Autores do atentado a universidade são quenianos

Todos os quatro homens do grupo extremista islâmico somali Shebab, que há duas semanas matou 148 pessoas na Universidade de Garissa, no noroeste do Quénia, eram quenianos, refere um relatório hoje divulgado pelo jornal Daily Nation.

O facto de os quatro serem tidos como quenianos demonstra a capacidade dos insurgentes somalis para recrutar dentro do Quénia.

No passado dia 02 de abril, um grupo de homens armados entrou na Universidade de Garissa, identificou os que não professam a religião muçulmana e executou 148 pessoas, 142 dos quais estudantes, um ato que o Presidente queniano, Uhuru Kenyatta, descreveu como sendo “massacre bárbaro medieval”.

De acordo com o jornal queniano Daily Nation, que cita funcionários dos serviços de informação que pediram para não ser identificados, um dos quatro homens foi identificado como sendo Abdirahim Abdullahi, um estudante do curso de Direito e de nacionalidade queniana.

O relatório dos serviços secretos refere que os outros três homens armados também são quenianos, eventualmente da cidade portuária de Mombasa e do distrito de Bungoma, mas “as identidades serão confirmadas após as suas impressões digitais serem conferidas”.

No entanto, a polícia queniana ainda não se pronunciou sobre o relatório.

Após o ataque, o Presidente queniano advertiu que os terroristas estavam “profundamente enraizados” no interior do Quénia, e não apenas da Somália.

O Governo da Somália colocou a prémio a cabeça de 11 responsáveis do grupo islâmico Shebab, oferecendo recompensas até 232 mil euros pela sua captura, especialmente do emir (líder supremo) do grupo Ahmed Umar Dirieh, designado “Abu Oubaïda”, que em setembro passado sucedeu na liderança do movimento islâmico somali a Ahmed Abdi “Godane”, morto por um drone (avião não tripulado) americano.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …

FMI puxa as orelhas ao Governo e avisa que "bons tempos estão a acabar"

O Orçamento de Portugal "vai na direcção errada", alerta o Fundo Monetário Internacional (FMI) no relatório sobre a Zona Euro, onde deixa também avisos quanto ao preço dos imóveis e a ideia de que "os …