“Aviso à Humanidade”. Parem de matar insetos, antes que seja tarde demais

Metade do milhão de espécies animais e vegetais em extinção são insetos e os cientistas alertam, num “aviso à Humanidade”, que o seu desaparecimento pode ser catastrófico.

“A atual extinção de insetos é profundamente preocupante. No entanto, aquilo que sabemos é só a ponta do icebergue”, afirma à AFP Pedro Cardoso, biólogo do Museu Finlandês de História Natural e autor principal do estudo publicado, este domingo, na revista científica Biological Conservation.

“A atividade humana é responsável por quase todas as quedas e extinções na população de insetos”, acrescenta o investigador, entre as quais se inclui a diminuição e a degradação do habitat; o uso de poluentes, especialmente inseticidas; as espécies invasoras; a sobre-exploração (mais de 2000 espécies de insetos fazem parte da dieta humana) e as mudanças climáticas.

“Com a extinção de insetos, perdemos muito mais do que espécies. Muito insetos são provedores vitais de serviços insubstituíveis” — polinização, ciclagem de nutrientes e controlo de pragas são alguns desses casos.

Os cientistas estimam que o número de espécies de insetos se situa em cerca de 5,5 milhões. Deste, apenas um quinto dos animais foram identificados. “O número de espécies ameaçadas e extintas é lamentavelmente subestimado, porque muitas são raras ou ainda não foram descritas”, explica o biólogo.

A Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN) avaliou apenas 8400 espécies de insetos do milhão em extinção que se sabe existir.

Há um quarto de século, os cientistas emitiram um primeiro “aviso à Humanidade” sobre o colapso da Natureza. Em 2017, emitiram um segundo aviso, assinado por 15 mil cientistas. Quantos avisos vão ser precisos para mudar?

ZAP ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. «…Há um quarto de século, os cientistas emitiram um primeiro “aviso à Humanidade” sobre o colapso da Natureza. Em 2017, emitiram um segundo aviso, assinado por 15 mil cientistas. Quantos avisos vão ser precisos para mudar?…» – in ZAP aeiou

    Só 15 mil? Porquê que não foram quinze mil e um, ou quinze mil e quinhentos, se é assim tão grave?

    • Estive a fazer uma contagem e na realidade não foram 15.000 foram exatamente 15.105, as desculpas pela imprecisão da contagem.
      Qual a importância de ser 15105 e 15000 ou o que for, são muitos.
      Agora que o bicho homem anda a cavar a sua sepultura, é verdade, que a revolução industrial veio dar uma ajuda é verdade. Se não mudarmos a nossa forma de viver é esse o caminho, a sepultura da espécie.
      De certeza que as espécies sobreviventes vão sentir as diferenças, do desaparecimento da espécie dominante mas para muito melhor. E vão dizer até que enfim o equilibrio natural finalmente foi reposto.

  2. O Presidente João Lourenço vai finalmente decretar o fim da caça aos marimbondos, de imediato após a leitura deste artigo. Pfizer, Bayer, BASF pararam de imediato o fabrico nas linhas de medicamentos contra pulgas, percevejos, carraças e até chatos. Está proibida a caça aos gafanhotos no Sudāo.
    Ora se se forem encher de moscas!

  3. Pois é meus amigos comentadores, os insectos pertencem á NATUREZA que é mãe e assim os humanos a destroe.
    Pois há mosquitos porque matam quem se alimentava deles.
    É saber que na era romana não havia mosquitos, porque era alimentação que hoje os humanos mataram e matam quem os comia!
    O humano destroe o mundo, com guerras, odio, e tudo mais…

  4. Os 15105 e os restantes preocupados com os insetos que venham aqui ao Alentejo ver a nossa diversidade de bichos. Aqui temos espécies extintas desde a era dos Romanos.
    Então políticos milionários, ladrões e capitalistas é aos montes.

    • Só faltou aí implantarem o comunismo pois andariam possivelmente agora a comer insectos e outra bicharada e mais extinções teriam!

  5. Enquanto os humanos não se mentalizarem que sobretudo um controlo da natalidade poderá salvar o planeta, nada estará resolvido. Quando se houve falar em previsões de grande aumento da população mundial basta perceber que o planeta não aumentará de tamanho e que a casa começará a ficar apertada para tantos habitantes e o quintal com menos recursos, é apenas isto!.

RESPONDER

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …