Bebé nasceu duas vezes para se salvar

(dr) família Boemer

Lynlee Boemer, a bebé que nasceu duas vezes

A bebé Lynlee Boemer nasceu duas vezes – e não é uma metáfora. Trata-se da constatação literal do que aconteceu com esta criança, que teve que ser operada quando ainda estava no útero da mãe.

Quando Margaret Boemer, a mãe de Lynlee, alcançou as 16 semanas de gestação, os médicos descobriram que a sua bebé tinha desenvolvido um tumor no cóccix, conhecido como teratoma sacrococcígeo.

Este problema acabaria por impedir fatalmente o normal desenvolvimento do feto, particularmente do seu coração, pelo que os médicos informaram Margaret que ela deveria interromper a gravidez – ou arriscar a realização de uma cirurgia fetal, um procedimento extremo e muito arriscado.

A operação consistia em tirar a bebé de dentro do útero da mãe, através de uma cesariana, para fazer a operação de extracção da maior parte do tumor.

Este processo teria que ser realizado num tempo recorde para permitir devolver a bebé ao ventre da mãe, de modo a que a gestação pudesse continuar sem problemas. Os riscos eram enormes, mas Margaret Boemer não hesitou e optou por lutar pela vida da filha.

“O feto ficou pendurado no ar”

A cirurgia foi então realizada às 23 semanas de gestação, no hospital pediátrico do Texas, nos EUA, quando o tumor já era maior do que o feto.

A bebé “nasceu” então durante 20 minutos, pesando pouco mais de meio quilo, foi operada e depois voltou para a barriga da mãe.

(dr) família Boemer

Margaret Boemer com a filha, Lynlee

O procedimento foi complicado pela grande dimensão do tumor, o que obrigou a que tenha sido feita uma “enorme” incisão para o remover, explica o cirurgião Darrel Cass, co-director do Centro Fetal do hospital pediátrico do Texas, em declarações à CNN.

O médico que liderou a cirurgia de cinco horas relata o momento “bastante dramático” em que o feto ficou “pendurado no ar”, “completamente de fora” do útero, “com todo o líquido amniótico a cair”.

A cirurgia fetal acabou por correr da melhor forma e ao cabo de 12 semanas da operação, Lynlee nasceu de facto, através de nova cesariana, a 6 de Junho, já com uns mais saudáveis 2,5 quilos. Oito dias após o parto, a bebé foi novamente operada, para a retirada do que restava do tumor.

“Uma espécie de milagre”

A criança já está em casa com a família, em estado perfeitamente saudável, e o médico que a operou fala de “uma espécie de milagre”.

Segundo Cass, o teratoma sacrococcígeo é “o tumor mais comum” que se encontra nos recém-nascidos, mas “muito raro”.

“Alguns destes tumores podem ser muito bem tolerados, por isso o feto tem-no e pode nascer com ele e podemos removê-lo depois do nascimento. Mas em metade das vezes, causam problemas para o feto”, explica o médico. É uma espécie de “competição” entre o feto e o tumor, em que ambos tentam crescer.

O tumor “suga” fluxo sanguíneo do bebé e, “a dada altura, ganha e o coração não consegue simplesmente aguentar e entra em falência e o bebé morre”, acrescenta Cass na CNN.

Foi perante este dilema que Margaret Boemer foi colocada. E esta mãe diz que foi “fácil” optar pela cirurgia fetal de risco. “Queríamos dar-lhe a vida”, conta. E a sua bebé acabou por nascer duas vezes.

ZAP // Hypeness

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Quando leio estas noticias, fico dividido. Felicidades para mãe e bebe, mas esta não e noticia no mundo que chamas “Africa”. Tantos morrem por causas muito menores que esta, e nada e divulgado para mundo. Mas também, que interesse tem?-divulgar algumas milhares (ou milhões) de mortes recém nascidos em Africa? America – esta sim, e um “grande pais”. Mas contem la o resto de historia – qual valor, que foi pago por este parto tão complicado? Com certeza dava para nascer uns milhares, nos mundos menos desenvolvidos. E no fim,fica pergunta – finalidade de esta noticia?

