Atalanta-Valência foi “uma bomba biológica”. E o Liverpool-Atlético Madrid também

Atalanta Bergamasca Calcio / Facebook

Adeptos do Atalanta de Itália.

O jogo entre o Atalanta e o Valência, a contar para a Liga dos Campeões, que se disputou em Milão foi um grande foco de contágio de Covid-19. De tal forma que o presidente da Câmara de Bérgamo, uma das cidades italianas mais afectadas pela pandemia, diz que foi “uma bomba biológica”.

“Nesse momento, não sabíamos o que se passava. O primeiro paciente em Itália aconteceu a 23 de Fevereiro. Se o vírus já circulava, os 40 mil adeptos que foram ao Estádio de San Siro contagiaram-se”, analisa o autarca de Bérgamo, a cidade do clube Atalanta.

O jogo em San Siro ocorreu a 19 de Fevereiro, para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Pouco depois registou-se o primeiro caso de coronavírus na região da Lombardia, onde se situa Bérgamo e onde ocorreu a maioria dos falecimentos devido a Covid-19, num total superior a 4.400 mortes. Os casos de infectados são mais de 32 mil.

O autarca de Bérgamo, Giorgio Gori, considera, agora, que o jogo entre o Atalanta e o Valência foi um dos focos de contágio. “O jogo foi uma bomba biológica”, salienta Gori em declarações divulgadas pelo jornal espanhol Marca.

“Ninguém sabia que o vírus já circulava entre nós. Muitos vieram ao jogo em grupos e houve muitos contactos nessa noite. O vírus passou de uns para outros“, salienta Gori, realçando porém que “a faísca” foi “no hospital de Alzano Lombardo com um paciente com uma pneumonia não identificada e que contagiou outros pacientes, médicos e enfermeiros”.

O Valência, que perdeu o jogo por 4-1 em San Siro, tem diversos jogadores e elementos da equipa técnica infectados com Covid-19, incluindo o ex-benfiquista Garay e o ex-portista Mangala.

Também o Atalanta tem, pelo menos, um jogador infectado, o guarda-redes Sportiello que foi titular na segunda-mão em Espanha, a 10 de Março, que já foi realizada à porta fechada por causa do coronavírus e que o Valência voltou a perder por 3-4.

Para o avançado da Atalanta, Papu Gómez, é agora uma evidência que esse jogo com o Valência foi um erro. “Temos 120 mil habitantes e nesse dia 45 mil foram a San Siro”,diz  o jogador referindo-se a Bérgamo. “Foi um jogo histórico para a Atalanta, uma loucura. A minha mulher demorou três horas a chegar a Milão quando normalmente em 40 minutos chegamos lá”, salienta o capitão da equipa de Bérgamo.

Jogo em Liverpool também pode ter ajudado a alastrar coronavírus

Outro jogo que pode ter sido um foco de contaminação, mas no Reino Unido, foi o embate entre o Liverpool e o Atlético de Madrid, também dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

O jogo disputado a 11 de Março em Liverpool contou com a presença de cerca de 3 mil adeptos do Atlético de Madrid, numa altura em que Espanha já tinha cerca de mil infectados e 48 mortes registadas. A maioria dos casos era precisamente em Madrid.

O jogo que os madrilenos ganharam por 3-2 realizou-se à porta aberta, apesar de, naquele momento, o campeonato espanhol já só se realizar à porta fechada. Apesar disso, a UEFA e as autoridades britânicas permitiram a realização do desafio com o Estádio aberto a adeptos.

Nos últimos dias, a UEFA decidiu adiar as finais da Liga dos Campeões e da Liga Europa, numa altura em que os grandes campeonatos de futebol da Europa estão suspensos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …

Galp anuncia cortes de 500 milhões de euros por ano devido à pandemia

A Galp Energia decidiu cortar mais de 500 milhões de euros por ano dos seus custos operacionais e investimentos para 2020 e 2021, visando fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19 na procura de …