As aves são capazes de ver uma cor que os humanos não conseguem

Os pássaros veem o mundo de uma forma muito diferente da dos humanos. Agora, podemos finalmente ter uma ideia de como é o “mundo das aves”, graças a uma câmara especialmente projetada que simula a sua visão.

A bióloga Cynthia Tedore iniciou este projeto com o objetivo de procurar padrões na natureza observada pelas aves, mas a finalidade acabou por ser outra. A equipa de cientistas escolheu, em vez disso, explorar a visão das aves, dado que os pássaros se orientam visualmente e, ao contrário dos olhos humanos, conseguem detetar uma quarta cor além do vermelho, azul e verde.

Nós humanos temos três tipos de recetores de cor – ou cones – que são sensíveis às frequências de luz vermelha, azul e verde. As aves têm um quarto recetor, que varia entre as espécies no tipo de frequência que pode detetar.

Alguns pássaros, como os honeyeaters australianos, têm o quarto recetor de cor sensível à luz violeta; já os papagaios conseguem detetar a luz na parte ultravioleta (UV) do espectro.

Para descobrir de que forma esses cones sensíveis à luz violeta e UV se traduzem visualmente, os cientistas fotografaram um denso habitat de uma floresta usando uma câmara multiespectral com filtros especialmente projetados para imitar o que um pássaro consegue ver.

(dr) Cynthia Tedore

Uma fotografia normal à esquerda e uma fotografia que inclui luz verde e cores UV

As imagens multiespectrais mostram claramente como a sensibilidade UV deteta um maior contraste entre as superfícies superior e inferior das folhas, fazendo com que a posição e orientação de cada folha se destaque de uma forma 3D muito clara.

“Na verdade, o que parece ser uma confusão verde para os seres humanos, são folhas claramente distinguíveis para as aves”, disse o biólogo Dan-Eric Nilsson, da Lund University.

Tedore explicou ao Science Alert que a visão UV “ajuda os pássaros a voar através da densa folhagem com uma maior agilidade”. “Muitas aves procuram insetos e aranhas que se escondem nas superfícies inferiores das folhas, e poder identificar rapidamente essas superfícies deve aumentar sua eficiência”.

Através de um modelo computacional, os cientistas também conseguiram descobrir que o contraste máximo de folhas é observado em comprimentos de onda UV curtos em folhas bem iluminadas e em comprimentos de onda UV mais longos em coberturas com iluminação mais baixa. Isto pode explicas o motivo pelo qual a quarta cor detetada pelas aves varia de espécie para espécie.

Como as aves têm quatro classes de recetores de luz (vermelho, verde, azul e UV) e nós só temos três (vermelho, verde e azul), só conseguimos observar três canais de cada vez, explica a cientista. Desta forma, “é impossível para nós gerar uma representação realista do que a visão com quatro canais cónicos pode parecer.”

No entanto, apesar de ser incrível, “ver em quatro cores” pode também trazer algumas desvantagens, indicam os cientistas no artigo científico publicado recentemente na Nature Communications.

“Uma das desvantagens de ter uma quarta classe de cone é que ocupa espaço na retina que poderia ter sido ocupado por mais uma das outras três classes de recetores de luz”, diz Tedore. “Isso pode ter efeitos prejudiciais na resolução e na sensibilidade sob condições de pouca luminosidade.”

PARTILHAR

RESPONDER

Pais já não precisam de entregar prova escolar para receberem abono. Processo vai ser automático

Os pais dos alunos do ensino básico, secundário e superior vão deixar de ter de entregar a prova escolar necessária para atribuição do abono de família. O processo vai ser automático. A prova escolar exigida para …

Vários enjoos “anormais” a bordo dos novos aviões da TAP

Vários episódios "anormais" de má disposição, enjoos e vómitos foram registados bordo dos novos aviões da TAP Airbus A330neo nos últimos meses, escreve a TSF. De acordo com a rádio, que avança com a notícia …

GNR detém suspeitos que se fariam passar por enfermeiros para roubar idosos

Numa megaoperação levada a cabo pela GNR, foram detidos 13 suspeitos que se fariam passar por enfermeiros para roubar idosos. As rusgas estão a ser feitas em Lisboa e na Margem Sul. A Guarda Nacional Republicana …

Atrasos no Cartão de Cidadão. Governo culpa quem vai para a porta antes de abrir

A secretária de Estado da Justiça fala no "fenómeno" dos cidadãos que vão aos "mesmos serviços, à mesma hora" para pedir ou renovar o Cartão de Cidadão. Os problemas de atendimento nos registos para tratar do …

EUA impõem duras sanções ao Irão. Zarif diz que estão "sedentos por uma guerra"

O Presidente dos EUA assinou esta segunda-feira um decreto que, referiu, impõe sanções "duras" dirigidas ao Guia Supremo do Irão, ayatollah Ali Khamenei, e círculo próximo, além de um reforço generalizado das medidas punitivas à …

Maternidade Alfredo da Costa só tem anestesistas para cinco dias de urgências em agosto

A Maternidade Alfredo da Costa (MAC) só tem anestesistas para cinco dias de urgências no mês de agosto, escreve o Público esta terça-feira.   De acordo com o matutino, que ouviu várias fontes, a Administração Regional …

Funcionários judiciais querem paralisar tribunais. Inspetores da PJ fazem ultimato

A paralisação de cinco dias alternados começa esta terça-feira e vai até 12 de julho. Os inspetoras da PJ dizem que também fazem greve se não obterem resposta da ministra até ao fim de semana. Esta …

Eduardo regressa ao Sporting de Braga

O guarda-redes é o novo reforço do Sporting de Braga, tendo assinado por duas temporadas, informou esta segunda-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Eduardo, que completa 37 anos em setembro, regressa assim ao …

Austronautas aterram no Cazaquistão após missão na Estação Orbital Internacional

Três astronautas regressaram à Terra, esta terça-feira, depois de uma missão de seis meses a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). A astronauta norte-americana Anne McClain, o russo Oleg Kononenko e o canadiano David Saint-Jacques pousaram …

IEFP paga até 6500 euros a emigrantes que regressem a Portugal

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) tem reservados 10 milhões de euros para os emigrantes ou luso-descendentes que queiram regressar a Portugal, podendo o apoio chegar a 6536,4 euros por família. Estão em …