Bactérias kamikaze sacrificam-se para proteger a sua colónia de um ataque de antibióticos

Quando uma colónia de E. coli foi exposta a um antibiótico, apenas uma pequena quantidade da bactéria absorveu a molécula antimicrobial. Foi como se sacrificassem pelo resto da colónia sobreviver.

O estudo publicado, no passado mês de dezembro na revista eLife, revelou uma nova forma de auto-defesa das bactérias. Os cientistas usaram uma molécula antimicrobial conhecida como LL37, normalmente produzida pela pele humana e alguns órgãos para afastar bactérias externas.

De forma a rastrear a sua disseminação, os investigadores modificaram a molécula para que esta apresentasse um brilho verde. A experiência revelou-se surpreendente para os biólogos quando se depararam que apenas uma pequena porção da E. coli consumia a maior parte da LL37.

Estas bactérias comportam-se assim como uma espécie de “carne para canhão”, que permitia que o resto da colónia se desenvolvesse sem problemas. Apesar de o antibiótico abrandar o crescimento, nunca o impedia por completo.

Os investigadores desenvolveram um modelo matemático, que segundo Andrej Košmrlj, co-autor do estudo, “dá uma explicação prática de como este fenómeno funciona”. Segundo o New Atlas, Košmrlj constatou que “a concentração inibitória crítica de peptídeos antimicrobiais depende do número de bactérias”. Contudo, os cientistas continuam sem saber como explicar totalmente o comportamento das bactérias.

“As nossas descobertas têm implicações profundas para a evolução das bactérias, bem como na medicina, para o design e criação de novos antibióticos“, comentou o biólogo Sattar Taheri-Araghi, outro dos co-autores do estudo.

Esta não é, no entanto, a única forma de as bactérias se protegerem. Um estudo realizado prova também que as bactérias entram em “modo zombie” para sobreviver à fome. Quando sofrem de falta de nutrientes, algumas bactérias podem sobreviver entrando em sono profundo.

ZAP // New Atlas

PARTILHAR

RESPONDER

"Célula de combustível reversa" converte resíduos de carbono em produtos valiosos

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciou o desenvolvimento de um eletrolisador capaz de produzir produtos químicos valiosos a partir de CO2 e eletricidade limpa com uma velocidade 10 vezes superior …

Descobertas da missão Juno alimentam mistério da água em Júpiter

A missão Juno da NASA forneceu os seus primeiros resultados científicos sobre a quantidade de água na atmosfera de Júpiter. Publicados recentemente na revista científica especializada Nature Astronomy, os resultados da Juno estimam que, no …

Os humanos podem descender de marcianos antigos, diz Bill Nye

Bill Nye defendeu recentemente que é importante continuar a financiar a agência espacial norte-americana, especialmente se as missões levadas a cabo pela NASA no futuro ajudarem a responder a uma questão há anos tira o …

Londres dá o nome de Freddie Mercury a uma rua

Londres rebatizou uma das suas ruas em honra do vocalista dos Queen, Freddie Mercury. A rua em causa fica perto da primeira morada do artista na capital inglesa. Uma rua nos subúrbios de Londres, onde o …

Gil Vicente 0-1 Benfica | Vlachodimos segura liderança

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS e recuperou a liderança na tabela classificativa. Na visita ao Gil Vicente, os “encarnados” ganharam por 1-0, num jogo que foi tudo menos fácil para os campeões nacionais. O …

Exército norte-americano está a desenvolver tecidos que neutralizam agentes nervosos

A roupa das tropas norte-americanas poderá, no futuro, combater alguns dos agentes nervosos mais perigosos do mundo. Uma equipa de químicos da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, está a desenvolver um tecido capaz de neutralizar …

Mona Lisa de cubos mágicos vendida em leilão por 480 mil euros

"Rubik Mona Lisa", uma Mona Lisa feita com quase 300 cubos mágicos, foi vendida em leilão, este domingo, por 480.200 euros. A obra é da autoria do artista francês Invader. A obra de arte, que se …

Cientistas utilizam IA para criar antibiótico que mata até as bactérias mais resistentes

Investigadores norte-americanos utilizaram mecanismos de inteligência artificial para criar um poderoso, capaz de matar algumas das bactérias resistentes mais perigosas do mundo. Segundo informou o Guardian, este fármaco atua de maneira diferente dos antibacterianos existentes, tendo …

Mulheres que assinaram acordos de sigilo vão poder falar sobre comportamento de Bloomberg, garantiu o empresário

Após uma extensa repercussão sobre os acordos de confidencialidade da sua empresa, que impedem as funcionárias de falar sobre as alegações de assédio no local de trabalho, Michael Bloomberg tentou inverter o curso da polémica. "A …

Nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado

O nome de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional não deverá ser aprovado na próxima sexta-feira. PSD e BE mostram-se contra a sua nomeação. Os deputados do PSD “não estão confortáveis” com a proposta do PS …