Bancos portugueses têm 4 mil milhões em dinheiro parado

Os cofres da banca portuguesa têm quarto mil milhões de euros de excesso de liquidez, valor que representa 2% do PIB e supera as reservas mínimas exigidas pelo Banco Central Europeu (BCE), mas que não traz benefícios imediatos.

Este excesso de liquidez de quatro mil milhões de euros é avançado pelo Diário de Notícias, que cita dados do Banco de Portugal relativos a 29 de Julho passado.

O jornal sustenta que a banca portuguesa tem “dinheiro parado que vai muito além das reservas mínimas exigidas pelo BCE”, situando-se nos quatro mil milhões de euros, isto é, 2% do Produto Interno Bruto (PIB).

Este valor elevado não acarreta benefícios particulares para os bancos, cuja principal via de rentabilidade são os empréstimos, mas a sua colocação na economia real poderia também suscitar riscos.

Os bancos têm “no financiamento a particulares e a empresas a sua actividade core e a sua fonte primordial de receitas, fundamental para a recuperação da sua rendibilidade“, destaca o presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira, ao DN.

Apesar de evidenciar que “em Portugal, a procura de financiamento bancário está francamente abaixo da capacidade de oferta dos bancos”, o dirigente também nota que “é relativamente baixa a procura de crédito que satisfaz os critérios de concessão e de gestão de risco que os bancos estão obrigados a cumprir”.

O economista do Banco Carregosa Rui Bárbara acrescenta que os Bancos estão “menos propensos a emprestar” porque “os níveis de capital não estão num nível óptimo e o crédito malparado ainda é um grande peso nos balanços”.

Além disso, a banca tem ainda que contar com “outro dilema”, explica Rui Bárbara ao DN, sustentando que “só quer emprestar a boas empresas que não pretendem endividar-se, e não às que procuram crédito, que são as empresas com maior risco creditício“.

“Como as famílias portuguesas são das mais endividadas do mundo, é também compreensível que muitas não queiram aumentar o crédito. Daí a tendência para acumular liquidez”, conclui o economista.

Neste cenário de aperto ao crédito, há cada vez mais empresas portuguesas a procurarem financiamento em “bancos não residentes e, em menor escala, através da emissão de títulos de dívida no exterior”, sustenta o DN, dando os exemplos da construção e do imobiliário como os mais claros desta tendência.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …

Fátima esperava pela mãe à porta da escola. Foi torturada e assassinada

A menina de sete anos desapareceu, no dia 11, quando esperava pela mãe à porta da escola, num bairro da capital mexicana. O seu corpo foi encontrado alguns dias depois, com sinais de tortura. Fátima Anton, …