Avião atingido por um raio salvou-se a 7 segundos do desastre

Aero Icarus / Flickr

Avião Saab 2000

O bimotor Saab 2000, fabricado na Suécia tem capacidade para 50 a 80 passageirose atinge uma velocidade de 665 km/h

Os pilotos de um voo da companhia aérea escocesa Loganair conseguiram salvar as 33 vidas a bordo, a apenas 7 segundos de que a aeronave se despenhasse no Mar do Norte.

A tragédia esteve prestes a acontecer em dezembro passado, mas apenas agora foi revelada, num relatório oficial divulgado pelo canal de televisão britânico Sky News.

Depois de ter sido atingido por um raio, o avião, um Saab 2000 com 30 passageiros e 3 tripulantes a bordo, entrou em queda a pique e acelerou em direcção ao solo.

Ao mesmo tempo, o sistema de piloto automático impedia os pilotos de recuperar o controlo do avião e ganhar altura.

Quando se encontrava a apenas 350 metros do mar, os pilotos conseguiram finalmente recuperar o controlo da aeronave e travar a queda do aparelho.

A aeronave, que faz serviço de vaivém entre as ilhas do norte da Escócia, voava de Aberdeen para Sunburg, nas Ilhas Shetland.

A cerca de 11 quilómetros do destino, o aparelho foi atingido por um raio, que percorreu a aeronave do nariz até à cauda.

O avião, que estava em modo de piloto automático, entrou em perda de altitude sem que os pilotos pudessem recuperar o seu controlo.

Ao chegar aos 1200 metros de altitude, o aparelho entrou subitamente em queda a pique e acelerou até uma velocidade de 50 metros por segundo.

A 350 metros de altitude, quando apenas 7 segundos separavam o avião da desgraça iminente, o comandante conseguiu finalmente recuperar o controlo e travar a queda.

O avião chegou ao seu destino, onde aterrou em segurança apenas com danos ligeiros.

Nenhum dos passageiros sofreu ferimentos – apenas um susto para o resto da vida.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. 50 m/s = 180 km/h – não é nada para um avião…. srs jornalistas aprendam a ter espírito crítico. Foge tudo das matemáticas e depois dá nisto!

    • Caro Ferreira, obrigado pelo seu reparo.
      A referência à velocidade de 50m/s serve explicitamente para realçar que a essa velocidade e a uma altitude de 350 metros, a tragédia estava a 7 segundos de acontecer.

  2. Se o avião viesse em queda livre com a velocidade de 50 m/s a 350 metros de altitude, chegaria ao mar em cerca de 4,7 segundos e não 7, se o atrito do ar for desprezado.

    • É só fazer as contas mesmo, s=350 m, e como V0=50m.s-1 e a=g=9.8m.s-2 então a velocidade final é tal que (1) V=V0+2.a.s e (2) t=sqrt[2(V-V0)/a]. Nota: sqrt é a raíz quadrada.

      • Agora fiquei mesmo em pânico com a sua matemática ou lá o que é!!!
        A notícia já me disse que foram 7 segundos, ou 350 metros!
        O que me interessa a mim ou restantes leitores se percebe de equações???
        TEMOS QUE DESBUROCRATIZAR!

    • Anda tudo com os copos ou quê?
      Se vai a 50 m/s e faltam 350 metros qual é a dúvida que o embate seria em 7 segundos (caso não ocorresse qualquer alteração da velocidade do avião)????

      Onde é que estudaram? Foi ao domingo à tarde numa qualquer privada do país?

      • O senhor Ahhhhhh???!!!! escusava de ser mal educado. Reafirmo que o avião chegaria ao solo em cerca de 4,7 segundos, ou 4,77 segundos, com melhor precisão. Isto se desprezarmos o atrito do ar. Eu sou professor universitário e sei do que falo. Se eu quisesse ser mal educado como o senhor foi, chamava-lhe burro, mas não lhe vou chamar porque não quero ser mal educado. Como sou professor é meu dever explicar-lhe os cálculos: o avião em queda livre sofre uma aceleração e por isso não mantém a velocidade de 50 m/s. A sua velocidade vai aumentando e por isso demora menos do que os 7 segundos reclamados. O senhor Ahhhhhh???!!!! não é burro mas ainda tem alguma coisa que aprender e quando não sabe de um assunto o melhor é manter-se calado, para não mostrar a sua ignorância. Passe bem!

