Beber dois copos de refrigerante por dia aumenta risco de mortalidade prematura em 17%

Esta terça-feira, um estudo publicado na revista especializada JAMA Internal Medicine revela uma relação entre o consumo de refrigerantes e mortalidade prematura em dez países europeus.

Os 451.743 participantes no estudo publicado na revista JAMA Internal Medicine, recrutados entre 1992 e 2000, são de Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Itália, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia e Reino Unido. É o maior estudo na Europa.

O ponto de partida da investigação era: “O consumo regular de refrigerantes está associado a um maior risco de mortalidade por todas as causas e por causas específicas?”. A resposta dos investigadores: sim.

Quem bebe dois copos de refrigerante por dia – o equivalente a meio litro-  corre um risco de morte prematura 17% maior do que aqueles que bebem apenas um copo por mês. E O mais surpreendente é que os refrigerantes light ou zero terem um risco de morte prematura muito mais alta (26%) do que os refrigerantes tradicionais (8%).

Ao jornal espanhol El País, a coautora do estudo e investigadora na Fundação do Instituto de Investigação Sanitária Illes Balears, em Palma de Maiorca, Dora Romanguera, diz que é necessário investigar mais. “Observámos a associação tanto nas bebidas com açúcar como nas que têm adoçantes artificiais, mas não podemos saber se o consumo de refrigerantes light aumenta a mortalidade prematura. Não podemos descartar que o efeito observado se deva a um factor de confusão. Fazem falta mais investigações”.

O consumo de refrigerantes adocicados artificialmente foi associado a mortes relacionadas com o sistema circulatório. Já os refrigerantes adocicados com açúcar estão associados a doenças do sistema digestivo. “Os resultados deste estudo parecem apoiar as medidas de saúde pública em andamento para reduzir o consumo de refrigerantes”, escreveram os autores.

Dora Romanguera defende que não devem ser recomendados produtos light. “A opção mais saudável é beber água.”

Há três anos, a Organização Mundial de Saúde incentivou os países a criarem impostos sobre as bebidas com açúcar, aumentando o seu preço em, pelo menos, 20%, tentando combater assim doenças como obesidade e diabetes.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …