Austrália indignada com casal que abandona bebé com síndrome de Down

Uma campanha online na Austrália já arrecadou o equivalente a mais de 140 mil euros para ajudar um bebé com síndrome de Down, que foi abandonado por um casal de australianos à sua mãe biológica, uma barriga de aluguer tailandesa.

A mãe biológica, a tailandesa Pattaramon Chanbua, de 21 anos, que teve duas crianças gémeas do casal australiano, garante que o casal rejeitou Gammy, o bebé com síndrome de Down, mas levou a irmã gémea.

Chanbua acrescenta que o casal lhe pagou 15 mil dólares (cerca de 11 mil euros) para que o filho fosse gerado e se recusou depois a levar o pequeno com deficiência, alegando terem mais de 50 anos e que, por isso, demasiado velhos para tratar de alguém com problemas.

O casal australiano e a mãe biológica tailandesa souberam da condição de Gammy no quarto mês da gravidez.

O casal pediu à mãe que fizesse um aborto, mas CHanbua recusou o procedimento por ser budista.

“Não sei o que fazer. Eu escolhi tê-lo. Eu amo-o, esteve nove meses na minha barriga”, disse a mãe, numa entrevista ao canal ABC.

O pequeno Gammy, de seis meses de idade, nasceu ainda com uma malformação congénita do coração e precisa de tratamento médico urgente.

A mãe biológica já tem duas crianças e afirma não ter dinheiro para arcar com os custos dos sofisticados cuidados de que o bebé precisa.

“Com esse dinheiro, posso educar as minhas crianças, podemos pagar as nossas dívidas”, disse à cadeia de TV australiana ABC.

O jornal tailandês Thairath publicou a história na semana passada e deu início a uma campanha de angariação de fundos com o objetivo de recolher 200 mil dólares australianos (cerca de 140 mil euros) para o bebé.

A campanha, Hope for Gammy (Esperança para Gammy), continua a recolher fundos através de crowdfunding.

Casal australiano recusa acusações

O casal australiano acusado de ter deixado na Tailândia o filho com síndrome de Down negou as acusações, em declarações à cadeia ABC.

O pai da criança, que pediu que a sua identidade não fosse revelada, explicou que os médicos apenas referiram um bebé e não duas crianças, e que tiveram problemas com a agência – que atualmente já nem existe – que procurou a barriga de aluguer.

As autoridades tailandesas frisaram que o acordo entre as duas partes feriu as leis que regem a contratação de mães de aluguer na Tailândia.

“É possível contratar barrigas de aluguer na Tailândia, mas isso tem que ocorrer dentro da lei”, disse um porta-voz das autoridades de saúde tailandesas, Tares Krassanairawiwong.

“A mãe de aluguer tem que ser parente dos pais adotivos e não pode haver dinheiro envolvido.”

O caso está a gerar polémica na Austrália, onde as autoridades intensificaram a luta para o encerramento de agências que procuram barrigas de aluguer na Tailândia.

O ministério dos Negócios Estrangeiros da Austrália revelou que está em consultas com o país do Sudeste Asiático sobre o tema.

Entretanto, o primeiro-ministro Tony Abbott considerou “muito triste” a notícia de abandono do bebé e lamentou que alguém possa abandonar um recém-nascido desta forma.

As autoridades estimam em cerca de 200 os casais australianos que estão à espera de filhos gerados por barrigas de aluguer.

ZAP / BBC / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal não aderiu a programa da UE criado de propósito após os incêndios de 2017

No ano passado, a União Europeia criou um programa de proteção civil devido aos incêndios de 2017 em Portugal. Contudo, o país não aderiu ao mecanismo. Em 2017, Portugal viveu momentos difíceis devido aos incêndios que …

Boris responsabiliza Irão por ataque a petrolífera saudita

Boris Johnson diz que o país atribui ao Irão, "com muito alto grau de probabilidade, os ataques à gigante petrolífera saudita". O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, acusou esta segunda-feira o Irão de ser, muito provavelmente, responsável …

41 países comprometem-se com iniciativa "Clima e Qualidade do Ar"

A iniciativa "Clima e Qualidade do Ar", apresentada na véspera da Cimeira da Ação Climática, propõe alcançar até 2030 uma qualidade do ar saudável e a harmonização das políticas de luta contra as alterações …

Reino Unido. Trabalhistas querem abolir ensino privado se forem Governo

O Partido Trabalhista britânico compromete-se a abolir o ensino privado no Reino Unido caso venha a formar Governo. O plano do partido liderado por Jeremy Corbyn implica nacionalizar e integrar no sistema educativo público todas …

Rio acusa PS de se comportar como "dono disto tudo" (e diz que também tem um "Centeno")

No último debate a dois antes das legislativas de 6 outubro, os líderes do PSD e PS trocaram esta segunda-feira críticas - em tom leve e cordial -, recordando telhados de vidro de cada força …

Em decisão histórica, partidos árabes recomendam Gantz como primeiro-ministro de Israel

O Presidente de Israel, Reuven Rivlin, iniciou este domingo as suas consultas para a formação de um novo Governo. A Lista Conjunta, uma coligação que reúne os principais partidos árabes do país (Balad, Hadash, Ta’al …

Tancos. Azeredo Lopes teve "exercício perverso" de funções públicas, diz Ministério Público

O Ministério Público (MP) já terá terminado a acusação do caso de Tancos, na qual sustenta que o antigo ministro da Defesa Azeredo Lopes soube de toda a encenação, tendo ainda tentado tirar louros políticos …

Salário de 273 mil euros brutos anuais para Varandas revolta accionistas do Sporting

Um grupo de acionistas do Sporting fez chegar ao presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) da Sporting SAD, Bernardo Ayala, um pedido em que exige a retirada da proposta de aumento salarial para o …

Eleições na Madeira. A noite em que quem perdeu ganhou e quem ganhou perdeu

Depois de 43 anos de poder absoluto, o PSD perdeu este domingo pela primeira vez a maioria do parlamento da Madeira. O PS, que atingiu um valor histórico na região, também reclamou louros de vitória. …

Jesus "nunca treinou um grande clube da Europa" e "nunca conquistou nada"

O treinador do Grémio, Renato Gaúcho, voltou a criticar Jorge Jesus, dizendo que o técnico português, aos 65 anos, nunca treinou um grande clube na Europa. "O Jorge Jesus ganhou 2/3 títulos portugueses. Saiu de Portugal …