Ataque cardíaco deixa um “rasto de células”

Luis Carlos Araujo / Flickr

"Heart Attack", por Luis Carlos Araujo (TD)

Heart Attack“, por Luis Carlos Araujo (TD)

Pacientes que sofreram um ataque cardíaco apresentam células diferentes no sangue, segundo um estudo de investigadores americanos. Os cientistas agora querem saber se poderão prever ataques cardíacos futuros.

O estudo, que envolveu 111 voluntários e foi publicado na revista especializada Physical Biology, conseguiu encontrar no sangue uma diferença entre os pacientes saudáveis e os que sofreram ataque cardíaco.

Agora, os pesquisadores do Scripps Research Institute, na Califórnia, estão a tentar descobrir se esta diferença pode ajudar a prever um futuro ataque cardíaco.

As placas gordurosas que se acumulam nas paredes dos vasos sanguíneos podem romper-se, liberando fragmentos para a corrente sanguínea, podendo bloquear o fluxo de sangue para os vasos em volta do coração e causar um ataque cardíaco.

Segundo os cientistas, durante este processo “são libertadas no sangue células endoteliais”.

Ausentes nos saudáveis

Exames feitos em 79 pacientes depois de um ataque cardíaco foram comparados com os exames realizados em 25 pessoas saudáveis e outras sete que estavam sob um tratamento para problemas nos vasos sanguíneos.

The Scripps Research Institute.

O investigador Peter Kuhn

O investigador Peter Kuhn

“O objetivo desta pesquisa foi estabelecer provas de que estas células endoteliais que circulam no sangue podem ser detectadas em pacientes depois de um ataque cardíaco e não existem em pacientes saudáveis”, afirmou um dos investigadores, Peter Kuhn, “e conseguimos provar isso”.

“Os nossos resultados foram tão significativos em relação aos pacientes de controle saudáveis que o próximo passo óbvio é avaliar a utilidade do exame para identificar pacientes nos primeiros estágios de um ataque cardíaco”, acrescentou.

Para Mike Knapton, da organização britânica especializada em campanhas de esclarecimento relacionadas com a saúde do coração, a British Heart Foundation, “é improvável que a descoberta mude a forma como as pessoas são tratadas” no curto e médio prazo.

“Já temos boas maneiras de tratar e diagnosticar ataques cardíacos e metas para garantir tratamento rápido”, afirmou.

“Mas este estudo parece estabelecer as bases para pesquisas futuras para verificar se este exame pode ser usado para identificar pacientes nos primeiros estágios de um ataque cardíaco”, acrescentou.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …