Bebés que nascem em casa têm mais e melhores bactérias no intestino

Os bebés que nascem em casa podem ter bactérias intestinais mais diversas. Esta diferença pode ter impacto na imunidade e no metabolismo de uma pessoa em crescimento.

Assim que um bebé nasce, ele é rapidamente colonizado por inúmeros micróbios, incluinto biliões de bactérias, fungos e vírus que residem no nosso corpo. Esta espécie de “passageiros invisíveis” compõem o microbioma humano e acredita-se que os que residem no intestino desempenham um papel muito importante na digestão e no sistema imunológico.

Ainda assim, há muitos pormenores que os cientistas desconhecem acerca do microbioma humano, incluindo como é que é estabelecido e como é que se altera com o tempo.

Alguns cientistas sugeriram que um ambiente excessivamente limpo no começo da vida – como um hospital estéril – pode afetar adversamente o desenvolvimento de uma criança. No entanto, até agora, a maioria dos estudos foi confinada aos hospitais, pelo que ainda não está claro qual o papel que o ambiente do parte pode desempenhar no estabelecimento do microbioma de uma pessoa.

Para tirar as dúvidas, uma recente investigação, cujo artigo científico foi publicado na Scientific Reports, acompanhou 35 recém-nascidos e as suas mães, durante um mês. Dos 35 bebés, 14 nasceram em casa e 21 no hospital. Todos eles nasceram por via vaginal e foram exclusivamente amamentados após o nascimento: duas vias importantes para uma mãe transmitir os seus próprios micróbios.

Durante o mês de acompanhamento, os cientistas recolheram amostras de fezes das mães e dos bebés e concluíram por comparação que os bebés que tinham nascido em casa tinham uma maior diversidade de flora intestinal. Esta mudança foi verificada durante o mês inteiro.

“As razões para as diferenças entre bebés nascidos em casa e em hospitais não são conhecidas, mas especulamos que as intervenções hospitalares comuns como o banho infantil precoce e a profilaxia antibiótica ocular ou até mesmo fatores ambientais – como o ambiente assético do hospital – podem estar envolvidos”, explica a autora do estudo Maria Gloria Dominguez-Bello, investigadora na Rutgers University-New Brunswick.

Estes resultados sugerem que os bebés nascidos em hospitais são imediatamente expostos a menos micróbios e, por isso, possuem um microbioma menos diversificado no primeiro mês de vida.

No entanto, os cientistas salvaguardam que ainda não está claro se estas diferenças no microbioma das crianças que nascem em casa ou nos hospitais são perigosas ou duradouras. Apesar de uma flora intestinal diversificada ser considerada mais saudável, os investigadores ainda estão muito divididos sobre se o microbioma afeta a imunidade e causa doenças.

Serão precisas investigações futuras para esclarecer esta questão. Ainda assim, este novo estudo sugere que a renovação do ambiente hospitalar de modo a que se assemelhe às condições do lar pode ser benéfico

PARTILHAR

RESPONDER

Responsável pelas manifestações em Lisboa é coordenador no Gabinete de Apoio à Presidência da CML

O responsável pelas manifestações na cidade de Lisboa é coordenador técnico no Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara liderada por Fernando Medina. De acordo com o semanário Expresso, António Santos tem sido, nos últimos …

Sporting e Braga jogam Supertaça em Aveiro no dia 31 de julho

A Supertaça Cândido Oliveira, que vai ser disputada entre Sporting e Sporting de Braga, vai ser disputada em Aveiro, a 31 de julho, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "A decisão da Supertaça Cândido de …

Um quarto da população portuguesa já tem a vacinação completa

Em Portugal, 42% das pessoas já receberam a primeira dose de uma vacina contra a Covid-19 e 25% — cerca de um quarto da população — estão completamente vacinados. De acordo com o mais recente relatório …

Cardiologista do Tottenham admite ponto final na carreira de Eriksen

O cardiologista do Tottenham, Sanjay Sharma, admite um ponto final na carreira de Christian Eriksen, que caiu inanimado no jogo entre a Dinamarca e a Finlândia. O encontro entre Dinamarca e Finlândia, da primeira jornada do …

ARS Norte conta avançar com recuperação de consultas em atraso ainda este mês

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte conta avançar durante este mês com o programa especial de incentivos financeiros para recuperação de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários (CSP), propondo-se recuperar metade da …

Cristiano Ronaldo no Euro 2020

"Rei do Euro". Ronaldo fez história na Hungria (e ainda vai durar "mais uns 3 aninhos")

Cristiano Ronaldo marcou dois dos golos de Portugal na vitória frente à Hungria por 3-0, na estreia da Selecção no Euro 2020, e tornou-se no melhor marcador de sempre dos Campeonatos Europeus de futebol. Aos …

"Insultos são a arma dos fracos". Ministro defende lei das minas e lança farpas a Catarina Martins

Matos Fernandes defende acerrimamente o novo decreto lei da exploração mineira e lança farpas a Catarina Martins, que o criticou: "Insultos são a arma dos fracos". No domingo, o Bloco de Esquerda anunciou que ia pedir …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Ronaldo e agitadores derrubaram a muralha

Rajada final garantiu vitória lusa na estreia. Ronaldo a bisar e a quebrar três recordes. Todos os jogos da primeira jornada. Visto da Linha de Fundo. A paciência tem limites Hungria 0 – 3 Portugal (Raphaël …

O ex-líder do PAN, André Silva.

"Ficaram a usufruir de uma renda". André Silva arrasa deputados dissidentes do PAN

Cristina Rodrigues e Francisco Guerreiro, deputados eleitos pelo PAN, "sempre estiveram concertados" e deixaram o partido por "ambições pessoais", ficando a "usufruir de uma renda" à custa desses lugares políticos. A acusação é de André …

Certificados digitais são gratuitos (e podem ser enviados por email)

Os certificados digitais covid-19, que devem começar a ser emitidos em Portugal esta semana, são gratuitos, emitidos em formato digital e podem ser consultados no portal do SNS 24, na aplicação móvel do SNS ou …