        • Ó amigo, perca lá um pouco de tempo e veja o que escrevi: “…(caso não ocorresse qualquer alteração da velocidade do avião)…”
          Quanto ao seu raciocínio também lhe posso afiançar não estar tão correto como sua eminência pensa.
          Se quer ser perfecionista, não pode obviamente esquecer o atrito do ar. Era o que mais faltava. Apenas no vácuo a aceleração de um qualquer corpo é constante. No ar, a densidade dos corpos que determinam a sua resistência é fundamental.
          Quem é que lhe disse que estruturalmente o avião não sofreu nesse período de tempo uma qualquer transformação que lhe provocasse uma alteração da sua resistência e desse modo pudesse aumentar ainda mais ou reduzir a sua velocidade nesse intervalo de tempo? Sabe é que o caro amigo não é o único professor universitário em Portugal. Há por aí muitos mais…
          Quanto ao manter-se calado…deixo-o com as suas doutas palavras.

RESPONDER

Para ouvir a nova música dos Pearl Jam tem de apontar o telemóvel para a Lua

A banda de rock norte-americana Pearl Jam está empenhada em usar as tecnologias ao serviço da criatividade e da promoção do novo disco, que vai ser lançado no dia 27 de março. Uma semana antes do …

Roedor gigante pré-histórico tinha um cérebro de apenas 113 gramas

O crânio de um roedor que viveu há dez milhões de anos, na América do Sul, indica que, apesar de este animal ter sido grande e pesado, o seu cérebro era totalmente o oposto. De acordo …

"Estrela da Morte". Trump tem máquina de desinformação de mil milhões de dólares para ser reeleito

Face às eleições presidenciais dos EUA que se realizem este ano, Donald Trump montou uma máquina de desinformação, conhecida por "Estrela da Morte", avaliada em 1 mil milhão de dólares. Enquanto se desenrolam as primárias democratas …

Procura mundial de petróleo pode alcançar o seu nível mais baixo numa década por causa do coronavírus

O surto de coronavírus afetará de forma "significativa" a procura global por petróleo, podendo esta atingir o seu nível de procura mais baixo numa década, alerta a Agência Internacional de Energia (IEA). Com a desaceleração da …

Vitória SC 1-2 Porto | “Dragão” cola-se à liderança

A Liga NOS está ao rubro. O FC Porto foi a Guimarães vencer o Vitória SC por 2-1 e está a apenas um ponto da liderança do campeonato, na sequência da derrota do Benfica no …

Ventura não faz "fretes". Chega não viabilizará Governo do PSD se não houver cedências

Para governar com a direita, o PSD precisa do recém-eleito Chega. No entanto, há características que separam os partidos: enquanto que os sociais-democratas se querem estabelecer ao centro, André Ventura estabelece linhas vermelhas e não …

Egito atinge 100 milhões de habitantes (mas não há grandes motivos para celebrar)

A população do Egito atingiu os 100 milhões de habitantes, tornando-se no país árabe mais populoso e o terceiro em África atrás da Etiópia e da Nigéria, anunciaram ontem as autoridades. O calculador eletrónico instalado no …

Coronavírus: Há mais dois casos suspeitos em Portugal

Há mais dois casos suspeitos de infeção por coronavírus em Portugal. Os doentes, que vieram da China, já foram encaminhados para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, e para o Hospital de São João, no …

Morreu o ator Tozé Martinho

O ator António José Bastos de Oliveira Martinho, mais conhecido como Tozé Martinho, morreu este domingo aos 72 anos. Tozé Martinho morreu este domingo, aos 72 anos. O ator foi levado para o Hospital de Cascais, …

NASA já tem um preço para a próxima alunagem

O responsável pelos voos tripulados da NASA, Doug Loverro, revelou esta semana que a agência espacial vai precisar de  35 mil milhões de dólares nos próximos quatro anos para conseguir voltar a pisar a Lua …