“Bazuca” guardada a cinco chaves preocupa líder do TdC

António Pedro Santos / Lusa

O novo Presidente do Tribunal de Contas, José Tavares, durante a tomada de posse no Palácio de Belém.

O presidente do Tribunal de Contas, José Tavares, teme que haja uma sobreposição na fiscalização dos fundos europeus que vão chegar da “bazuca”.

Com receio de que os milhares de milhões de que vão chegar do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) sejam usados indevidamente, toda a precaução é pouca.

cinco entidades fiscalizadoras preparadas para vigiar a “bazuca”, algo que, segundo o presidente do Tribunal de Contas (TdC) pode resultar em sobreposição e atropelo de funções.

“Em minha opinião, devemos evitar estruturas e instituições sobrepostas, pois tal dificulta o bom funcionamento do sistema”, disse José Tavares em declarações ao Expresso.

O Parlamento prepara-se para aprovar uma alteração à legislação que regula a contratação pública, criando mais uma entidade de fiscalização da gestão dos fundos europeus e uma nova regra que obriga a que todos os contratos públicos celebrados com fundos europeus sejam enviados para o Tribunal de Contas.

Além da comissão da Assembleia da República, o próprio Governo tem uma comissão, o Ministério Público tem um protocolo com a Agência da Coesão e a Inspeção-Geral das Finanças também faz auditorias aos fundos, explica o Expresso.

O novo modelo tem como intuito acelerar os contratos públicos com fundos europeus. No entanto, José Tavares lembra que a pressa é inimiga da perfeição.

“Sem perdermos a criatividade e capacidade de improvisação, deveríamos investir na qualidade de organização e no planeamento, bem como na eficiência da gestão, incluindo o controlo interno”, sugere o líder do TdC.

Tavares lembra ainda que “há sistemas de controlo interno da administração financeira do Estado que poderiam ser reforçados”.

  Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Bazuca deveria ser consensual entre todos os partidos e o pais em geral. Deveriam ter Plano claro e consiso de forma a abranger maximo o pais real e nao so 3 ou 4 areas do pais… nao pode ser….
    Nos temos um pais desigual e temos de aproveitar o dinheiro para criar maximo possivel de desenvolvimento em todo o territorio…. eu gostava de ver o Hidrogenio ser produzido em todo o pais em pequena e medias processos e nao em dois claustros porque se houver um insidente ou problema a coisa vai ser grave mas se existirem varios e houver problemas minimizem-se…. deveriam olhar mais para planeamento e desenvolvimento do interior que tem forte potencial… e nada de prioridade do governo…. dinheiros sao mal gastos e roubados com socrates fez e fica sempre a sensacao de que mais uma vez a coisa nao funcionou…. espero que esteja errado…

RESPONDER

O empresário John Textor

Direcção do Benfica e John Textor em reunião

Benfica informou que houve um encontro entre o empresário e dois vice-presidentes do clube, que querem saber mais sobre as intenções do norte-americano. John Textor esteve no Estádio da Luz, nesta quinta-feira. O empresário foi recebido …

BE e PCP fazem pressão e Carlos César questiona: "Sentem-se melhor a fazer oposição ou a fazer acordos?"

O presidente do PS defendeu, esta quinta-feira, que Bloco e PCP têm de esclarecer "o que os move" nas negociações orçamentais: se preferem fazer oposição a um Governo de direita ou fazer acordos com um …

Apenas 14% das vacinas prometidas aos países mais pobres foram efetivamente entregues

Apesar das promessas deixadas por muitos dos países mais ricos e desenvolvidos, número de vacinas que chegou aos territórios é ainda muito baixo, o que pode comprometer os avanços já conseguidos. Apenas uma em sete doses …

Presidente da Coreia do Sul anuncia fracasso da colocação de satélite em órbita

O primeiro foguetão espacial fabricado pela Coreia do Sul falhou a colocação em órbita da sua carga, um satélite simulado de 1,5 toneladas, apesar de o lançamento ter tido sucesso, disse o Presidente do país. O …

Juízes recusam suspender julgamento de Ricardo Salgado

O juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, recusou suspender o julgamento, depois de a sua defesa ter alegado o facto de ter sido diagnosticado …

Quadro de Van Gogh, que esteve nas mãos dos nazis, vai a leilão. Deverá render 25 milhões de euros

Uma pintura de Vincent van Gogh vai ser leiloada no próximo mês, depois de mais de um século sem ser vista em público. Estima-se que o preço de venda chegue aos 25 milhões de euros. O …

Coreia do Sul lança com êxito o seu primeiro foguetão espacial

A Coreia do Sul lançou hoje o seu primeiro foguetão de fabrico próprio, segundo as imagens transmitidas pela televisão, tornando-se o décimo país do mundo com capacidade para desenvolver e lançar veículos espaciais. O veículo coreano …

"A melhor coisa que pode acontecer a Portugal era o Governo ser derrubado e desaparecer"

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu hoje que “a melhor coisa que podia acontecer a Portugal”, neste momento, era o executivo liderado por António Costa “ser derrubado e desaparecer”. Miguel Albuquerque afirmou …

Mulher de João Rendeiro tem mais três dias para entregar as obras em falta

O prazo para a entrega das obras acabou esta quarta-feira, mas a juíza do processo em que João Rendeiro foi condenado a dez anos de prisão efetiva deu mais três dias à mulher do ex-banqueiro. Depois …

Uma estrada com alguns automóveis

Sete cidades do Norte podem ir a jogo pela neutralidade carbónica

Gaia, Porto, Matosinhos, Famalicão, Guimarães, Braga e Viana do Castelo poderão ir a jogo na Missão Climate Neutral & Smart Cities, que quer apoiar a redução de emissões em 100 cidades. Uma coligação de sete cidades …