BD de Paulo Monteiro nomeada para 3 prémios em França

"O amor infinito que te tenho e outras histórias", BD de Paulo Monteiro

“O amor infinito que te tenho e outras histórias”, BD de Paulo Monteiro

O livro de banda desenhada “O amor infinito que te tenho e outras histórias”, de Paulo Monteiro, está nomeado para três prémios de BD em França, em consequência da edição da obra no país, revelou o autor à Lusa.

O livro, já premiado em Portugal, foi lançado em junho pela editora Six Pieds Sous Terre com o título “L’amour infini que j’ai pour toi”, tendo recebido críticas favoráveis por parte dos media especializados e de alguns jornais generalistas, como o Le Monde.

A obra de estreia de Paulo Monteiro está nomeada para melhor banda desenhada em três prémios distintos: “Prix Sheriff D’or 2013”, atribuído pela livraria Esprit BD (de Clermont-Ferrand), “Prix Bulles De Cristal 2014”, criado pela livraria Ange Bleu, a sul de Paris, e “Prix Lycéen De La Bd Midi-Pyrénées 2014”, indicado pelos estudantes das escolas da região dos Pirinéus.

Paulo Monteiro, nascido em 1967, que dirige o festival de banda desenhada de Beja, reuniu naquele livro 10 histórias feitas entre 2005 e 2010, que versam, de uma forma poética e desassombrada, sobre o amor e a sua impossibilidade.

livrariamundofantasma / Facebook

Paulo Monteiro e Susa Monteiro no 'Mundo Fantasma' (foto: facebook/livrariamundofantasma)

Paulo Monteiro e Susa Monteiro no ‘Mundo Fantasma’ (foto: facebook/livrariamundofantasma)

Com selo da editora Polvo, o livro foi eleito o melhor álbum de banda desenhada de 2011, pelo Festival Internacional Amadora BD.

Para primeira obra, depois de participações em ‘fanzines’, Paulo Monteiro reconheceu que não podia estar mais feliz com o livro, já traduzido e editado em França, Espanha e Polónia.

Em 2014, o livro sairá no Brasil, Reino Unido e na Sérvia e, em 2015, deverá chegar à Coreia do Sul, com capas diferentes da edição portuguesa.

A internacionalização do livro de Paulo Monteiro, que não tem acontecido com esta intensidade na banda desenhada portuguesa, deveu-se a contactos feitos pelo autor, pela editora, mas também pelo “passa-a-palavra” depois da edição em França, um mercado exponencialmente maior do que o português.

Paulo Monteiro está a trabalhar numa segunda obra, que só deverá ser editado em 2015 ou 2016: “Devo acabar a escrita em janeiro ou fevereiro. Demoro muito, porque gosto muito do meu trabalho, gosto muito do que faço aqui em Beja e, depois, o tempo que me sobra nem sempre é para escrever e desenhar”.

Atualmente, Paulo Monteiro tem parte da sua obra exposta na galeria Mundo Fantasma, no Porto, numa exposição conjunta com a ilustradora e autora de banda desenhada Susa Monteiro.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo quer rever norma da dádiva de sangue que exclui homossexuais

O Governo determinou, esta segunda-feira, a constituição de um grupo de trabalho para rever a norma que exclui dadores "por comportamento sexual". De acordo com o SAPO24, o Ministério da Saúde determinou a constituição de um …

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …