Baixa estatura associada a um maior risco de diabetes tipo 2

Um novo estudo sugere que a nossa altura pode estar relacionada com a probabilidade de vir a sermos diagnosticados com diabetes tipo 2.

De acordo com o Live Science, investigadores do Instituto Alemão de Nutrição Humana analisaram informação de mais de 27 mil pessoas do país (com idades entres os 35 e os 65 anos) que, para além de terem sido submetidas a um exame físico e a várias análises ao sangue, foram seguidas durante sete anos.

O novo estudo, publicado esta segunda-feira na revista científica Diabetologia, sugere que pessoas mais baixas têm maior probabilidade de virem a ser diagnosticadas com diabetes tipo 2.

Os cientistas descobriram que cada aumento de dez centímetros na altura de uma pessoa estava associado a um risco reduzido de desenvolver a doença: 41% nos homens e 33% no caso das mulheres.

Os resultados foram semelhantes, mesmo quando a equipa teve em conta fatores que poderiam afetar esse risco, como a idade, a circunferência da cintura, os níveis de atividade física e os hábitos de fumar e beber.

A conclusão deste estudo junta-se agora a pesquisas anteriores, que também associam a menor estatura a um maior risco de vir a ter problemas cardíacos e metabólicos. No entanto, a razão para esta associação com a diabetes tipo 2 ainda não é clara.

Os resultados da nova pesquisa mostram que pessoas mais baixas tendem a ter níveis mais altos de gordura no fígado, o que em parte pode explicar o aumento do risco de diabetes tipo 2, disseram os autores do estudo.

Dos participantes, os investigadores selecionaram aleatoriamente 2500 pessoas que eram representativas de todo o grupo. Cerca de 800 desses participantes desenvolveram diabetes tipo 2 durante o estudo.

A relação entre altura e risco de diabetes tipo 2 foi mais forte entre os participantes com peso saudável (IMC entre 18 e 25), em oposição aos que estavam com peso a mais ou obesidade.

De acordo com os autores do estudo, é provável que, para as pessoas mais altas, uma circunferência maior da cintura contraria um pouco o risco reduzido de diabetes tipo 2 que está associado à sua altura.

Os investigadores também descobriram que ter pernas mais longas (ao contrário de um torso mais longo) estava associado a um menor risco de diabetes tipo 2, sobretudo nos homens.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Descobertos cadáveres de guerreiros do século XIII. Podem ter sido enterrados pelo Rei Luís IX

Cientistas britânicos acreditam que os cadáveres dos guerreiros cristãos tenham sido enterrados por Luís IX, rei de França, no século XIII. Um grupo de arqueólogos internacionais encontrou no castelo de Sidon, no Líbano, valas comuns com …

Hidroavião de Sacadura Cabral e Gago Coutinho é único no mundo e está em Lisboa

Um dos hidroaviões que há quase 100 anos transportaram Sacadura Cabral e Gago Coutinho na primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul está exposto no Museu da Marinha, em Lisboa, e é o único aparelho original …

Programa da SIC Notícias comentou eleições em dia de reflexão. CNE deixou aviso

O "Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer", da SIC Notícias, falou sobre as eleições em dia de reflexão, porque "comentário não é propaganda eleitoral". As eleições autárquicas estão marcadas para este domingo e, como …

Os dentes das formigas-cortadeiras são tão resistentes como facas

Um novo estudo indica que as formigas-cortadeiras têm uma teia de átomos de zinco entrelaçados na estrutura biológica das mandíbulas, o que lhes dá a durabilidade de um conjunto de facas de aço inoxidável. De acordo …

Francisco George defende vacinação de crianças com menos de 5 anos contra a covid-19

As crianças maiores de cinco anos devem ser vacinadas contra a covid-19, desde que a segurança e a eficácia da vacina estejam comprovadas cientificamente nestas idades, defende o médico especialista em saúde pública Francisco George. A …

Cientistas imprimiram, pela primeira vez, células cerebrais vivas em 3D

Uma equipa de cientistas usou uma nova técnica laser e conseguiu imprimir em 3D células cerebrais vivas. A maioria dos neurónios sobreviveram durante mais de dois dias após terem sido impressos em 3D, o que significa …

Descoberto antídoto contra agentes nervosos tipo Sarin e Novichok

Uma equipa do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL), nos Estados Unidos, desenvolveu um antídoto que neutraliza a exposição ao envenenamento por agente nervoso. O estudo, que foi publicado na revista Scientific Reports, foi o resultado de …

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …