Autor do massacre de Charleston condenado à morte

lastrhodesian.com

Dylann Roof, autor do massacre da igreja de Charleston, Estados Unidos

Dylann Roof, autor do massacre da igreja de Charleston, Estados Unidos

O jovem de 22 anos, que matou nove pessoas numa igreja em Charleston, nos Estados Unidos, foi esta terça-feira condenado à morte.

Dylann Roof, o autor do massacre de Charleston, na Carolina do Sul, foi esta terça-feira condenado à morte.

O jovem, de apenas 22 anos, foi o responsável pela morte de nove pessoas, em junho de 2015, depois de ter entrado aos tiros numa igreja frequentada por afro-americanos.

Em tribunal, o atirador não se mostrou minimamente arrependido ou com remorsos dos crimes que cometeu e afirmou que fez o que tinha de fazer.

O jovem, que pretendia iniciar uma “guerra entre raças”, foi acusado de 33 crimes, entre eles homicídio, crime de ódio e obstrução do exercício da religião.

Na altura, foi encontrado na Internet um manifesto racista que terá sido escrito por Roof, no qual explica que foi o caso de Trayvon Martin que o motivou a cometer o crime.

O jovem refere-se à morte de um adolescente negro em 2012, na Flórida, abatido a tiro por George Zimmerman, um latino. O atirador foi absolvido da acusação de homicídio, mas o episódio tem sido apresentado como um exemplo da violência contra jovens afro-americanos.

“É óbvio que Zimmerman tinha toda a razão”, escreveu o jovem, ao mesmo tempo que considera que os hispânicos são “inimigos”.

No manifesto, Roof defende a segregação racial e diz ser um defensor dos brancos “forçados a viver entre os negros por razões económicas”, por oposição aos que mudam para “bons subúrbios” e que colocam os filhos em “boas escolas”.“Alguém tem de lutar por eles”, acrescenta.

ZAP //

RESPONDER

Guia de descontos para uma Black Friday em grande

O conceito começou por ser uma referência ao colapso da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929. Mas a Black Friday como hoje a conhecemos só surgiu nos anos 60, quando o setor do …

Morreu o actor João Ricardo

O actor e encenador João Ricardo, 53 anos, morreu esta quinta-feira, em Lisboa, disse à Lusa a agência do actor. O actor João Ricardo, conhecido pelo seu trabalho na televisão, no teatro e no cinema, nasceu …

Chegou à Finlândia o pão feito com farinha de grilo

Uma das maiores empresas de produtos alimentares da Finlândia vai começar a vender pão de insetos, no qual grilos comuns são moídos e acrescentados à farinha normal, representando cerca de 3% do peso de cada …

39 anos por um crime que não cometeu. Finalmente livre

Craig Coley, agora com 70 anos, cumpria pena de prisão perpétua pela autoria de dois homicídios em 1978. No entanto, 39 anos depois, a sua inocência foi provada e o norte-americano foi libertado. O governador da …

Neutralidade da Internet em jogo nos EUA. Portugal é mau exemplo

A administração Trump quer reverter o princípio do livre acesso a qualquer tipo de conteúdo na Internet. Jornais internacionais apontam Portugal como exemplo de falta de neutralidade. Os Estados Unidos da América vão votar o fim …

Trabalhadores do privado voltam a receber subsídios de Natal e de férias por inteiro

O pagamento dos subsídios de Natal e de férias no setor privado vai deixar de ser feito parcialmente em duodécimos e voltará a ser feito de uma só vez, em 2018, depois da aprovação de …

O milionário que matou o Gawker quer os restos do cadáver

Os advogados do vingativo milionário Peter Thiel apresentaram, esta semana, uma ação para contestar uma previdência cautelar que o impede de comprar os ativos do já "adormecido" Gawker. Em causa, estão os arquivos de 14 …

Governo quer terrenos privados limpos até 15 de março

Os proprietários privados têm "até 15 de março" para limpar as áreas envolventes às casas isoladas, aldeias e estradas e, se não o fizeram, os municípios terão "até ao final de maio" para proceder a …

Uma explosão, segredos de Estado e rumores, mas ainda não há sinal do submarino

As buscas pelo submarino argentino ARA San Juan, que está desaparecido há oito dias, entraram numa fase crítica, quando as esperanças de encontrar a tripulação viva estão praticamente esgotadas. Sem pistas sobre o submarino, há …

Bancos aumentaram ganhos com as comissões pagas pelos clientes

A banca nacional facturou 1,62 mil milhões de euros em comissões líquidas, pagas pelos clientes, desde Janeiro até Setembro de 2017. Um valor que reflecte uma subida de 5,7% relativamente a 2016. Estes dados são avançados …