  2. Que gente amarga ! Eu achei a noticia muito bonita ,uma vida salvou-se e é tudo o que importa ! Se terá sequelas ou não,logo se verá ,tambem poderia nascer normalmente e ter outro problema + tarde. O importante é que a mãe e os médicos fizeram tudo o que esteve aos seus alcances para salvar esta bebe preciosa. Que importa o país onde sucedeu ? Porque morrem milhões de recem nascidos em Africa deveriam ter deixado morrer esta bebe ? Que tacanhice mencionar essa tragédia agora ! Esta é uma história de VIDA, de exemplo que se deve sempre ter esperança e lutar pela vida. Uma coisa nao invalida a outra. A mãe foi muito corajosa e o médico muito competente e ele nao se gabou mas se realmente se gabasse, qual é o mal? Nao podemos só criticar os médicos quando fazem asneira, temos também que elogia- los quando fazem bem o seu trabalho.
    Nao tenham medo de elogiar e ficar felizes pelos outros…de dar graças…nao procurem logo ” amargar ” estes acontecimentos maravilhosos ! Vao ver que serao + felizes.
    Obrigada ao ” ZAP” que gosto muito de ler. Fico a aguardar + noticias como esta
    Um grande bem haja a todos

RESPONDER

Governo britânico substitui confinamento por restrições (com oposição interna no Partido Conservador)

Boris Johnson conseguiu ver aprovado o novo plano de restrições. Dos votos contra, 56 foram de deputados conservadores e 16 de deputados do Partido Trabalhista. O Governo britânico conseguiu ver aprovado o novo plano de restrições …

Sporting tem sete jogadores na porta de saída e outro para trazer Matheus Reis

O Sporting CP quer livrar-se de sete jogadores excedentários que estão a treinar com a equipa B. O clube quer também trazer Matheus Reis já neste mercado de inverno. Aproxima-se o mercado de inverno e o …

Sindicato acusa TAP de manipulação e diz que não há "trabalhadores a mais"

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) acusou a TAP de “manipulação, falta de ética e desonestidade” e defendeu que a empresa não tem “trabalhadores a mais” e deve procurar os “sorvedouros de …

Menos de 1% dos infetados estavam registados na app StayAway Covid

Menos de 1% das pessoas infetadas com covid-19 desde a disponibilização da app StayAway Covid notificaram a sua infeção. Já mais de 2,6 milhões de pessoas têm a aplicação. Desde o lançamento da aplicação de rastreio …

Guardiola lança farpas ao FC Porto, mas até isso Marchesín defendeu

Pep Guardiola mostrou-se frustrado com a forma como o FC Porto disputou o jogo. Entre os postes, Marchesín foi defendendo (praticamente) tudo o que havia para defender. O FC Porto está nos oitavos de final da …

Eurodeputado húngaro opositor do casamento gay é apanhado em "orgia" homossexual

József Szájer foi autor da revisão constitucional que proíbe o casamento gay na Hungria. Este domingo, foi apanhado a quebrar o confinamento ao participar numa "orgia" num bar gay. O eurodeputado húngaro József Szájer foi autor …

Englobamento do IRS chumbou, mas Governo não desiste. "É para cumprir"

O englobamento do IRS foi, ao segundo Orçamento da legislatura, deixado novamente de fora. Ainda assim, o Ministério das Finanças garante que a ideia é para avançar até ao fim da legislatura. O englobamento do IRS …

Estranho artefacto encontrado no interior de uma múmia egípcia infantil

Uma equipa de cientistas norte-americanos encontrou uma misterioso artefacto no interior de uma múmia egípcia com 2.000 anos, revela uma nova investigação. Recorrendo a tecnologias avançadas de tomografia computorizada, combinadas com difração de raios X …

Ana Gomes tomou vacina da gripe que amiga lhe trouxe de França. Infarmed diz que é ilegal

A ex-eurodeputada, que se encontra na corrida à Belém, tomou vacina da gripe trazida por uma amiga de França, pois diz-se "farta" de esperar. Neste sentido, o Infarmed confirma que este tipo de ação é …

"Está próximo, próximo." Marcelo já escreveu discurso de recandidatura

Esta terça-feira, após as comemorações do 1.º de dezembro, o Presidente da República sinalizou que não faltará muito para anunciar a sua recandidatura. "Está próximo, está próximo", disse. De acordo com o semanário Expresso, Marcelo Rebelo …