Bannon e outros três ex-conselheiros de Trump chamados a depor sobre a invasão ao Capitólio

Gage Skidmore / Flickr

Steve Bannon, ex-conselheiro do presidente dos Estados Unidos.

Mark Meadows, Dan Scavino, Kash Patel e Steve Bannon são os ex-conselheiros de Trump que a comité da Câmara dos Representantes quer ouvir.

O comité da Câmara dos Representantes que está a investigar a insurreição de Janeiro no Capitólio intimou na quinta-feira o chefe de gabinete da administração de Donald Trump, Mark Meadows, assim como outros conselheiros do ex-presidente, para se averiguar o envolvimento de Trump na invasão.

Os outros membros da administração de Trump que foram chamados a depor são o vice-chefe de gabinete Dan Scavino, o director da campanha Steve Bannon e o ex-chefe de gabinete interino do Secretário de Defesa Kash Patel.

As intimações marcam um passo mais agressivo na investigação desde que exigiu registos que criaram o fundamento para um inquérito a um possível envolvimento directo da Casa Branca na invasão.

“O comité seleccionado tem razões para acreditar que têm informação relevante para entender actividades importantes que levaram a e informaram os eventos no Capitólio a 6 de Janeiro. Desta forma, o comité seleccionado quer tanto documentos como o vosso testemunho sobre estes e outros assuntos que estão dentro do âmbito do inquérito”, lê-se na carta enviada aos conselheiros.

Espera-se que o comité avance com ainda mais intimações a testemunhas importantes e com uma segundo audição pública, escreve o The Guardian.

Os conselheiros chamados a depor eram alguns dos membros da administração mais próximos ao Presidente e poderão saber até que ponto Trump estava envolvido nos planos para impedir a certificação da vitória eleitoral de Joe Biden.

Mark Meadows e Dan Scavino estavam com Trump a 6 de Janeiro, tendo o primeiro acompanhado o então chefe de Estado de volta para a Casa Branca depois do comício onde Trump falou sobre fraude eleitoral aos seus apoiantes.

Já Steve Bannon esteve por trás da estratégia de subversão da legitimidade dos resultados da eleição, tendo admitido ainda esta semana que disse a Trump que estava na hora de “matar a presidência de Biden no berço“.

“42% do povo americano pensa que Biden não ganhou a presidência legitimamente. Basta olhar para o que este regime ilegítimo está a fazer. Ele matou-se”, afirmou Bannon.

Já Patel quase foi nomeado director da CIA nas semanas finais da presidência, pode também ter informações importantes sobre o que passou no Capitólio.

Não há garantias de que os conselheiros respondam às intimações e Trump já sugeriu que vai exigir que a administração de Biden invoque os privilégios executivos sobre os registos da anterior administração exigidos pelo comité para tentar bloquear os depoimentos.

No entanto, é pouco provável que a Casa Branca ceda à pressão de Trump já que anteriormente permitiu que o membros do Departamento de Justiça da anterior administração testemunhassem no Congresso e a protecção não se estende a interesses privados.

  Adriana Peixoto, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …

Preço da luz no mercado regulado deverá subir 0,2% em 2022

O preço da eletricidade para os consumidores do mercado regulado deverá subir 0,2% no próximo ano face à média do ano em curso, segundo a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje anunciada. “Para …

Governo recua e anuncia redução de imposto sobre combustíveis. Gasolina desce dois cêntimos e gasóleo um

Com a subida abrupta do preço dos combustíveis, o Governo anunciou esta sexta-feira à tarde que irá reduzir o ISP. Na prática, ao consumidor isto significa que o preço da gasolina vai baixar dois cêntimos …

Bolsonaro admite que chora sozinho na casa de banho

Num encontro organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília, na quinta-feira, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, admitiu que costuma chorar na casa de banho. “Quantas vezes eu choro na casa de banho, em …

Jogadores em greve no Brasil, presidente no Estádio da Luz

Crise financeira grave no Cruzeiro, jogadores não apareceram para treinar e o presidente estava em Portugal. O plantel do Cruzeiro não apareceu no treino marcado para a tarde desta quinta-feira. Na véspera, os jogadores já tinham …

"É devastador": os millenials que querem ter filhos, mas não têm condições financeiras

Têm três empregos, querem mudar de carreira ou estão a mudar-se para zonas distantes para ter alojamento mais acessível. Assim é a vida dos millenials, que fazem tudo para juntar dinheiro suficiente para sustentar uma …

Milionário Robert Durst condenado a prisão perpétua por matar melhor amiga

O tribunal de Los Angeles condenou o excêntrico milionário de 78 anos a pena perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, pelo homicídio em primeiro grau de Susan Berman (o equivalente a homicídio qualificado), segundo a …