Há uma nova explicação para o facto de bebés amamentados terem sistemas imunitários mais saudáveis

Um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriu que o leite materno promove o crescimento de importantes células imunitárias que ajudam a controlar eventuais inflamações.

De acordo com o site Science Alert, o estudo analisou as funções imunitárias de 38 recém-nascidos, todos nascidos por cesariana. Os bebés foram distinguidos pelo facto de terem sido amamentados, alimentados com fórmula infantil ou uma mistura de ambos. As amostras de sangue e das fezes também foram recolhidas em dois momentos: no nascimento e três semanas depois.

A diferença entre as células T dos dois grupos – um tipo de glóbulo branco que ajuda a manter o controlo das respostas imunitárias – foi profunda. Os bebés que foram exclusivamente amamentados viram o número de células duplicar em três semanas, em comparação com os que foram alimentados só com fórmula infantil.

As próprias células T também mostraram uma maior expressão de um marcador ligado ao aumento da atividade supressora. E a sua atividade também parecia especialmente virada para atuar especificamente contra o corpo da mãe.

O leite materno dá aos bebés uma variedade de antimicrobianos e nutrientes que fornecem ao sistema imunitário do recém-nascido tudo o que precisa para combater eventuais infeções. Mas o próprio processo de amamentação está longe de ser estéril, transferindo não apenas a microflora da pele da progenitoras, mas muitas das suas próprias células.

Aumentar as células T reguladoras para proteger o bebé contra as células perdidas da sua mãe pode ser uma forma de garantir que este se mantém saudável.

Ainda não se sabe exatamente porque é que o leite tem este efeito. Mas uma observação feita pelos cientistas neste último estudo, publicado a 12 de janeiro na revista científica Allergy, pode dar uma pista.

A equipa notou que bactérias intestinais específicas, conhecidas por apoiar a função reguladora das células T, eram mais abundantes no sistema digestivo dos recém-nascidos que eram amamentados.

“Esperamos que esta descoberta inestimável leve a um aumento nas taxas de amamentação e faça com que mais bebés se beneficiem das vantagens de receber leite materno”, afirmou Gergely Told, neonatologista da Universidade de Birmingham e um dos autores do estudo.

“Mas, ao mesmo tempo, esperamos que estes resultados contribuam para otimizar a composição do leite em pó para explorar esses mecanismos imunitários”, acrescentou.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Uma prenda de aniversário. Israelita doou um dos seus rins a um menino palestiniano

Uma israelita quis doar um rim a um estranho. Estranho esse que acabou por ser uma criança, de apenas três anos, que vive na Faixa de Gaza, na Palestina. De acordo com a agência Associated Press, …

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …