As aves migratórias têm um misterioso sexto sentido (que acaba de ser explorado)

J. Kelly / Wikimedia

Investigadores da Universidade Goethe de Frankfurt, na Alemanha, analisaram recentemente diversos estudos de campo sobre habilidades de navegação das aves e relataram as suas conclusões num recente artigo científico.

Algumas aves exibem um misterioso sexto sentido no que diz respeito às habilidade de navegação. Extremamente sofisticada, esta características das aves migratórias permitem que estes animais voem milhares de quilómetros, um fenómeno que ainda não é totalmente compreendido pela Ciência.

Wolfgang e Roswitha Wiltschko, da Universidade Goethe de Frankfurt, na Alemanha, decidiram aprofundar esta questão e publicaram um artigo científico no Journal of the Royal Society Interface sobre o tema.

Um dos temas mais abordados em estudos científicos é o facto de os pássaros voarem longas distâncias fazendo um uso inteligente do campo magnético da Terra. Segundo a maioria dos cientistas, as aves aproveitam-se de duas características do campo magnético terrestre: a direção das linhas de campo e a sua intensidade.

Segundo o Phys.org, os cientistas destacam que vários estudos apontam uma evidência especial: a presença de uma proteína nos olhos destes animais que lhes permite “ver” o campo magnético durante o voo. É uma espécie de bússola interior que guia o pássaro – não em direção ao norte ou ao sul magnético, mas sim “rumo ao polo” ou “rumo ao equador”.

Quanto à deteção e medição da intensidade do campo magnético, Wolfgang e Roswitha Wiltschko citam vários artigos científicos que lançam a suspeita de que há pedaços de metal (magnetita) incorporados em tecidos capazes de “sentir” o magnetismo, e nervos que transportam as informações até ao cérebro das aves.

No mais recente artigo, os investigadores destacam que ainda não existe consenso na comunidade científica quanto ao metal incorporado nestes animais, mas há palpites: um deles é que o metal se situa no bico da ave.

No entanto, continua a ser um mistério como e em que partes do cérebro a navegação é “programada”. Segundo os Wiltschkos, algumas investigações levantam a teoria de que o hipocampo destas aves está fortemente envolvido – uma parte do cérebro conhecida pelo seu papel na memória.

Na prática, os pássaros podem ser capazes de adicionar informações de navegação às informações geográficas que armazenam à medida que envelhecem.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …

Asteróide que dizimou os dinossauros atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível"

O asteróide que dizimou os asteróides e 75% de todas espécies à face da Terra há 65 milhões de anos atingiu a Terra no "mais mortífero ângulo possível", concluiu uma investigação do Imperial College de …

O Sol pode ser fruto de um acidente galáctico entre a Via Láctea e uma galáxia anã

Uma pequena galáxia, chamada Sagitário, moldou a Via Láctea há milhares de milhões de anos: cada vez que passou perto da nossa galáxia, causou fortes explosões de formação estelar que podem até ter originado o …

Se diplomacia falhar, China admite uso de força militar para controlar Taiwan

A China vai atacar Taiwan se não houver outra maneira de impedir que este Estado se torne independente, disse Li Zuocheng, um dos mais importantes generais do país, esta sexta-feira. Esta será uma opção de …

Encontrada canábis e incenso em templo bíblico de Israel. Foram usados em ritos religiosos antigos

A análise do material em dois altares da Idade do Ferro descobertos na entrada do santuário "santo dos santos" em Tel Arad, no vale de Beer-sheba, Israel, contém canábis e incenso. Escavações anteriores revelaram duas fortalezas …