detalhes das novas regras deverão ser anunciadas já nos próximos …

Lisboa em primeiro lugar no ranking das cidades mais atrativas para investir

A capital portuguesa subiu do 10.º para o 1.º lugar no ranking das cidades mais atrativas para investir, da PricewaterhouseCoopers, avança a Visão. Lisboa foi alvo de uma ascensão sem precedentes, subindo do 10.º para o …

O Sol vai brilhar e os termómetros vão chegar aos 26 graus este fim de semana

As temperaturas máximas vão subir e o fim de semana promete ser solarengo, com os termómetros a chegarem aos 26 graus Celsius. A temperatura máxima vai subir nos próximos dias em Portugal continental, com a máxima …

Lidl deixa de vender sacos de plástico em Portugal

O Lidl Portugal vai deixar de vender sacos de plástico em todas as suas lojas no mercado português até ao final do ano, medida que será faseada e arranca em maio na região Norte, anunciou …

As mulheres ganham menos 2464 euros do que os homens por ano

Em média, as mulheres em Portugal ganham menos 176 euros por mês do que os homens. Anualmente, cria-se um fosso de 2464 euros, segundo dados de 2017 acedidos pelo Diário de Notícias. O diário avança estes …