Avião norueguês aterrou de emergência no Irão (e está “refém” há quase um mês)

Há um avião norueguês ”preso” há quase um mês num aeroporto no Irão. O Boeing 737 MAX da Norwegian Air Shuttle com 192 passageiros a bordo descolou do Dubai, rumo a Oslo, no dia 14 de dezembro.

Menos de uma hora depois, a tripulação detetou uma falha técnica que obrigou a uma aterragem por precaução em Shiraz, do outro lado do Golfo Pérsico. Era a primeira vez que uma aeronave da segunda maior companhia área da Escandinávia e a terceira maior lowcost da Europa aterrava no Irão, país onde não opera.

Os passageiros e tripulação passaram a noite num hotel local e seguiram viagem para Oslo no dia seguinte, a bordo de uma aeronave de substituição. Mas o mesmo não aconteceu com o Boeing 737 MAX, recentemente fabricado e entregue à companhia norueguesa em outubro.

Na origem do problema estão as sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irão. As peças necessárias para a reparação do avião não podem ser enviadas dos EUA para o Irão, uma vez que as empresas norte-americanas estão proibidas de vender aviões ou partes de aeronaves a Teerão.

Em maio de 2018, o Presidente Donald Trump retirou os EUA de um histórico acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano, que previa a prossecução deste para fins civis, e voltou a impor sanções a Teerão.

Ao jornal dos Emirados Árabes Unidos The National, a companhia aérea norueguesa recusa-se a comentar o incidente, mas garante que estão a ser ponderadas várias opções para que o Boeing 737 MAX possa voltar a voar.

Os passageiros do voo não chegaram a ter os seus passaportes carimbados pelas autoridades iranianas, de modo a evitar dificuldades em eventuais viagens para os Estados Unidos.

São muitas companhias ocidentais a sobrevoar o Irão, um país atravessado por importantes rotas aéreas entre a Europa e a Ásia, mas são poucas as que operam voos naquele país.

British Airways, Air France e KLM tinham restabelecido recentemente as suas ligações a Teerão ao abrigo do acordo internacional, mas voltaram a suspender as rotas em 2018.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ó ZAP… então mas que raio de frase é esta??!! “…uma vez que se encontram as empresas norte-americanas estão proibidas de vender aviões ou partes de aeronaves a Teerão.” Que raio de linguagem é esta? Está tudo fumado por aí?

RESPONDER

Afinal comer um ovo por dia é mau outra vez

Afinal, comer um ovo por dia não é assim tão bom para a saúde como estudos recentes sugeriam. O maior consumo de ovos e colesterol pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de morte …

Na Colômbia, há um "arco-íris líquido" que é descrito como a 8ª maravilha do mundo

Escondido nos confins da Serra da Macarena, na Colômbia, está o rio Caño Cristales. De dezembro a maio, o curso de água é como outro qualquer, apesar de estar rodeado de um dos ecossistemas mais …

Com uma nova interface neural, a telepatia já é possível

Uma equipa internacional de cientistas deu um passo adiante no desenvolvimento de interfaces neuronais para propor uma interface que envolve a transferência de informação entre as pessoas diretamente. As interfaces cérebro-computador podem melhorar as habilidades individuais …

Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de …

Baleia encontrada morta nas Filipinas com 40 quilos de plástico no estômago

Uma baleia foi encontrada morta na sexta-feira, na costa sudeste das Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago, informou a imprensa local. O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, …

Macron convoca reforços após novos confrontos de coletes amarelos

A nova manifestação de "coletes amarelos", no sábado, registou distúrbios violentos na capital francesa. Como resposta, o presidente francês Emmanuel Macron convocou um reforço das forças de segurança. O dia de sábado marcou mais um protesto …

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …