Esta barra de ouro asteca foi perdida pelos espanhóis durante a “Noite Triste”

Uma barra de ouro encontrada, na Cidade do México, nos anos 80, fazia parte do tesouro asteca saqueado pelos conquistadores espanhóis há 500 anos.

Em 1981, um trabalhador encontrou, na Cidade do México, uma barra de ouro durante a construção de um banco. Agora, investigadores dizem que o artefacto fazia parte do tesouro roubado da capital asteca, há cinco séculos, por Hernán Cortés e outros conquistadores espanhóis, avança a revista Newsweek.

Uma equipa do Instituto Nacional de Antropologia e História do México (INAH) analisou a barra de ouro, com quase dois quilos, e chegou à conclusão de que foi perdida durante a chamada “Noite Triste”, uma batalha que ocorreu, em 1520, entre as forças astecas e espanholas na capital Tenochtitlan.

De acordo com o diretor do Templo Mayor Project (PTM) — uma iniciativa arqueológica do INAH que está a escavar o complexo principal de Tenochtitlan —, Leonardo López Luján, esta barra é uma “peça chave” do puzzle deste evento histórico.

Durante a retirada espanhola, a barra de ouro foi atirada num dos canais que atravessavam a então capital asteca e o Lago de Texcoco, que entretanto foi seco.

Segundo Luján, o local onde a barra foi encontrada corresponde ao canal asteca de Toltecaacaloco, que Cortés e os seus homens usaram para fugir. As suas características aproximam-se das barras de ouro mencionadas em fontes que descrevem este evento histórico.

Cientistas da Universidade Nacional Autónoma de México (UNAM) conduziram uma análise raio X com um equipamento conhecido pelo nome “Sandra”, tendo revelado que a barra consistia em cerca de 76,2% de ouro, 20,8% de prata e aproximadamente 3% de cobre.

Quando chegaram a Tenochtitlan, em 1519, Cortés e os seus homens foram inicialmente bem recebidos pelo imperador asteca Moctezuma. Porém, avança a agência France France-Presse, a relação entre ambos azedou e os espanhóis fizeram do imperador refém.

Em junho de 1520, Cortés — que iniciou a sua expedição sem autorização oficial — soube que o governador espanhol em Cuba havia enviado um grupo de soldados para prendê-lo. O espanhol deixou o tenente Pedro de Alvarado no comando e foi com parte do seu exército lutar contra os soldados que chegavam, derrotando-os.

No entanto, com Cortés fora, Alvarado recebeu a informação de que os astecas estavam a planear um ataque contra si, tendo ordenado que atacassem e matassem nobres e padres desta civilização.

Tal como seria de esperar, os astecas revoltaram-se e sitiaram o complexo onde os espanhóis estavam hospedados e onde mantinham Moctezuma em cativeiro. Quando voltou, Cortés percebeu a terrível situação em que se encontravam e tentou deixar a cidade à noite, a 30 de junho, levando o máximo de tesouros que conseguissem carregar.

 

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Abel Ferreira leva Palmeiras à conquista da Taça do Brasil

O Palmeiras, treinado pelo português Abel Ferreira, conquistou a Taça do Brasil de futebol, ao vencer por 2-0 na receção ao Grêmio, em jogo da segunda mão da final. Depois do triunfo por 1-0 no confronto …

Myanmar: Exército dispara munições reais contra manifestantes

O exército birmanês disparou este domingo contra vários manifestantes com munições reais em Bagan, a cidade histórica na área central de Myanmar, causando um ferido leve, segundo os organizadores do protesto. Milhares de birmaneses voltaram às …

Cientistas criam um "relógio" que mede a idade biológica

Dois cientistas do CECAD Cluster of Excellence in Aging Research desenvolveram um método que pode determinar a idade biológica de um organismo com uma precisão sem precedentes. Todos conhecemos a idade cronológica - a nossa idade …

"Das palavras aos atos". Marcelo com mais de 60% de mulheres na sua equipa no segundo mandato

O Presidente da República considerou este domingo que os passos dados para salvaguardar a igualdade de género em Portugal não são ainda suficientes e afirmou que quis passar "das palavras aos atos" com mais mulheres …

Governo dá 19,8 milhões às escolas para testes rápidos. Ensino privado também quer

O Conselho de Ministros aprovou, este domingo, uma resolução que permite às escolas e ao setor solidário efetuar despesa na realização de testes rápidos de antigénio à covid-19, num montante global de 19,8 milhões de …

Afinal, abandonar Montijo não obriga a indemnizar ANA (e há quem defenda opção Beja)

A alteração do local do novo aeroporto na sequência da avaliação ambiental estratégica não obriga ao pagamento de qualquer indemnização à ANA. De acordo com o esclarecimento do Ministério das Infraestruturas, uma eventual alteração do local …

Descoberta nova relação entre a biodiversidade dos animais e das florestas

Uma análise ao registo de imagens de 15 reservas de vida selvagem em florestas tropicais revelou uma relação até então desconhecida entre a biodiversidade de vários mamíferos e as florestas em que vivem. As florestas tropicais …

Pelo menos 17 mortos e 400 feridos em explosões na Guiné Equatorial

Pelo menos 17 pessoas morreram e outras 400 ficaram feridas após várias explosões registadas, este domingo, num quartel militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, informaram as autoridades. De acordo com dados do Ministério da …

Marques Mendes antecipa desconfinamento a 15 de março. Creches e 1º ciclo são os primeiros a abrir

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes revelou, este domingo, que as creches, pré-escolar e 1º ciclo deverão abrir já a 15 de março. Segundo o comentador, o plano que vai ser …

Olivier Dassault, deputado bilionário francês, morre em acidente de helicóptero

O deputado francês Olivier Dassault, neto do fundador da Dassault Aviation, morreu este domingo, aos 69 anos, num acidente de helicóptero, no nordeste de França, avança a Agência France-Press (AFP). O acidente aconteceu este domingo perto …