Bebida sagrada de tribos da Amazónia reduz risco de suicídio de pessoas com depressão “incurável”

Uma bebida sagrada de tribos amazónicas, conhecida como ayahuasca, mostrou ter efeitos capazes de reduzir o risco de suicídio em pessoas com depressão “incurável”.

Um estudo inédito do Imperial College London, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e da Universidade de São Paulo explorou o impacto da droga psicadélica ayahuasca nas taxas de suicídio e concluiu que a mistura pode ter um efeito positivo em pessoas com depressão grave que não têm respondido a outros tratamentos.

A ayahuasca é uma mistura de substâncias psicadélicas consumida por tribos indígenas da Amazónia há séculos. Um dos seus ingredientes é a poderosa droga dimetiltriptamina (DMT).

Uma vez que outros estudos já mostraram efeitos promissores de psicadélicos no tratamento de condições associadas ao suicídio, como depressão, os investigadores resolveram analisar que papel a ayahuasca poderia ter no risco de suicídio.

Para isso, conduziram uma análise secundária dos dados de um estudo feito em 2019 e publicado na revista científica Psychological Medicine. Um artigo com os resultados deste novo estudo foi publicado na revista científica Frontiers in Pharmacology.

Nele, 29 indivíduos com depressão resistente a tratamentos e sem histórico de distúrbios psicóticos receberam uma dose de ayahuasca ou de placebo durante uma única sessão de terapia. Nenhum deles tinha experimentado um psicadélico antes. Um psiquiatra avaliou o risco de suicídio dos participantes antes da sessão, e depois de um, dois e sete dias da sessão.

Os resultados do estudo indicam que a ayahuasca teve um efeito médio/grande na taxa de suicídio sete dias após a intervenção no grupo que recebeu o tratamento, efeito que não foi visto no grupo de placebo. Apesar disso, os dados não são conclusivos porque podem não ser estatisticamente significativos.

“O nosso estudo é caracterizado por várias limitações importantes, incluindo um pequeno tamanho de amostra, exclusão de indivíduos que eram extremamente suicidas e acompanhamento de curto prazo. Por fim, será importante que estudos futuros usem amostras maiores, além de examinarem a segurança e a eficácia da ayahuasca como uma intervenção para indivíduos com altos níveis de suicídio”, afirmou Richard Zeifman, um dos autores do estudo.

Dado que a investigação não explorou o impacto direto da ayahuasca no suicídio, explicações alternativas para os resultados positivos são plausíveis. Contudo, os cientistas dizem que o tema merece atenção, uma vez que novas abordagens de prevenção do suicídio são necessárias.

PARTILHAR

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …