Bancos têm até 2046 para pagar empréstimos ao Fundo de Resolução

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno

As condições do empréstimo do Estado ao Fundo de Resolução foram revistas e o prazo de pagamento dos reembolsos alargado para dezembro de 2046, avança um comunicado do gabinete do ministro das Finanças.

O documento anuncia que as condições dos empréstimos concedidos pelo Estado ao Fundo de Resolução “foram alteradas” e que foi alargada para cerca de 30 anos a maturidade dos empréstimos, relativos à injeção de 3.900 milhões de euros pelo Tesouro para a resolução do BES e capitalização do Novo Banco, em agosto de 2014, e de 489 milhões de euros na intervenção no Banif, dos quais 136 milhões de euros já foram reembolsados.

A revisão em causa permitirá que o pagamento anual por parte dos bancos possa ser realizado com receitas da contribuição ordinária e da contribuição sobre o setor bancário, “mantendo-se o esforço de contribuição dos bancos ao nível atual”, sem serem necessárias quaisquer contribuições extraordinárias pelo setor bancário.

O Governo diz que, em termos gerais, a taxa de juro a aplicar aos empréstimos “teve por base o custo de financiamento da República Portuguesa“, ao que se junta uma comissão, que será “periodicamente atualizada de forma compatível com o indexante a considerar” e permitirá “manter as condições de solvabilidade do Fundo de Resolução”.

O comunicado do gabinete de Mário Centeno sublinha que a revisão dos empréstimos permite assim que “seja assegurado o pagamento integral das responsabilidades do Fundo de Resolução”, reforçando que fica garantida a respetiva remuneração, sem se ter de recorrer a contribuições especiais ou a qualquer outro tipo de contribuições extraordinárias por parte do setor bancário.

“Até à data, o Estado recebeu do Fundo de Resolução o pagamento de 270 milhões de euros a título de juros e de 136 milhões de euros a título de reembolso antecipado parcial de um dos empréstimos do Estado”, lê-se na nota.

O documento acrescenta ainda que a revisão dos termos dos contratos contou com o acordo da Comissão Europeia e permite reduzir a incerteza face às responsabilidades anuais dos bancos no futuro, independentemente das contingências que venham a recair sobre o Fundo de Resolução.

O Fundo de Resolução português iniciou a sua atividade em 2012.

Além de terem de contribuir para o Fundo de Resolução nacional, os bancos portugueses contribuem ainda para o fundo de resolução único europeu, ao abrigo do Mecanismo Único de Resolução.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Miguel Pinto Luz é candidato à liderança do PSD

O vice-presidente da Câmara de Cascais anunciou, esta sexta-feira, que se vai candidatar à liderança do PSD para suceder a Rui Rio. Foi através de um vídeo publicado no YouTube que Miguel Pinto Luz, vice-presidente da …

Roubo de dinheiro pode ser deduzido no IRC em casos excepcionais

O roubo de valores em dinheiro pode ser usado pela empresa afetada como uma dedução ao lucro tributável desde que este tenha ocorrido em condições muito excecionais, como o envolvimento de armas de fogo, esclarece …

Baleias usam "redes de bolhas" para caçar as suas presas (e um vídeo raro prova-o)

https://vimeo.com/367029392 Alguns cetáceos, como as baleias jubarte, usam "redes" para caçar as suas presas. Os animais mergulham e nadam em forma de anel em redor das suas presas, soprando bolhas à medida que avançam. O anel ascendente …

Assunção Cristas vai deixar o Parlamento

A líder demissionária do CDS-PP, Assunção Cristas, vai renunciar ao mandato de deputada, mas ficará na Assembleia da República até ao próximo congresso, em 25 e 26 de janeiro de 2020. O anúncio foi feito esta …

Carles Puigdemont apresenta-se às autoridades belgas, mas recusa entregar-se a Espanha

O ex-presidente da Generalitat Carles Puigdemont, fugido na Bélgica e perseguido pela justiça espanhola desde 2017 apresentou-se esta sexta-feira voluntariamente às autoridades belgas, mas recusa entregar-se. Carles Puigdemont, acusado de delitos de sedição e má gestão …

O muco tem a capacidade secreta de dominar germes

https://vimeo.com/366782239 O nosso corpo está repleto de muco, e isto não se explica apenas pela chegada do outono. Um estudo recente demonstrou uma das inesperadas propriedades benéficas do muco: contém açúcares que controlam os germes potencialmente …

Cientistas desenvolvem "corda de guitarra" que toca sozinha

Cientistas da Universidade de Lancaster e da Universidade de Oxford, no Reino Unido, desenvolveram um circuito nanoeletrónico que vibra sem nenhuma força externa. Usando um pequeno cabo suspenso, muito semelhante a uma corda de guitarra, a …

Hubble capta a imagem mais nítida do primeiro cometa interestelar confirmado

O Hubble conseguiu captar uma fotografia de 2I/Borisov, o primeiro cometa interestelar até agora detetado, avançou a NASA, que opera o telescópio espacial. De acordo com a nota divulgada pela agência espacial norte-americana, a fotografia …

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …