“Atravesso a rua e arranjo-te já um emprego”, diz Macron a jovem desempregado

O Presidente francês Emmanuel Macron está a ser alvo de críticas após ter dito a um jovem horticultor desempregado que, para arranjar emprego, basta atravessar a rua.

Emmanuel Macron está a ser alvo de críticas depois de ter sido divulgado um vídeo, este domingo, no qual o chefe de Estado francês diz a um jovem horticultor desempregado que, para arranjar emprego, basta atravessar a rua.

“Tenho 25 anos, farto-me de enviar currículos e cartas de motivação, mas não me serve de nada. Envio para todos os lados, autarquias, mas ninguém liga”, queixou-se o jovem ao Presidente, nos jardins do Palácio do Eliseu, em Paris, este sábado.

“Queres trabalhar em que setor?”, questionou Macron, ao que o jovem respondeu “sou horticultor”. Na resposta, Macron aconselha o jovem a mudar de setor e a reorientar a sua busca.

“Se estás pronto e motivado, na hotelaria, nos cafés, na restauração, na construção, não há lugar onde vá que não me digam que precisam de gente. Um único! Hotéis, restaurantes, atravesso a rua, arranjo-te já um“, disse.

O jovem garantiu não ter “qualquer problema com isso, mas mando o CV e nunca me chamam”. Na resposta, Macron assegurou: “Vais por uma rua, vais a Montparnasse, vais a todos os cafés e restaurantes… Francamente, estou seguro que um em cada dois estão a recrutar agora. Vai lá!”.

As críticas face à atitude do Presidente francês não tardaram a chegar. Thomas Portes, porta-voz do Partido Comunista francês, comentou que a atitude de Macron foi “desdenhosa”, adianta o Diário de Notícias.

“Hotéis, cafés, restaurantes… Eu atravesso a rua e arranjo-te trabalho”. Nova saída desdenhosa de Emmanuel Macron para um desempregado. A título informativo o homem é horticultor. Então a solução é: mudar de setor? Este desprezo pelas classes trabalhadoras é insuportável”, escreveu no Twitter.

Alexis Corbière, deputado e porta-voz do movimento França Insubmissa, também comentou a atitude do chefe de Estado. “É culpa dos desempregados não conseguirem arranjar um emprego? Absurdo… A impotência do governo face ao desemprego transforma-se em desprezo em relação aos desempregados”, escreveu na mesma rede social.

ZAP //

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. O Presidente francês não tuteou o jovem. A tradução em português deve ser “Atravesso a rua e arranjo-lhe já um emprego”. Os franceses como os portugueses têm por assim dizer as mesmas regras de tratamento. Neste caso não se trata de uma tradução do inglês para o português em que o pronome “you”, conforme o contexto deve ser traduzido pela segunda pessoa do plural ou do singular.
    Respeitem a Língua Portuguesas, cujas regras não fortam feitas para os cães!

  2. Mas agora critica-se o Presidente por dizer as verdades?
    Se queres emprego sentado com bom salário, regalias e poucas tarefas, isso esta complicado (os boys ocuparam os tachos todos)
    Agora se queres trabalhar, faz-te á vida. Isto de mandar currículos (Copy/Paste) para todos os lados e esperar que alguém responda, não dá nada.
    Tem de se mostrar empenho, ver as pessoas cara a cara e convencer que somos o funcionário que ele nem fazia ideia que precisava.

  3. A. M. Para o sr. Luis: Grande aula de português ! E se fosse consigo o discurso que o presidente teve com aquele agricultor era analisado por si da mesma maneira ou chamava-o à atenção ? Já tenho visto nestas páginas muito pior e olhe … lá vai o nosso português a caminho dos acordos ortográficos e não só !!!

  4. O Macron pretendia simplificar o processo de arranjar emprego e transmitir a ideia que empregos há muitos, só não tem trabalho quem não está disposto tão pouco a atravessar a rua. O problema neste discurso é que atravessar a rua, e sobretudo atualmente em França, é um risco. E para muitos mais vale não correr esse risco e mamar à fartazana na teta do estado livre, igual e fraterno.

    • É… pleno emprego, mas muito precário e quase escravo!…
      O problema é que a França dá “quinze a zero” aos EUA em tudo que tem a ver com qualidade de vida!!

          • Sim Portugal é dos países mais pacificos, mas voce nao falou só nisso voce disse que a França dava 15 a 0 aos EUA.
            1 – Tamanho das casas: Pelo preço de viver numa caixa de fósforos voce tem uma bela vivenda nos EUA. É standard nos EUA casas com 2 ou 3 casas de banho
            2 – Você trabalha, nos Estados Unidos paga muito menos impostos que em França, onde tudo é dado a quem nao quer trabalhar
            3 – Fundações e instituições de caridade são muito mais populares nos Estados Unidos que em França
            4 – Os miudos fazem muito mais desporto nos EUA que em França
            5 – A inovação e invenções são muito maiores nos EUA. De onde veio a internet?
            6 – O desemprego nos Estados Unidos é muito menor que em França
            7 – A natalidade nos EUA é muito maior, porque as condições para se ter filhos são melhores
            8 – Os atentados terroristas são o pão nosso de cada dia em França, tantos que já nem aparecem nas notícias o que tem a ver com a política desregulada de emigração
            9 – Os franceses são das pessoas mais antipáticas que há
            10 – Voce tem um cancro, o local onde tem mais hipóteses de sobrevivencia no mundo, é nos EUA
            11 – Voce tem uma ideia de negócio nos Estados Unidos fica rico, tem-na na Europa provavelmente fica anos à espera de autorizações

            15-0? Yeah right

RESPONDER

Jovens com 18 ou mais anos já podem agendar a vacina contra a covid-19

O autoagendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 18 ou mais anos ficou disponível, esta quarta-feira, no portal da Direção-Geral da Saúde (DGS). "O auto-agendamento para os utentes com idade igual ou superior a …

Juiz Carlos Alexandre aceita proposta de pagamento de caução de Joe Berardo

O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quarta-feira, a proposta e a forma de pagamento da caução de cinco milhões de euros apresentada pelo empresário madeirense no processo da Caixa Geral de Depósitos. A decisão favorável do …

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos …

MPT junta-se a PDR e pedem que Nós, Cidadãos! seja banido das autárquicas pelo TC

O MPT juntou-se ao PDR e ambos pedem que o Nós, Cidadãos! seja impedido de "apresentar candidaturas" às eleições autárquicas de setembro. Em junho, o PDR deu entrada com um pedido no Tribunal Constitucional (TC) para …

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …