Banco de Inglaterra estima perda de 10 mil empregos no dia seguinte ao Brexit

O Banco de Inglaterra estimou hoje que, logo no dia seguinte à saída daquele país da União Europeia, se perderão 10 mil empregos, e solicitou ao governo britânico um acordo de transição para evitar prejuízos para as empresas.

Falando numa audiência parlamentar, o vice-governador da autoridade de regulação prudencial do Banco de Inglaterra, Sam Woods, disse esperar que tal perda se registasse no “primeiro dia” após a concretização do ‘Brexit’.

De acordo com o responsável do Banco de Inglaterra, esta estimativa representa os cerca de 3% daqueles que trabalham em Londres ou nas redondezas e de 2% dos empregos na banca e seguros.

Muitas empresas que compõem o setor financeiro britânico têm demonstrado estarem preocupadas com a saída daquele país da União Europeia, prevista para março de 2019.

Sam Woods alertou os legisladores que, para evitar problemas para estas companhias, deveria ser feito em breve um acordo de transição. Isto porque, continuou, serão registados “prejuízos” caso as empresas tenham de adotar planos de contingência para o primeiro trimestre do próximo ano.

O responsável notou que, a longo prazo, as previsões são mais negativas, já que se estima a perda de 65 mil a 75 mil empregos, número que está dependente do tal acordo de transição para que as empresas possam operar na União Europeia. Já na terça-feira, a cadeia televisiva local BBC divulgou estas projeções do Banco de Inglaterra.

Segundo a estação televisiva, os executivos do supervisor bancário inglês estão a trabalhar neste “cenário razoável” do que pode acontecer, sobretudo se não houver um acordo em matéria financeira entre a UE e o Reino Unido, quando o país sair do espaço comunitário, em março de 2019.

O número de empregos que podem ser suprimidos vai depender da relação entre as duas partes, acrescentou a BBC.

Caso a relação entre o Reino Unido e a UE na área comercial fique sob as regras da Organização Mundial de Comércio (OMC), os bancos com sede no país vão perder os seus direitos a operar no espaço comunitário, pelo que muitos postos de trabalho serão transferidos para outras capitais europeias.

A eliminação de 75 mil postos de trabalho é a estimativa para os próximos três a cinco anos e deve ocorrer nos serviços financeiros, mas também em outros associados, como no setor legal.

As negociações atuais ainda dão incertas, por não estar clara qual a relação final do Reino Unido com a UE e se Londres terá um vínculo comercial especial com os restantes 27 países.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …