Barraca no Rock In Rio com problemas de som no concerto dos Korn

EPA/MÁRIO CRUZ

Jonathan Davis, vocalista dos Korn, reage perante problemas de som no Rock in Rio Lisboa

Jonathan Davis, vocalista dos Korn, reage perante problemas de som no Rock in Rio Lisboa

Problemas técnicos em palco obrigaram os norte-americanos Korn a fazerem menos de meia hora de concerto, no Rock in Rio Lisboa, com o público a responder com uma monumental assobiadela. E há muitos espectadores defraudados a garantir que vão exigir o dinheiro do bilhete de volta.

O terceiro dia do Rock in Rio deu “barraca”, com a banda Korn a tocar apenas quatro músicas num concerto marcado por problemas de som e pelos assobios e protestos do público. O concerto, marcado para as 22 horas, começou com quase meia hora de atraso e foi interrompido mal começou, devido a problemas técnicos.

Logo depois, a banda voltou ao palco, mas o som, ou a falta dele, voltou a interromper a actuação, enquanto os protestos na assistência cresciam de tom.

A banda voltou ao palco mais uma vez, já depois das 11 da noite, e acabou por tocar menos de 30 minutos, até porque o concerto dos Hollywood Vampires, de Johnny Depp, estava marcado para as 23:45 horas.

A organização do Rock in Rio não se pronunciou sobre o sucedido e, aparentemente, o problema terá sido motivado por dificuldades com o equipamento da banda.

Os Korn usaram o Twitter para pedir “desculpas sinceras” aos fãs pelo incidente, notando que tiveram “uma série de dificuldades com a energia de palco” e que “infelizmente”, não conseguiram cumprir o concerto na totalidade.

Depois do atribulado concerto da banda norte-americana, no Palco Mundo, centenas de pessoas abandonaram o Parque da Bela Vista sentindo-se defraudadas, e muitas garantiram que iriam reclamar e exigir o dinheiro do bilhete.

Marco Rodrigues, de Lisboa, foi um dos primeiros a dirigir-se ao quiosque na entrada do recinto onde era possível escrever no livro de reclamações.

“Pedi que viesse alguém da organização, mas não apareceu ninguém”,  contou à agência Lusa. “Deixei a minha queixa no livro de reclamações e não me garantem que veja o dinheiro do bilhete”.

Tal como Marco, muitos foram os que se deslocaram ao Parque da Bela Vista para ver os Korn e decidiram apresentar uma reclamação.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

ADN herdado dos neandertais pode aumentar o risco de covid-19

Uma nova investigação concluiu que um segmento de ADN herdado dos neandertais presente em alguns humanos pode aumentar o risco de covid-19. De acordo com o estudo levado a cabo por cientistas da Alemanha e …

Ricardo Salgado vai ser acusado de liderar organização criminosa dentro do BES

O Ministério Público (MP) prepara-se para acusar Ricardo Salgado de liderar uma associação criminosa enquanto esteve à frente do Grupo Espírito Santo (GES), avança o jornal Público este sábado. De acordo com o matutino, esta …

FC Pingzau: O clube que sonha com a Champions e que também pode ser seu por 500 euros

Deter parte de um clube com aspirações à Liga dos Campeões é possível e já pode fazê-lo por apenas 500 euros.O FC Pingzau é o clube austríaco detido por adeptos com o objetivo de chegar …

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …