Avarias param 9 das 20 novas ambulâncias do INEM

Vitó / Flickr

Só entraram em serviço em abril, mas as novas ambulâncias do INEM já estão a dar problemas. Dos 20 novos veículos, apenas 11 estão a circular normalmente.

As sirenes e as luzes desligam-se em andamento e o espaço onde viaja o doente fica às escuras e sem energia para alimentar os equipamentos médicos. Estes são alguns dos problemas, apontados pelo JN, que fazem com que 9 das 20 novas ambulâncias do INEM estejam, de momento, paradas.

A informação foi confirmada pelo vice-presidente do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (STEPH), Rui Lázaro. Sete das viaturas paradas são da região Norte, uma é de Lisboa e a outra é do Algarve. Segundo fonte do INEM, estas já estarão a ser reparadas pela Iveco.

As ambulâncias que as substituem, de acordo com Rui Lázaro, estão “muito desgastadas”, com pelo menos uma delas a marcar “mais de 600 mil quilómetros”.

“Mesmo quando não são recentes, são alvo de manutenções e reparações rigorosas, periódicas e sempre que necessário, por forma a garantir a segurança dos tripulantes e dos respetivos doentes”, explicou o INEM, citado pelo Observador.

O presidente do STEPH, Pedro Moreira, realça que a situação é “inaceitável” e que as ambulâncias foram compradas para resolver a falta de viaturas para a prestação do socorro. Ouvido pela Antena 1, o sindicalista diz que semanas depois de terem sido entregues, “senão dias”, as viaturas começaram a registar “várias avarias”.

Ainda em agosto, a falta de técnicos no Porto obrigou mais de metade das ambulâncias do INEM a parar durante cinco dias do mês de julho.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) reagiu à notícia e disse esperar ter até final do mês resolvidos os problemas elétricos detetados em cinco das suas 20 ambulâncias novas e garante que a segurança no transporte dos doentes não está em causa. “Os meios que estamos a operar garantem todos os requisitos de segurança necessários para que o cidadão que é transportado seja tratado em segurança e com a qualidade necessária”, disse à agência Lusa Pedro Lavinha, vogal do INEM

O responsável explicou as novas ambulâncias, adquiridas à empresa Iveco, estavam em perfeitas condições quando foram entregues ao INEM, mas que, com a utilização intensiva, foram detetados problemas elétricos em cinco delas e foram resolvidos pela empresa.

“Neste momento, o INEM está em todas as outras ambulâncias que tem da Iveco a proceder a essa avaliação e correção”, explicou o responsável do INEM, sublinhando que a perspetiva da empresa é que o problema esteja completamente solucionado até final do mês.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Hum… muito estranho…
    E, a Iveco tem alguma coisa a ver com as sirenes ou a com a célula?
    Quando muito, isso será responsabilidade do carroçador (Auto Ribeiro ou outro)…

  2. Isto deve ser coisas da oposição está tudo bem. Pergunto: foi ajuste directo ou houve concurso? Resposta: ajuste directo estamos em altura de eleições e pelos vistos foi uma compra apressada, as oficinas do estado ou alguém do Min. Saúde não foi ver se funcionavam? Quem vez as ambulâncias é competente ou foram compradas a “alguém conhecido muito boa pessoa” dando aso a mais um caso de corrupção, compra de ajuste directo entre amigos e eis o resultado. Mas está tudo bem um mar de rosas, segundo diz o PM “da maioria absoluta” Costa

    • Bem, o teu caso é grave… é que, além ignorante apalermado, tens muita imaginação para inventar estorias!…
      Não conseguiste acertar uma – TUDO o que escreveste é mentira!!
      Parabéns; tens futuro na política…
      Lê e aprende:
      “As 20 ambulâncias entregues ao INEM em Abril foram adquiridas por concurso publico tramitado pelos serviços partilhados da administração publica (ESPAP), aberto em 2015. Foram precisos quase 5 anos para concluir o processo de compra dos veículos e repetitivo carroçamento.”
      in JN nº 108 – 2019
      .
      E agora?
      Pois…
      Quando não se sabe, fica-se calado ou pergunta-se a quem sabe – senão dá a caca que se vê!

RESPONDER

Tribunal aceita afastamento de juiz Paulo Registo do caso Football Leaks

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) aceitou o pedido de escusa apresentado pelo juiz Paulo Registo, a quem foi distribuído o processo de Rui Pinto, criador do Football Leaks. Segundo o acórdão do TRL, a …

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …